Governo do Brasil aponta início da vacinação entre janeiro e fevereiro

O ministro da Saúde do Brasil, Eduardo Pazuello, disse que o país vai começar a receber 15 milhões de doses de vacinas para a covid-19 entre janeiro e fevereiro de 2021, com mais cem milhões de doses a chegarem em meados do ano.

O Brasil é o país de língua portuguesa mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo, ao contabilizar o segundo maior número de mortos (mais de 6,3 milhões de casos e 173.817 óbitos), depois dos Estados Unidos (EUA), noticiaram esta quinta-feira as agências Lusa e Reuters.

O regulador disse que vai definir as regras para as empresas que pretendem pedir autorização para o uso de emergência das suas vacinas, explicando que as autorizações serão analisadas caso a caso e que para serem consideradas as vacinas devem estar na última fase de testes no Brasil. Na quarta-feira, o regulador disse não ter recebido qualquer pedido de autorização. A AstraZeneca, a Johnson & Johnson, a Pfizer e a Sinovac têm vacinas em testes de fase III no Brasil.

Na terça-feira, a farmacêutica norte-americana Pfizer indicou que o ‘stock’ da sua vacina contra a covid-19 diminui a cada dia e alertou o Brasil para que decida rapidamente sobre a compra do imunizante.

“A cada dia o número de doses disponíveis para os países diminui consideravelmente. Diversos países da América Latina, como Peru e Chile, já fecharam acordos com a Pfizer. Não posso partilhar os dados, mas o Brasil tem alguns dias ou semanas para fazer o pedido, e entregarmos a vacina no primeiro trimestre de 2021″, referiu à CNN o diretor de vacinas da Pfizer Brasil, Alejandro Lizarraga.

O Ministério da Saúde brasileiro informou na terça-feira que a vacina contra a covid-19 preferencial para o país seria de dose única e termo estável, com armazenamento a temperaturas entre os 2º a 8º graus.

Apesar de não ter referido nenhuma farmacêutica em particular, quer a Pfizer, quer a Moderna precisam de temperaturas negativas para armazenar os seus imunizantes por longos períodos. As duas vacinas das farmacêuticas norte-americanas precisam de ser armazenadas a -70º e -20ºC, respetivamente, e ambas exigem duas doses.

Embora não seja exatamente o perfil desejável de vacina para o Brasil, o imunizante fabricado pela Pfizer não está descartado, de acordo com os técnicos do Ministério da Saúde ouvidos pela CNN. Para facilitar conservação do imunizante no Brasil, a farmacêutica norte-americana desenvolveu um contentor para esse efeito.

“A Pfizer elaborou uma caixa, um pequeno contentor facilmente transportável, que mantém a vacina a -70°C por 15 dias. No acordo que estamos a fazer com o Governo, a Pfizer entrega assim no ponto de vacinação, e a vacina ainda pode ser conservada num frigorífico comum, de 2ºC a 8ºC, por cinco dias. Com todo esse tempo dá para fazer uma logística muito boa”, informou o coordenador dos testes da farmacêutica no Brasil, Cristiano Zerbini.

O Brasil dará prioridade a idosos, profissionais de saúde e indígenas na vacinação contra a covid-19, segundo uma estratégia “preliminar” de vacinação divulgado nesta semana pela tutela da Saúde.

O executivo brasileiro frisou ainda que já tem garantidas, até ao momento, 142,9 milhões de doses de imunizantes, através dos acordos entre a Fiocruz/AstraZeneca e Covax Facility, iniciativa liderada pela Organização Mundial da Saúde.

Em São Paulo, o governador João Doria declarou que quer acelerar a chegada de vacina e que espera fazer um acordo para a vacina chinesa da Sinovac poder começar a ser dada neste estado já em janeiro, à margem do plano federal de imunização do Governo. Doria espera receber 46 milhões de doses da vacina CoronaVac até ao final de dezembro e um total de 60 milhões até ao fim de fevereiro.

Obama, Bush e Clinton vacinados na televisão

Os antigos Presidentes norte-americanos Barack Obama, George W. Bush e Bill Clinton mostraram-se disponíveis para serem vacinados publicamente contra a covid-19, iniciativa que visa aumentar a confiança face à vacinação, avançou a CNN.

Contudo, a mesma só será possível assim que a Food and Drug Administration (FDA), a agência federal responsável pelo controlo e supervisão do setor alimentar e farmacêutico, aprovar a administração de uma vacina.

O chefe de gabinete de Bush, Freddy Ford, confirmou à CNN que o ex-Presidente contactou o epidemiologista Anthony Fauci, diretor do instituto norte-americano de Alergias e Doenças Infeciosas, e Deborah Birx, coordenadora de resposta à covid-19 da Casa Branca, para perceber como pode ajudar a promover a vacina.

O assessor de Bill Clinton adiantou na quarta-feira que o ex-Presidente também está disposto a ser vacinado em público “assim que a vacina esteja disponível”.

“Confio completamente em pessoas como o Anthony Fauci, que conheço e com quem já trabalhei. Se Anthony Fauci diz-me que esta vacina é segura (…), garantidamente que a vou tomar”, afirmou por sua vez Barack Obama. “Prometo que a vou tomar quando estiver disponível para pessoas que correm menos riscos”, apontando a possibilidade de tomar a vacina na televisão ou de filmar o ato “para que as pessoas saibam que confio na ciência”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Aprovadas alterações à lei eleitoral autárquica. Eleitores em confinamento podem votar em casa e em lares

A Assembleia da República aprovou esta quinta-feira, por maioria, as alterações à lei eleitoral autárquica, que dá resposta às reivindicações dos movimentos de autarcas independentes que se queixavam de dificultar as candidaturas. Votaram a favor PS, …

Sporting interessado em Claudinho, estrela da Red Bull

O Sporting está à procura de reforços para o ataque, tendo em vista já a próxima temporada. Claudinho, do Red Bull Bragantino, é um dos favoritos. O principal foco do Sporting para esta temporada é conquistar …

Sondagem. Operação Marquês faz PS cair e PSD subir

O PSD subiu quatro pontos percentuais na mais recente sondagem, enquanto o PS desceu dois pontos. A decisão da Operação Marquês pode ter tido influência nas intenções de voto. A mais recente sondagem ICS/ISCTE para o …

Cristiano Ronaldo quer regressar ao Manchester United, avança imprensa italiana

O jornal Gazzetta dello Sport escreve que Cristiano Ronaldo quer regressar ao Manchester United, podendo fazê-lo já no final desta temporada. Não seria a primeira vez que se falava do interesse do Manchester United em Cristiano …

Os antigos egípcios tinham uma fixação por gatos. A explicação é mórbida

Os antigos egípcios são conhecidos pela sua adoração por gatos. Ao contemplar peças elaboradas por estes, são muitas as homenagens a estes bichos de quatro patas: desde estátuas gigantescas a joias complexas. Mas por que …

Governo aceita mudanças no teletrabalho. Quer evitar mais uma coligação da oposição

O Governo admite vir a fazer ajustes no decreto-lei que estende até ao final do ano a obrigatoriedade do teletrabalho. O objetivo é evitar uma coligação negativa no Parlamento. Miguel Cabrita, secretário de Estado Adjunto e …

Portugal vai ter doses da AstraZeneca e J&J a mais. Testes da vacina portuguesa previstos para julho

Neste trimestre, Portugal vai receber mais de nove milhões de doses de vacinas, das quais cerca de 5,5 milhões da Pfizer, 795,6 mil da Moderna, 1,6 milhões da AstraZeneca e 1,2 milhões da Janssen. Com a …

Abelhas bebé adoram hidratos de carbono. Descoberta pode ajudar a salvar a espécie

Uma equipa de investigadores percebeu que as abelhas bebé adoram hidratos de carbono. Esta descoberta pode ajudar a salvar a espécie. As abelhas selvagens são essenciais para sustentar as paisagens que amamos. Uma comunidade saudável de …

Restrições ao fim de semana podem acabar em maio

Políticos e especialistas voltam a reunir-se na sede do Infarmed, na próxima semana, para decidir como avança a última fase do desconfinamento, que começa a 3 de maio. Os dados da pandemia encorajam o Governo …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: há Jardim na Boavista, há perfume Gaitán em Braga

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/sp-braga-2-1-boavista-o-musical Não foi há muitos anos que Sporting de Braga e Boavista lutaram pelo título, pelo primeiro lugar. Agora o contexto é outro: os primeiros querem ficar no pódio da classificação correta e os segundos não …