Golpe de estado na Turquia: militares dizem ter tomado o poder

Tolga Bozoglu / EPA

Golpe de estado militar em curso na Turquia

Golpe de estado militar em curso na Turquia

O Exército turco afirmou, em nota de imprensa, que tomou o poder em todo o país. O presidente Erdogan garante que se trata de uma pequena facção militar e que os responsáveis pelo golpe serão punidos.

Forças de segurança turcas encerraram as duas pontes sobre o estreito do Bósforo, em Istambul, e foram ouvidos jatos militares voando baixo sobre Ancara, tendo o primeiro-ministro admitido que esteja em curso um golpe militar.

Os militares turcos declararam entretanto lei marcial e o recolher obrigatório, depois de terem anunciado que tinham tomado o poder no país.

O canal público de televisão divulgou um comunicado das “Forças Armadas turcas” a dar conta da proclamação da lei marcial e de o recolher obrigatório em todo o país.

Não vamos permitir que se degrade a ordem pública na Turquia. Um recolher obrigatório é imposto no país até nova ordem”, especifica o comunicado, assinado pelo “Conselho da paz do país”, que diz que tomou o poder.

“O Exército assumiu totalmente o poder para restaurar a democracia. Todos os nossos acordos internacionais estão em vigor. Esperamos manter as boas relações com todos os países”, refere, no comunicado, o Estado-Maior do Exército.

Todos os nossos acordos internacionais estão em vigor. Esperamos manter as boas relações com todos os países”, afirma o comunicado dos militares.

Segundo a agência Anadolu, o chefe de Estado-Maior, general Hulusi Akar, foi feito refém por um grupo de soldados.

Segundo a rede estatal de televisão TRT, “uma nova Constituição será preparada em breve”. A agência AFP noticia por sua vez ter havido “uma grande explosão” junto à sede da televisão turca.

Ainda segundo a TRT, tanques foram enviados para as proximidades do aeroporto internacional de Istambul, bloqueando a entrada para o terminal.

Erdogan já reagiu

O presidente turco, Recep Erdogan, disse esta noite que é “uma minoria dentro do exército” que está a protagonizar a tentativa de golpe de Estado e pediu aos turcos que resistam nas ruas.

O presidente, que falou por telefone para o canal de notícias CNN-Turk, disse estar absolutamente convencido de que o golpe fracassaria.

Segundo o canal televisivo, o presidente estaria de férias na cidade de Bodrum e encontra-se em segurança.

O primeiro-ministro Binali Yildirim disse por sua vez que “apenas um grupo de militares estaria por trás da tentativa de golpe”.

Segundo o governante turco, o governo estava a tomar controlo da situação, e “os responsáveis pela tentativa de golpe de estado serão punidos”.

Yildirim garante que o governo eleito ainda tem o poder do país.

Reacções internacionais

O chefe da diplomacia russa, Serguei Lavrov, apelou a que se evitem “confrontos mortais” na Turquia, onde está em curso uma tentativa de golpe de Estado.

“Os problemas da Turquia devem ser resolvidos no respeito pela Constituição”, afirmou o responsável numa conferência de imprensa conjunta com o homologo norte-americano, John Kerry.

John Kerry disse esperar que na Turquia prevaleça a paz, a estabilidade e a “continuidade” do poder no Turquia.

O Governo português aconselhou hoje os cidadãos portugueses que se encontram na Turquia a permanecer nas suas residências ou hotéis, disse fonte da Secretaria de Estado das Comunidades.

Segundo a mesma fonte, encontram-se actualmente na Turquia cerca de 350 cidadãos portugueses, 270 dos quais em Istambul.

Os militares turcos anunciaram esta noite que tomaram o poder no país e declararam a lei marcial e o recolher obrigatório.

O português Ricardo Nunes, que chegou quinta-feira a Istambul, Turquia, disse à Lusa que na zona onde se encontra “não há nenhuma agitação militar” e que não foi ouvido um único tiro.

Aqui não há nenhuma agitação militar. Dizem que o aeroporto de Istambul está encerrado”, afirmou Ricardo Nunes, que se encontra em Istambul com a namorada para participar no casamento de um amigo turco.

Ricardo Nunes disse estar em segurança na “casa de uma amiga”, depois de não ter conseguido passar a ponte de Istambul para se dirigir para o local do seu alojamento.

ZAP / Lusa / DW / SN

PARTILHAR

RESPONDER

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …

Roubar aos ricos para dar aos pobres. Misterioso grupo de hackers desviou dinheiro para doar à caridade

Um misterioso grupo de hackers, conhecidos como hackers Darkside, doou dinheiro a duas instituições de caridade - mas esse dinheiro foi roubado pelo mesmo grupo a grandes corporações através de um ataque de ransomware. Quase podia …

Desatualizados e com erros. IA vai vasculhar milhares de documentos da Casa Branca

O Escritório de Administração e Orçamento da Casa Branca (OMB) disse que as agências federais vão usar inteligência artificial (IA) para eliminar requisitos desatualizados, obsoletos e inconsistentes em dezenas de milhares de páginas de regulamentos …