Turquia vai construir 174 novas prisões devido ao aumento de detidos

Sedat Suna / EPA

Golpe de estado militar em curso na Turquia - população protesta contra o Golpe

Golpe de estado militar em curso na Turquia – população protesta contra o Golpe

A Turquia planeia construir 174 estabelecimentos prisionais nos próximos cinco anos para fazer face ao “aumento inesperado do número de reclusos”, anunciou o Ministério da Justiça turco em comunicado.

Segundo o diário Hürriyet Daily News, as prisões turcas estão sobrelotadas pelos milhares de pessoas detidas por suspeita de estarem ligadas às redes do líder religioso Fethullah Gülen, acusado de estar por detrás da tentativa de golpe de Estado de 15 de julho.

Os centros penitenciários planeados teriam, em conjunto, capacidade para mais de cem mil presos.

No dia 17 de agosto, o Governo turco abriu caminho, com um decreto ao abrigo do estado de emergência, para dar liberdade condicional a 38 mil detidos para abrir espaço para os mais de 23 mil detidos na limpeza efetuada sobretudo em instituições estatais.

Em muitos casos “foram metidos seis ou nove presos em celas de dez metros quadrados, pensadas para apenas um recluso”, assegurou na altura à Efe um advogados dos acusados, Efkan Albayrak.

Muitos outros estão amontoados em polidesportivos, dependências policiais e até estábulos, segundo foi denunciado pela Amnistia Internacional.

Antes do golpe falhado e da grande onda de detenções que se seguiu, o Partido Republicano do Povo (CHP), da oposição, já havia denunciado a saturação das prisões turcas e o enorme aumento da população prisional.

Desde 2000, altura em que havia 49.500 presos, a população prisional cresceu até aos 179.600, contabilizados em janeiro deste ano, enquanto a população da Turquia só cresceu 24% no mesmo período, disseram à Efe deputados do CHP.

Depois do golpe falhado, além das detenções, o Governo expurgou milhares de funcionários públicos por suspeita de estarem ligados à irmandade de Fethullah Gülen, radicado nos Estados Unidos.

Ancara pediu formalmente a Washington a detenção e extradição de Gülen.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Nova Iorque quer oferecer vacina aos turistas. Miami vai começar a vacinar no aeroporto

Em Nova Iorque os turistas irão receber a vacina da Johnson & Johnson e em Miami a vacina da Pfizer. Com o objetivo de reativar o turismo na cidade, as autoridades de Nova Iorque querem oferecer …

Carta misteriosa escrita por passageira do Titanic está a intrigar os peritos

Uma equipa de investigadores está a tentar desvendar um mistério que envolve uma carta que terá sido escrita por uma jovem a bordo do Titanic na véspera do naufrágio. Uma família encontrou a carta numa garrafa …

Violência na Colômbia preocupa comunidade internacional

Várias cidades colombianas continuam a ser palco de violentas manifestações contra o Governo do país, mas são reprimidas com força pela polícia e por militares. As manifestações começaram em forma de protesto contra uma reforma tributária …

Veterana de Bletchley Park tem um novo código da 2.ª Guerra para decifrar (mas precisa de ajuda)

Um casal que encontrou mensagens codificadas da II Guerra Mundial sob o assoalho está tentar decifrá-las com a ajuda do seu vizinho, um decifrador de códigos de Bletchley Park. John e Val Campbell encontraram um esconderijo …

"Caixas mistério" com animais de estimação geram indignação na China

Uma nova moda conhecida como "caixa mistério" ganhou popularidade na China. O método consiste em fazer uma encomenda através da internet e é enviada, pelo correio, uma caixa com um animal de estimação. Estas encomendas estão …

Arquivos da polícia do Estado Islâmico revelam como era a vida sob o califado

Arquivos da polícia do Estado Islâmico, conhecida como shurta, revelam como era a vida sob o califado. Os polícias eram tão bem pagos que não podiam ser subornados. Não é sempre que os regimes mirram …

Barco português detido por ancorar ilegalmente em águas da Malásia

Um navio mercante registado em Portugal está retido na Malásia por ter alegadamente ancorado em águas territoriais do país sem autorização, avançou esta sexta-feira a Guarda Costeira malaia. Num comunicado, Nurul Hizam Zakaria, diretor da agência …

”Eficácia e qualidade”. OMS aprova vacina chinesa da Sinopharm

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou, esta sexta-feira, o uso de emergência da vacina chinesa contra a covid-19 da Sinopharm. Trata-se da primeira vacina desenvolvida pela China a ser aprovada pela organização, lembra a agência …

Sem estado de emergência não pode haver confinamento de pessoas saudáveis

O constitucionalista Jorge Reis Novais defendeu hoje que sem estado de emergência que suspenda a garantia do artigo 27.º da Constituição não pode haver confinamento de pessoas saudáveis, até uma eventual revisão constitucional. Por outro lado, …

"Neuro-direitos". O Chile quer proteger os seus cidadãos do controlo da mente

O Chile quer tornar-se o primeiro país a proteger as pessoas do controlo da mente, à medida que a capacidade de mexer com cérebros se aproxima cada vez mais da realidade. O senador Guido Girardi está …