GNR alerta contra possíveis burlas com nova nota de 50 euros

António Cotrim / Lusa

A GNR está a realizar ações de sensibilização para prevenir burlas relacionadas com a entrada em circulação da nova nota de 50 euros, esta segunda-feira, que as autoridades acreditam ser mais segura que a atual nota do mesmo valor.

“Tal como as notas da ‘série europa’ de cinco, 10 e 20 euros, já em circulação, também a nota de 50 euros apresenta agora um aspeto gráfico renovado e com elementos de segurança melhorados, sendo mais segura e mais difícil de falsificar”, refere um comunicado da Guarda Nacional Republicana (GNR).

A GNR alertou que “não existe ninguém mandatado por qualquer instituição bancária para fazer a recolha das notas de 50 euros antigas e que, caso se deparem com propostas desta índole, deverão entrar em contacto” com o posto da Guarda mais próximo e fazer o mesmo se encontrarem uma nota falsa.

Para certificar que a nota não é falsa, a GNR aconselha os cidadãos a utilizar o método “Tocar, Observar e Inclinar”.

Assim, o consumidor deve sentir nas margens esquerda e direita a impressão em relevo, observar em contra luz para ver “da figura mitológica grega Europa, os algarismos representativos do valor e o motivo principal, bem como um pequeno recorte em forma de janela” e inclinar a nota de modo a “ver o número esmeralda com um efeito luminoso de movimento ascendente e descendente”.

A introdução da nova nota vai realizar-se de forma gradual e em simultâneo em 19 países da zona euro, explica a GNR, acrescentando que circulará ao mesmo tempo que a nota antiga, que mantém o seu valor, não sendo necessário proceder à sua troca.

Há quase um ano, em 16 de junho, o Banco Central Europeu (BCE) apresentou, em Frankfurt, a nova nota de 50 euros da série Europa, explicando que a nova nota cor de laranja traduz um avanço na segurança e surge depois de terem sido introduzidas notas, alegadamente também mais seguras, de cinco euros, dez euros e vinte euros da segunda série de notas em euros.

No mesmo comunicado, o BCE lembra que a nota de 50 é a mais utilizada e também a mais falsificada, uma vez que, da totalidade das notas em euros em circulação, mais de oito mil milhões, ou 45% do total, são de notas de 50 euros.

Em meados de julho, poucas semanas depois dessa apresentação pelo BCE, o BdP fez também um encontro em Lisboa, sobre a nova nota de 50 euros, em que anunciou que ia colocar em circulação 200 milhões de novas notas, depois de ter introduzido novas notas de cinco, dez e 20 euros.

“Em Portugal a nota de 50 euros é pouco utilizada, usando-se mais a de 10 e 20 euros, mas no resto da União Europeia a nota de 50 euros representa 45% da circulação de notas e, por isso, é a nota mais usada”, afirmou em julho do ano passado o administrador do Banco de Portugal.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Se já é difícil distinguir entre 1 verdadeira e 2 falsas o que acontecerá com 2 verdadeiras… As novas notas deveriam ser muito diferentes das que substituem.

RESPONDER

Forças Armadas dos EUA estão a adquirir coletes à prova de bala adaptados para mulheres

As Forças Armadas dos EUA estão a dar grandes passos no que diz respeito à igualdade de género. A instituição está a começar a mudar os seus coletes à prova de bala, de forma a …

Abstenção do PCP no OE2021? É um excelente indicador, diz Costa

O primeiro-ministro, António Costa, considerou um “excelente indicador” o PCP ter anunciado a abstenção no Orçamento do Estado de 2021 (OE2021) e resultado de um entendimento “para ter um bom orçamento para o próximo ano”. “É …

Egito abre restaurante com vista de luxo para as pirâmides de Gizé

O Egito inaugurou um novo restaurante com vista panorâmica para as pirâmides. O investimento faz parte de uma tentativa de reavivar o turismo no país. O Egito revelou novas instalações para os visitantes no planalto nas …

Novo recorde. Portugal regista mais 3.669 casos de covid-19

Portugal regista este sábado 3.669 novos casos de infeção com o novo coronavírus, responsável pela covid-19, o valor diário mais elevado desde o início da pandemia, e mais 21 mortes relacionadas com a covid-19, segundo …

Câmara do Porto encerra cemitérios nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro

O presidente da Câmara do Porto anunciou o encerramento dos cemitérios em 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, justificando a decisão com a necessidade de desviar meios para cumprir a proibição de …

Rui Vitória de saída do Al Nassr

O treinador português Rui Vitória está de saída do Al Nassr, avança este sábado o canal árabe 24Sports. A saída de Rui Vitória, que em janeiro de 2019 deixou o comando técnico do Benfica, surge …

Casamento com 200 pessoas autorizado em Arruda dos Vinhos. Câmara contesta

O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos criticou a decisão da autoridade de saúde de autorizar a realização de um casamento “com cerca de 200 pessoas”, considerando que vai colocar a população do concelho …

Novo Banco desmente demissão de gestores após polémicas com Fundo de Resolução e Vieira

O Novo Banco veio a público desmentir a notícia do Público que alega que três gestores de topo da instituição se demitiram, após divergências internas envolvendo várias polémicas relacionadas com o Fundo de Resolução, com …

Milhões da bazuka europeia só chegam em junho

Portugal e os restantes Estados-membros das União Europeia (UE) só deverão receber os respetivos fundos da bazuka europeia de apoio à retoma no pós-pandemia na segunda metade de 2021, em meados de junho. A confirmar-se …

Braço de ferro entre Costistas e Nunistas novamente adiado

O PS voltou a adiar, agora de 31 de Outubro para 7 de Novembro, a reunião da Comissão Nacional que decidirá a orientação do partido face às eleições presidenciais. Fica assim adiado o braço-de-ferro entre …