Maioria das pistolas Glock roubadas da PSP pode ter estado sempre com a polícia

Luís Gaiba defende que a contagem do armamento não estava atualizada e que, por isso, a maioria das armas alegadamente desaparecidas pode nunca ter saído da posse da polícia.

O agente Luís Gaiba, suspeito do roubo de 55 pistolas Glock da sede nacional da Polícia de Segurança Pública, disse em tribunal que a maioria das armas pode nunca ter saído da posse da polícia. O agente argumenta que os seus superiores fizeram mal a contagem das armas.

Luís Gaiba era o responsável pelo armeiro da sede nacional da polícia em 2017, na altura do furto das pistolas. Foi nesta altura que um traficante de droga foi apanhado numa operação da PSP na possa de uma Glock com a inscrição “forças de segurança”. Gaiba fez um inventário do armamento juntamente com outro colega, sem nunca ter detetado nenhum desaparecimento.

Nas suas declarações em tribunal, o agente da PSP alertou para a falta de segurança do armeiro, que não tinha uma porta blindada nem videovigilância. Como tal, solicitou que fosse feita uma inspeção ao espaço. “Mais de seis meses depois foi feita e o resultado entregue ao diretor nacional, que disse a um superior hierárquico meu que era preciso esperar que houvesse orçamento”, disse, citado pelo Público.

Na altura do furto, a comissária Isabel Lobo ficou encarregue fazer um novo inventário do armeiro. No entanto, Luís Gaiba diz que ninguém sabe quantos pistolas faltam ao certo. Isto porque a última contagem das armas — armazenada em Excel — é relativa a 2015, não tendo atualizado desde então por alegada falta de tempo.

“O ficheiro Excel não tinha a lista total do material. Disse à comissária que aquela não era a melhor forma de fazer o levantamento, mas ela chegou a ser rude comigo. Mandou-me ficar calado e só falar quando me perguntasse alguma coisa”, explicou.

O arguido, que está detido preventivamente, contou ainda que Isabel Lobo tinha ordens para pedir aos agentes que tinham pistolas distribuídas para verificarem as suas armas. No entanto, Luís Gaiba diz que a sua superior, em muitas ocasiões, baseou-se naquilo que lhe foi dito por telemóvel pelos polícias.

“Esta segunda contagem não foi baseada na carga total”, defende. A seu ver, se a contagem tivesse sido feita de forma rigorosa, o número de pistolas desaparecidas podia não ser este — aliás, até podiam sobrar armas.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Que a gestão do material nas intituições públicas seja uma bandalheira, é sabido e ressabido.
    Vá lá saber-se quanto material “desaparece”, à sombra desta gestão abandalhada.
    Não estou a defender o tipo, mas se calhar até pode ter razão.

    • É… ele é que era responsável pelas armas (que furtou!!) mas, os outros é que contaram mal…
      Sabe muito, o artista… e quando alguém diz que ele “até pode ter razão”, o objetivo dele está cumprido!..

      • É um bocaco com aquela teoria da abstenção. São os cadernos de eleitores que estão cheios de falecidos. A abstenção em Portugal praticamente nem existe.

  2. Por causa da incompetência das entidades “competentes” da PSP tive de trocar por três vezes os livretes das minhas armas de caça. Todas as vezes tive de pagar para isso. Embora possa haver (e há concerteza) gente competente na PSP, a instituição é pública, manifesta e repetidamente incompetente. A responsabilidade já não é só do Director Nacional.

    • A PSP é mais outro local mal frequentado. Meu irmão teve várias vezes o carro danificado por outrém e fomos à PSP para participar, resposta da PSP vá a outra esquadraque nós estamos ocupados. Estavam lá 6 marmanjos encostados ao balcão a ver se o dia passava.
      Por cima dos meus pais tem um marmanjo que faz barulho de madrugada e depois de vários telefonemas para a PSP a reclamar da situação, resposta da PSP, fale com o vizinho. Mexer o traseiro tá quieto.
      Quer mais exemplos?

RESPONDER

A pandemia veio interromper as touradas no Peru. Mas há quem não esteja muito satisfeito com isso

Em poucos meses a pandemia do novo coronavírus conseguiu um feito há muito desejado por ativistas de todo o mundo: interrompeu as touradas. O cancelamento dos espetáculos - criticados pela sua violência para com os …

Dezenas de sites franceses com propaganda islâmica após pirataria informática

Várias dezenas de pequenos websites franceses foram afetados por uma onda de pirataria informática, publicando mensagens de propaganda islâmica, indica hoje a agência noticiosa France-Press (AFP). Mensagens como “Vitória para Maomé, vitória para o Islão e …

Jogos Olímpicos em 2021 vão mostrar que "humanidade derrotou o vírus"

O primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, disse esta segunda-feira que o país está "determinado" em organizar os Jogos Olímpicos no verão de 2021 e declarou que o evento servirá "como prova de que a humanidade derrotou …

Herdeiro da Samsung assume as rédeas da empresa depois da morte do pai

Lee Jae-Yong, filho do presidente da Samsung, assumiu a liderança da empresa depois do seu pai ter falecido este domingo. O herdeiro assume as rédeas numa altura em que a gigante da tecnologia procura evoluir. Sob …

Vídeos de suicídios, abortos ou abusos sexuais. Ex-moderadora do YouTube descreve pesadelo (e processa plataforma)

Uma ex-moderadora do YouTube apresentou uma queixa contra a plataforma na segunda-feira, acusando-a de não proteger os funcionários que são sujeitos a uma análise e remoção de vídeos violentos publicados na página. O processo contra o …

Resultados nos Açores levam PS a pensar em eleições antecipadas

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo 39,13% dos votos, o que não garante a maioria absoluta. Os resultados levam o partido a pensar já em eleições antecipadas. "[O governo regional] está …

"Ainda não sei bem o que fiz". João Almeida e Rúben Guerreiro de volta a Portugal

João Almeida e Rúben Guerreiro foram duas das maiores figuras desta edição do Giro, a volta a Itália em bicicleta. Os dois ciclistas aterraram esta segunda-feira, em Lisboa, e parece que ainda não perceberam a …

Autarca de Pedrógão Grande critica "péssima investigação" sobre reconstrução de casas

O presidente da Câmara de Pedrógão Grande acusou o Ministério Público e a Polícia Judiciária de terem feito uma "péssima investigação" no processo sobre a reconstrução das casas, cujo julgamento se iniciou esta segunda-feira. "[As acusações] …

Novo Banco e TAP são "riscos não negligenciáveis" para o défice

A TAP e o Novo Banco podem ter um efeito orçamental maior que o estimado pelo Governo em 2021, constituindo "riscos não negligenciáveis" para o défice, segundo uma avaliação do Conselho das Finanças Públicas (CFP) …

NASA revela que há água na Lua

A NASA revelou, esta segunda-feira, que foi encontrada água em forma de gelo numa superfície da Lua. Os investigadores apontam ainda para a possibilidade de existirem múltiplos depósitos subterrâneos na Lua onde esteja armazenada água …