Folga de 200 milhões e redução de juros à Madeira. A ginástica matemática de Centeno para fazer passar o OE

José Sena Goulão / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O Partido Socialista não tem maioria absoluta no Parlamento e, por isso, precisa de assegurar oito votos extra para conseguir fazer passar o Orçamento de Estado para 2020 (OE), documento que foi esta terça-feira apresentado.

Já a pensar nesta “ginástica matemática”, o ministro das Finanças, Mário Centeno, guardou uma folga de pelo menos 200 milhões de euros para negociar o documento na especialidade, conta esta quinta-feira o Jornal de Negócios.

Estes 200 milhões vão servir para ceder algumas a reivindicações da oposição, seja esta de esquerda ou direita. A folga matemática, avança ainda o diário de Economia, não compromete a meta orçamental de Centeno, fixada em 0,2% do PIB.

Este montante consta do OE, mas está “escondido”. Centeno comprometeu-se com um excedente orçamental de 0,2%, sendo este o valor de referência para o apuramento do cumprimento, ou falta dele, da política orçamental do Executivo.

Contudo, explica o Negócios, este número, que corresponde a um excedente de 533 milhões, não é exatamente 0,2% – é 0,245%, se for arredondado à terceira casa decimal.

Assumindo a previsão do PIB do OE, significa que bastam 12 milhões de euros para que o excedente salte para 0,3% do PIB, quando arredondado à primeira casa decimal, a prática normalmente utilizada em Portugal e na União Europeia.

Ao mesmo tempo, esta situação que o excedente pode ser 200 milhões de euros mais baixo do que o projetado e, mesmo assim, cumprir a meta de 0,2% do PIB. Nesse caso, será de 0,153%, o que arredonda, da mesma forma, a 0,2% do PIB.

Redução de juros à Madeira

A folga orçamental de 200 milhões não é o único “trunfo” de Centeno para fazer aprovar o Orçamento. Numa visita à Madeira, o ministro das Finanças garantiu uma redução dos juros que a região autónoma paga ao Estado.

De acordo com o semanário Expresso, a redução dos juros da dívida era uma das quatro exigências da Madeira para viabilizar o Orçamento de Estado.

No discurso que fez durante um evento para a atribuição de prémios do evento as “500 maiores empresas da Madeira”, Mário Centeno, que era convidado de honra, disse que Estado irá reduzir 2,5 milhões de euros nos juros da Madeira em 2020, valor que se soma ao corte de sete milhões feito já em 2019.

Os números indicam que, a longo prazo, a região da Madeira poupará 100 milhões de euros com a redução de juros anunciada por Mário Centeno.

O titular da pasta das Finanças reuniu ainda brevemente com o presidente do governo regional, Miguel Albuquerque. Foi uma reunião de “cortesia”, disse Centeno.

Este encontro na Madeira, frisa o Expresso, pode ser importante para fazer passar o Orçamento de Estado, uma vez que o Governo pode garantir três votos do PSD/Madeira para fazer aprovar o documento. Além da redução de juros, o Governo deu já garantias à Madeira no financiamento do hospital central do Funchal.

Miguel Albuquerque não disse ainda qual será o sentido de voto do PSD/Madeira, frisando que está tudo em aberto. Contudo, escreve ainda o semanário, o que parece começar a ficar fora de questão é que o voto seja contra depois da cedências do Governo socialista.

Com o apoio do PSD/Madeira, recorde-se, o Governo não precisaria dos anteriores parceiros de legislatura – Bloco e PCP – para fazer aprovar o documento.

PSD Madeira, PAN e Livre podem ser o “plano B” para garantir essa aprovação. Com os três deputados eleitos pelo PSD Madeira, os quatro deputados do PAN e a deputada única do Livre, e contando com os óbvios votos dos 108 deputados do PS, o Governo conseguiria aprovar o Orçamento de Estado para 2020.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Mulher que vestia camisola com capa do Charlie Hebdo ferida em Londres

Uma mulher que vestia uma camisola estampada com uma capa da revista satírica francesa Charlie Hebdo foi ferida levemente com arma branca no domingo em Hyde Park, em Londres, informou a polícia, que pediu colaboração …

Novo Banco. Comissão de inquérito aprova que resolução do BES foi "fraude política"

A comissão de inquérito ao Novo Banco aprovou uma proposta do PCP de alteração ao relatório referindo que a resolução do BES e a sua capitalização inicial, de 4.900 milhões de euros, foi "uma fraude …

BCP prevê saída de mais de 800 trabalhadores e admite despedimento coletivo

O presidente do BCP disse esta segunda-feira que deverão sair do banco mais de 800 trabalhadores, abaixo da meta inicial de 1.000, mas que depende dos funcionários que aceitarem rescindir e mantém a possibilidade de …

Jogos Olímpicos. Ouro e prata para atletas de...13 anos

Pódio muito jovem na estreia do skate feminino. A espreitar o pódio ficou uma norte-americana com quase o triplo da idade. O skate está a "viver" os seus primeiros dias na história dos Jogos Olímpicos. Inserido …

SEF e PSP reforçam fiscalização às regras aplicáveis nas viagens de avião

O SEF e a PSP reforçaram a fiscalização nos aeroportos às regras do tráfego aéreo devido às variantes de covid-19 e ao aumento do número de voos previsto para as próximas semanas, segundo um despacho …

Ramalho Eanes defende que Otelo "tem direito a lugar de proeminência" na História

O ex-presidente da República Ramalho Eanes defendeu esta segunda-feira que Otelo Saraiva de Carvalho, falecido no domingo, tem direito a um "lugar de proeminência histórica", apesar "da autoria" do que considerou "desvios políticos perversos, de …

Hidilyn Diaz dá primeira medalha de ouro de sempre às Filipinas

A filipina Hidilyn Diaz deu esta segunda-feira a primeira medalha de ouro de sempre ao seu país em Jogos Olímpicos, ao conquistar a categoria de -55 kg de halterofilismo em Tóquio2020. Depois de ter sido segunda …

Londres e Paris assinam acordo de segurança marítima para o Canal da Mancha

Os governos britânico e francês assinaram esta segunda-feira um tratado de cooperação em segurança marítima em caso de ameaças, como ataques a navios que operam no Canal da Mancha. O Governo do Reino Unido explicou, em …

Estudantes ingleses deverão estar vacinados contra a covid-19 para assistir a aulas nas universidades

Governo britânico estará a considerar a obrigatoriedade de apresentação de certificado de vacinação contra a covid-19 nas salas de aula, auditórios e residências das universidades, não estando previstas na medida alternativas como um teste negativo …

Mali. Morreu o homem suspeito de tentar matar Presidente interino

O governo do Mali anunciou a morte do homem acusado de tentativa de homicídio do Presidente de transição do Mali, coronel Assimi Goita, sob detenção dos serviços de segurança malianos. "Durante as investigações, o estado …