Ghosn reivindica direito a reforma de 770 mil euros por ano da Renault

A fabricante francesa garante que Carlos Ghosn renunciou, por iniciativa própria, a 23 de janeiro de 2019 e não reivindicou os seus direitos à reforma. Mas o ex-CEO nega ter-se demitido da Renault.

Carlos Ghosn, ex-presidente da Renault-Nissan, quer reivindicar o seu direito à reforma da construtora automóvel. Numa carta que enviou à direção da fabricante, que o BFM TV divulgou esta quarta-feira, Ghosn garante que não se demitiu explicitamente da sua antiga empresa.

Em causa está uma reforma de 770 mil euros por ano, mas a Renault garante que o ex-CEO renunciou, por iniciativa própria, a 23 de janeiro do ano passado, não tendo reivindicado os seus direitos à reforma.

Na semana passada, numa conferência de imprensa na capital libanesa, o antigo empresário mostrou ter um entendimento diferente. “Dizem que eu me demiti da Renault, o que é falso. A carta que enviei não foi, aliás, entregue ao conselho de administração, foi lida a membros do conselho de administração”, disse, citado pelo Expresso.

Na carta, Ghosn não fala explicitamente nem de demissão, nem de reforma. Aliás, a BFM TV refere que é tudo uma questão de interpretação. “Eu, abaixo assinado, tenho a honra de o informar da minha decisão de pôr termo aos meus cargos”, escreveu. No parágrafo seguinte, menciona o seu direito à pensão, o que só é possível se se reformar efetivamente.

Os advogados do antigo empresário alegam que o seu cliente se retirou dos seus cargos corporativos, mas nunca se demitiu. Por isso, considera que lhe é devida a indemnização legal de reforma.

Em outubro do ano passado, a Segurança Social validou a reforma de Ghosn com retroativos a partir de 1 de junho.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Nadadores-salvadores devem privilegiar salvamento "sem entrar na água"

A Federação Portuguesa de Nadadores-Salvadores divulgou hoje alguns dos procedimentos que os vigilantes devem adotar na época balnear face à pandemia, como privilegiar o salvamento “sem entrar na água” ou abordar o náufrago pelas costas. “Ainda …

Confederação do Turismo propõe Lay-off simplificado, banco de horas e horário concentrado

A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) propôs ao Governo 99 medidas para mitigar as consequências "gigantescas" que a pandemia está a ter no sector, apontando um cenário de "eclipse total e asfixia". Segundo noticiou esta …

Coreia do Norte ameaça romper acordo militar com Seul

A Coreia do Norte ameaçou hoje romper o acordo militar com a Coreia do Sul e fechar o gabinete de ligação transfronteiriça, se Seul não impedir que ativistas continuem a enviar panfletos através da fronteira. A …

Moratórias no crédito prolongadas até 31 de março de 2021

O Governo decidiu estender a moratória nos empréstimos dos bancos às famílias e empresas afetadas pela crise. As prestações e juros só voltarão a ser pagos depois de 31 de março de 2021, apurou o …

Santana Lopes deixou funções executivas no Aliança. Mas não "deserta"

O fundador do partido Aliança deixou, recentemente, as suas funções executivas por "motivos profissionais", mas promete "não desertar", "muito menos em alturas difíceis". No passado dia 15 de maio, Pedro Santana Lopes pediu a suspensão das …

Pela primeira vez em 30 anos, Hong Kong proíbe vigília em memória de Tiannamen

Pela primeira vez em 30 anos, tanto Hong Kong como Macau não vão ter vigílias em homenagem às vítimas do massacre de Tiananmen. A Polícia de Hong Kong proibiu a vigília em memória do massacre de …

Portugal com mais 8 mortos e 331 casos positivos em 24 horas

Portugal registou mais oito mortes e 331 casos positivos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde. Esta quinta-feira, Portugal registou 1.455 mortes por …

IL rejeita Marcelo Rebelo de Sousa e aposta em Adolfo Mesquita Nunes

O Iniciativa Liberal (IL) não vai apoiar a eventual recandidatura de Marcelo Rebelo de Sousa. Para o partido, um dos nomes em cima da mesa para as Presidenciais é "fácil" e só depende da "vontade …

Comissão Europeia "otimista" na rápida retoma económica em Portugal

A Comissão Europeia diz estar "razoavelmente otimista" sobre uma "rápida recuperação" económica de Portugal após a crise gerada pela covid-19 e considera que a forma como o país "controlou" a pandemia beneficiará a retoma do …

Nova Zelândia decreta em junho erradicação de contágios. Está há 13 dias consecutivos sem novos casos

A Nova Zelândia, país que tem sido apontado internacionalmente como exemplar no combate à pandemia de covid-19, prevê decretar a “erradicação da doença” no país no próximo dia 15 de junho. A informação foi avançada esta …