“Genocídio” de uigures. EUA e China trocam acusações sobre direitos humanos

Os atos da China “ameaçam a ordem fundada em regras que garantem a estabilidade mundial”, declarou na quinta-feira o chefe da diplomacia dos Estados Unidos (EUA), Antony Blinken, durante a abertura de uma reunião de dois dias com dirigentes chineses, no Alasca.

“Vamos apresentar as nossas profundas inquietações sobre os atos da China, incluindo Xinjiang” – região na qual os EUA acusam Pequim de “genocídio” contra os muçulmanos uigures -, “de Hong Kong, de Taiwan, dos ataques cibernéticos contra os EUA e da coerção económica contra os nossos aliados”, afirmou, citado pelo Expresso.

“Cada um destes atos ameaça a ordem fundada em regras que garantem a estabilidade mundial. É a razão pela qual não se tratam apenas de questões internas e sentimos a obrigação de falar delas”, acrescentou, numa reunião onde estava presente o mais alto responsável do Partido Comunista Chinês para as relações externas, Yang Jiechi, e o ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi.

Por sua vez, Jiechi declarou: “A China opõe-se firmemente à interferência” dos EUA “nos assuntos internos”. “Expressamos a nossa firme oposição” e “tomaremos medidas firmes em resposta aos direitos humanos. Esperamos que” os EUA “façam melhor com os direitos humanos”, disse, indicando que os chineses têm “feito progressos” nessa área.

Os EUA “têm uma democracia ao estilo” dos EUA e “a China tem uma democracia ao estilo chinês. Não cabe apenas ao povo americano, mas também às pessoas do mundo, avaliar o desempenho” dos EUA “no avanço da sua própria democracia. Na China, após décadas de reformas e abertura, percorremos um longo caminho em vários campos”, frisou.

Blinken respondeu: “Tenho de dizer-lhe que, no meu curto tempo como secretário de Estado, falei com centenas de delegações de todo o mundo e acabei de fazer a minha primeira viagem ao Japão e Coreia do Sul. Tenho de dizer-lhe que o que ando a ouvir é muito diferente do que acabou de descrever. Tenho ouvido uma profunda satisfação por” os EUA “estarem de volta, por estarmos ligados novamente com os nossos aliados e parceiros. Também tenho ouvido grandes preocupações por ações que o seu Governo tem tomado e teremos oportunidade de falar nisso quando começarmos a trabalhar”.

Na quarta-feira, os EUA avançaram com ações contra a China, nomeadamente sanções por reversão da democracia em Hong Kong.

ZAP ZAP / Lusa //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Na China, para haver “direitos humanos”, primeiro tem que existir “humanos”, coisa que, para o regimes chinês, não existe!!

RESPONDER

O "aeroporto do amanhã" está abandonado no meio de um pântano dos Estados Unidos

Era para ser o "aeroporto do amanhã", um centro intercontinental para aviões supersónicos com seis pistas e conexões ferroviárias de alta velocidade para as cidades vizinhas. Hoje, é pouco mais do que uma pista no …

Facebook remove (acidentalmente) página oficial de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa

O Facebook apagou a página de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa. O município passou um mês a apelar à rede social para repor a página. "Recebemos uma mensagem no Facebook e também percebemos que …

NASA escolheu SpaceX de Elon Musk para a próxima missão tripulada à Lua

Elon Musk fecha contrato de 2,9 mil milhões de dólares para levar o Homem novamente à Lua. O contrato é a mais importante vitória da SpaceX e reforça a posição da empresa como parceira …

Benfica 1-2 Gil Vicente | Galo canta e silencia águia na Luz

STOP. O Gil Vicente visitou na tarde deste sábado o Benfica e saiu do palco da Luz com os três pontos na bagagem e a “cantar de galo”, ao vencer por 2-1, num duelo relativo …

"Longa vida à monarquia." Realeza britânica tende a viver mais três décadas do que a população geral

As diferenças na longevidade de alguns membros da família real em comparação com a população em geral são extremamente grandes, mas não incomuns. O príncipe Filipe, marido da rainha Isabel II e o consorte mais antigo …

Abominável (e falso) Homem das Neves. Líder russo usou Yeti para atrair turistas para a Sibéria

Um dos líderes regionais mais antigos de Vladimir Putin confessou ter encenado avistamentos falsos de Yetis numa tentativa de encorajar o turismo na Sibéria. Aman Tuleev, um dos líderes regionais de longa data do Presidente russo …

Irão já está a enriquecer urânio a 60%

O Irão avisou e já está a cumprir. Menos de uma semana depois de ter acusado Israel de um ataque contra a sua principal central nuclear, o país diz estar a enriquecer urânio com uma …

Salvini vai a julgamento em Itália por bloqueio de migrantes em navio

Matteo Salvini, líder do partido de extrema-direita italiano Liga, vai ser julgado por acusações de sequestro pela sua decisão de impedir o desembarque de 147 migrantes resgatados no Mediterrâneo pela Open Arms, em agosto de …

Maldivas ponderam oferecer vacinas aos turistas

As Maldivas estão a ponderar dar aos turistas a vacina contra covid-19 quando chegarem para férias, de modo a incentivar o turismo. As Maldivas estão prontas para enfrentar a concorrência acessa assim que o turismo reabrir …

SOS Racismo diz que SEF atentava contra direitos dos imigrantes e aplaude extinção

O Governo decidiu extinguir o SEF e substituí-lo pelo novo Serviço de Estrangeiros e Asilo, com diferentes moldes de funcionamento. A associação SOS Racismo congratulou-se este sábado com a extinção do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras …