Gasto de energia com bitcoins prestes a ultrapassar o consumo de todas as casas islandesas

Em 2018, as estimativas preveem que o gasto médio das operações de mineração de bitcons seja de 840 gigawatt-hora. Por sua vez, o consumo doméstico do país gasta cerca de 700 gigawatt-hora por ano. 

De acordo com a empresa energética HS Orka, com o grande crescimento da mineração de bitcoins na Islândia, a energia utilizada pelo processo está prestes a ultrapassar aquela que é produzida por todas as casas do país.

A Islândia têm cerca de 340 mil habitantes e a a maior parte da energia consumida pelo país vem das energias renováveis. Johann Snorri Sigurbergsson disse à BBC que “se todos os projetos se concretizarem, não haverá energia para tal”, dado o crescimento exponencial de candidatos e interessados na mineração de bitcoins.

O responsável da empresa não vê “as coisas a pararem brevemente” e afirma que tem recebido muitas chamadas e visitas de potenciais investidores ou empresas que querem construir centros de dados no país.

Segundo o Diário de Notícias, a empresa tem mais interesse em firmar contratos com quem esteja interessado em comprometer-se por alguns anos, mas o responsável sublinhou que existem tantos centros de dados propostos que não seria possível alimentar energeticamente todos eles.

As estimativas apontam que as operações de mineração de bitcoins vão usar, em 2018, cerca de 840 gigawatt-hora para manter os computadores e sistemas de refrigeramento dos equipamentos a funcionar. Por sua vez, o consumo doméstico do país gasta cerca de 700 gigawatt-hora por ano.

As criptomoedas são mineradas através de programas específicos que utilizam toda a capacidade dos processadores para realizar operações matemáticas, sendo um processo altamente dispendioso a nível de consumo energético.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. a atitude responsável será a de impor o investimento de uma parte do retorno obtido com esta matéria prima na investigação de alternativas que não devastem o ambiente.

      • Querem moeda verdadeira? tenham por base o ouro e não este dinheiro de fantasia que existe pelo mundo fora (e não estou a falar de bitcoins, não, mas sim do dinheiro que tu e eu levantamos no multibanco).

  2. O valor do ouro, platina, prata, cobre, aluminio, diamante, lítio e outros materias raros e caros está não só na sua beleza estética mas sim nas suas propriedades físicas e nas suas aplicações industriais. As moedas baseadas nestes materiais eram estáveis. O único problema que tinham era que os especuladores não conseguiam ganhar dinheiro fácil com elas. Quando os especuladores conseguiram que as moedas passassem a representar dívida dos estados subverteram os sistemas financeiros à sua vontade. As moedas electrónicas não representam nenhum bem material nem sequer a dívida de nenhum estado, representam apenas energia desperdiçada a calcular uns números sem qualquer valor real. Mas porque as moedas electrónicas não são controladas pelos especuladores do costume, dão uma certa ilusão de liberdade… mas no fundo são apenas uma bolha para lavagem de dinheiro e um desperdício de energia.

Responder a ze Cancelar resposta

Super-vulcão Yellowstone registou 91 terramotos em apenas 24 horas

Os vulcanólogos têm andado atentos ao super-vulcão localizado no Parque Nacional de Yellowstone, nos Estados Unidos. O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) relatou recentemente a ocorrência de 91 terremotos em apenas 24 horas. Estes …

Cartoonista alemão Frank Hoppmann é o vencedor do 15.º World Press Cartoon

O 'cartoonista' alemão Frank Hoppmann, com a caricatura do primeiro-ministro britânico Boris Johnson, é o vencedor da 15.ª edição do World Press Cartoon, foi hoje anunciado nas Caldas da Rainha, na cerimónia de entrega de …

Pequena e funcional. Assim se carateriza a Tiny House (que ainda evita dores de joelhos)

Esta pequena casa móvel pode ser a solução que procura. Devido à sua arquitetura dinâmica é ótima para pessoas com problemas de articulações e que sofrem com dores joelhos, pernas cansadas ​​ou dores nas costas. Hoje …

Chama-se Elios, é um drone e vai explorar as profundezas das cavernas de gelo da Gronelândia

Elios é o drone que está a ajudar os investigadores a descobrirem mais sobre os mistérios da Gronelândia. Inserido numa estrutura própria, tem explorado as cavernas de gelo, facilitando assim o acesso a locais mais …

Milhares de pássaros migratórios estão (misteriosamente) a morrer no Novo México

Um elevado número de pássaros migratórios está a morrer em todo o Novo México, numa misteriosa mortalidade em massa que está a preocupar os cientistas. Estima-se que o número de pássaros mortos seja de centenas de …

Crianças inspiram Lego a livrar-se de todas as embalagens de plástico

As peças da Lego podem acabar no oceano durante mais de mil anos, mas os fabricantes dinamarqueses estão a tentar tornar a empresa ecologicamente correta. Na sua última promessa, a Lego vai começar a usar sacos …

Uma cidade chamada "amianto" está a tentar mudar o nome (e a discussão tornou-se tóxica)

Há uma cidade no Canadá chamada Asbesto - um material de construção altamente tóxico. Os habitantes da cidade não estão felizes com este nome, mas a sua mudança também não está a ser fácil. De acordo …

FC Porto 3-1 Braga | Entrada de “dragão”

O FC Porto iniciou a defesa do título nacional com uma vitória importante sobre o Sporting de Braga por 3-1. Os minhotos marcaram primeiro no Dragão, por um ex-portista, mas os descontos do primeiro tempo foram …

Barco navega em forma de coração para agradecer aos habitantes da Nova Escócia

A escuna Bluenose II navegou de forma bastante original no último dia da temporada de 2020. A rota seguida criou a forma de um coração no porto de Lunenburg, na Nova Escócia. De acordo com o …

França bate recorde com 13.498 novos casos. Espanha não vai confinar

A França registou este sábado um recorde diário de casos de covid-19, com 13.498 novos infetados nas últimas 24 horas, anunciou a Agência Nacional de Saúde, acrescentando que, no mesmo período, morreram mais 26 pessoas. No …