A bitcoin “é uma bolha, esquema de Ponzi e um desastre ambiental”

O presidente do Banco Internacional de Pagamentos (BIS), Agustin Carstens, afirma que as criptomoedas ameaçam transformar-se em “parasitas” do sistema financeiro.

Esta terça-feira, o presidente do Banco Internacional de Pagamentos (BIS) defendeu que os bancos centrais devem estar preparados para agir contra as criptomoedas, de forma a evitar que estas se transformem em “parasitas” do sistema financeiro.

Para Agustin Carstens, as criptomoedas são “uma combinação de bolha, esquema de Ponzi e desastre ambiental” – já que o processo de minar as bitcoins consome níveis elevado de energia – que falham a definição básica daquilo que deve ser uma moeda.

As criptomoedas, como a bitcoin, podem “levantar preocupações relacionadas com a proteção dos consumidores e dos investidores” e as autoridades responsáveis “têm o dever de educar e proteger os investidores e os consumidores e têm de estar preparadas para agir”, frisou Carstens, citado pelo Eco.

Estes “tokens digitais privados mascarados de moeda” podem “subverter a confiança” nos bancos centrais, disse o presidente do BIS, uma organização que funciona como uma espécie de banco central dos bancos centrais.

Carstens defende que tem de haver requisitos mínimos para aceder à prestação de serviços bancários e de pagamentos, sob o lema fundamental de que “para os mesmos riscos, a mesma regulação. Sem exceções permitidas”, escreve o jornal.

Em apenas um mês e meio, a bitcoin perdeu mais de 60% do seu valor, face ao máximo atingido em meados do mês de dezembro.

ZAP //

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. os “parasitas” do sistema financeiro são em simultâneo parasitas dos clientes/investidores e dos cofres do estado e chamam-se BANQUEIROS.

  2. Mais parasitas que os Bancos Centrais??? Nojentos!!!

    O problema é o pessoal não se informar sobre a verdade.

    Cada vez mais dá para perceber que estamos a enfrentar uma guerra, com um inimigo (banca + media + poderes instalados) que se quer fazer passar por salvador do universo, enquanto é ele o maior de todos os cancros.

    Isto vai muito além das criptomoedas… tem a ver com a nossa liberdade!!!

    Temos que arregaçar as mangas e lutar com todas as forças contra o sistema; e só há uma forma… passar a palavra e acordar mais pessoas, para que elas acordem outros, e por ai fora. O poder do boca a boca é imparável quando usado com objectivos honestos e concretos.

    Façam a vossa parte: Informem-se, informem outros, peçam para eles darem continuidade…

    Este vídeo explica de forma bem simples aquilo que eles não querem que a humanidade saiba: https://youtu.be/iFDe5kUUyT0

  3. Kkk, tarda para rir de uma noticia destas, estes parasitas dos bancos, estão e se borrando de medo e por isso vamos falar mau para ver se conseguimos mantra nossos “súditos” como clientes.
    É tão burro que não dar nem o que está a dizer, Bitcoin é um caminho sem volta, bancos querendo ou não, somos nós o dono do nosso dinheiro, e o bitcoin e as altcoins vieram para isso. Este gajo deveria estudar mais sobre o que bitcoin antes vomitar palavras por aí a afora!

  4. O bitcoin em si tem várias falhas internas e por isso nunca vai ser a moeda do futuro. Talvez o iota ou outra moeda de terceira geração vinguem mas o bitcoin é um fracasso.

  5. Quero ver a malta aqui falar dos bitcoins quando houver uma descarga solar daquelas a sério que está para vir. Falem depois dos bitcoins e afins

  6. Emanuel seria bom perceber o que diz sobre o Bitcoin, porque na verdade será mesmo a moeda do futuro e não só. O IOTA como fala é um token, é vista como uma crypto mas é a mesma coisa que você ter acção bancária e não uma moeda.
    O futuro já é o Bitcoin quer queira quer não, porque já existe empresas pelo mundo fora a efectuar pagamentos parciais em Bitcoin até aqui mesmo ao nosso lado ( Espanha ), agora se me disser que o ethereum pode ser a crypto sucessora ao Bitcoin aí já acredito devido à sua eficiência de transacção e ao seu reduzido consumo energético.
    IOTA, Ripple etc…, vão ser sempre visto como acções financeiras.

    Na verdade os Bancos querem ter o domínio total do dinheiro, daí a verdadeira razão de quererem descredibilizar a moeda digital. Mas se o Bitcoin caiu tudo se deve-se à China ter ordenado o encerramento das plataformas de intercâmbio, e eles são os detentores de mais de metade dos Bitcoins do planeta.
    Agora acredite que vai ouvir sempre falar mal da moeda, porque ela é uma rival do sistema financeiro no mundo inteiro, e isto não é de agora é desde 2008 quando ela foi dada a conhecer ao mundo e se perdurou estes 10 anos de existência não era agora que ela ia desaparecer.

  7. È claro que o sistema bancário está aflito.
    Mas a Bitcoin ainda não tem maturidade suficiente para ser a “definitiva”.
    Não só, as preocupações com segurança informática tornam-se várias ordens de grandeza mais importnates – se não veja-se o último furto, centenas de milhões de uma só vez! – e o comum utilizador não as tem e nem sabe o suficiente.
    Junte-se a exigência energética e é óbvio que a bitcoin é um falhanço.
    O que não significa que as criptomioedas não sejam uma alternativa capapz de “disciplinar” o sistema financeiro mundial, que de momento, está nas mão de poucos.

RESPONDER

Bebé encontrado no lixo já está com uma família de acolhimento

O bebé encontrado num ecoponto, no início do mês, e que esteve até quinta-feira hospitalizado, já está com uma família de acolhimento, informou a Santa da Misericórdia de Lisboa esta sexta-feira. A instituição refere numa nota …

Fisco vai controlar declarações de IRS de beneficiários do programa "Regressar"

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai desenvolver mecanismos para verificar se os contribuintes abrangidos pelo regime fiscal do programa "Regressar" reúnem as condições exigidas, prevendo-se que parte desse controlo ocorra com a entrega da declaração …

Greta Thunberg vai de Lisboa a Madrid num carro elétrico emprestado por Espanha

A Junta da Extremadura, região espanhola, disponibilizou um carro elétrico à jovem ativista sueca Greta Thunberg para que possa viajar de Lisboa para Madrid para assistir à Cimeira do Clima respeitando o meio ambiente, adiantou …

Enfermeiros garantem voltar à luta com os 200 mil que sobraram do crowdfunding

Os enfermeiros, que no ano passado iniciaram o "Movimento Greve Cirúrgica", pretendem voltar às ações de protestos com os cerca de 200 mil euros que restaram da campanha de crowdfunding. A intenção é revelada por …

OCDE: Nova crise pode tirar metade do rendimento às famílias portuguesas

Uma nova crise económica e financeira a nível global pode ter efeitos dramáticos para as famílias portuguesas, levando à perda de metade dos seus rendimentos. Esta é a previsão da Organização para a Cooperação e …

O cofre da rica mãe, heranças às dúzias e a vida "sem luxos". O que Sócrates disse a Ivo Rosa

Foram cerca de 20 horas de interrogatório no âmbito da Operação Marquês, em que José Sócrates manteve, perante o juiz Ivo Rosa, a versão de que as avultadas quantias de dinheiro que gastou nos últimos …

Associados podem ser chamados a resolver "buraco" do Montepio

Os cerca de 630 mil associados e pensionistas da Associação Mutualista Montepio Geral correm o risco de virem a ser chamados para resolver as perdas da instituição financeira, escreve o jornal Público. De acordo com o …

Bolívia divulga vídeo que sugere que Morales incitou bloqueios à entrada de alimentos

Arturo Murillo, ministro do Governo da Bolívia, divulgou na manhã de quarta-feira um vídeo que sugere que o antigo presidente do país, Evo Morales, incitou os bloqueios à entrada de alimentos que fragiliza o país. Os …

Christine Lagarde foi conselheira de duas empresas sediadas em paraísos fiscais

Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu (BCE) desde outubro, foi conselheira de duas filiais da empresa de advocacia Baker & McKenzie (BM) entre 2003 e 2005, ambas sediadas em países considerados à data paraísos …

Provas contra Trump "são claras". "Ele usou o cargo para fins pessoais", diz Nancy Pelosi

A presidente da Câmara dos Representantes e líder da maioria democrata na câmara norte-americana, Nancy Pelosi, declarou na quinta-feira que considera já haver provas suficientes para afirmar que o Presidente deve ser destituído. Contudo, segundo avançou …