A bitcoin “é uma bolha, esquema de Ponzi e um desastre ambiental”

O presidente do Banco Internacional de Pagamentos (BIS), Agustin Carstens, afirma que as criptomoedas ameaçam transformar-se em “parasitas” do sistema financeiro.

Esta terça-feira, o presidente do Banco Internacional de Pagamentos (BIS) defendeu que os bancos centrais devem estar preparados para agir contra as criptomoedas, de forma a evitar que estas se transformem em “parasitas” do sistema financeiro.

Para Agustin Carstens, as criptomoedas são “uma combinação de bolha, esquema de Ponzi e desastre ambiental” – já que o processo de minar as bitcoins consome níveis elevado de energia – que falham a definição básica daquilo que deve ser uma moeda.

As criptomoedas, como a bitcoin, podem “levantar preocupações relacionadas com a proteção dos consumidores e dos investidores” e as autoridades responsáveis “têm o dever de educar e proteger os investidores e os consumidores e têm de estar preparadas para agir”, frisou Carstens, citado pelo Eco.

Estes “tokens digitais privados mascarados de moeda” podem “subverter a confiança” nos bancos centrais, disse o presidente do BIS, uma organização que funciona como uma espécie de banco central dos bancos centrais.

Carstens defende que tem de haver requisitos mínimos para aceder à prestação de serviços bancários e de pagamentos, sob o lema fundamental de que “para os mesmos riscos, a mesma regulação. Sem exceções permitidas”, escreve o jornal.

Em apenas um mês e meio, a bitcoin perdeu mais de 60% do seu valor, face ao máximo atingido em meados do mês de dezembro.

ZAP //

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. os “parasitas” do sistema financeiro são em simultâneo parasitas dos clientes/investidores e dos cofres do estado e chamam-se BANQUEIROS.

  2. Mais parasitas que os Bancos Centrais??? Nojentos!!!

    O problema é o pessoal não se informar sobre a verdade.

    Cada vez mais dá para perceber que estamos a enfrentar uma guerra, com um inimigo (banca + media + poderes instalados) que se quer fazer passar por salvador do universo, enquanto é ele o maior de todos os cancros.

    Isto vai muito além das criptomoedas… tem a ver com a nossa liberdade!!!

    Temos que arregaçar as mangas e lutar com todas as forças contra o sistema; e só há uma forma… passar a palavra e acordar mais pessoas, para que elas acordem outros, e por ai fora. O poder do boca a boca é imparável quando usado com objectivos honestos e concretos.

    Façam a vossa parte: Informem-se, informem outros, peçam para eles darem continuidade…

    Este vídeo explica de forma bem simples aquilo que eles não querem que a humanidade saiba: https://youtu.be/iFDe5kUUyT0

  3. Kkk, tarda para rir de uma noticia destas, estes parasitas dos bancos, estão e se borrando de medo e por isso vamos falar mau para ver se conseguimos mantra nossos “súditos” como clientes.
    É tão burro que não dar nem o que está a dizer, Bitcoin é um caminho sem volta, bancos querendo ou não, somos nós o dono do nosso dinheiro, e o bitcoin e as altcoins vieram para isso. Este gajo deveria estudar mais sobre o que bitcoin antes vomitar palavras por aí a afora!

  4. O bitcoin em si tem várias falhas internas e por isso nunca vai ser a moeda do futuro. Talvez o iota ou outra moeda de terceira geração vinguem mas o bitcoin é um fracasso.

  5. Quero ver a malta aqui falar dos bitcoins quando houver uma descarga solar daquelas a sério que está para vir. Falem depois dos bitcoins e afins

  6. Emanuel seria bom perceber o que diz sobre o Bitcoin, porque na verdade será mesmo a moeda do futuro e não só. O IOTA como fala é um token, é vista como uma crypto mas é a mesma coisa que você ter acção bancária e não uma moeda.
    O futuro já é o Bitcoin quer queira quer não, porque já existe empresas pelo mundo fora a efectuar pagamentos parciais em Bitcoin até aqui mesmo ao nosso lado ( Espanha ), agora se me disser que o ethereum pode ser a crypto sucessora ao Bitcoin aí já acredito devido à sua eficiência de transacção e ao seu reduzido consumo energético.
    IOTA, Ripple etc…, vão ser sempre visto como acções financeiras.

    Na verdade os Bancos querem ter o domínio total do dinheiro, daí a verdadeira razão de quererem descredibilizar a moeda digital. Mas se o Bitcoin caiu tudo se deve-se à China ter ordenado o encerramento das plataformas de intercâmbio, e eles são os detentores de mais de metade dos Bitcoins do planeta.
    Agora acredite que vai ouvir sempre falar mal da moeda, porque ela é uma rival do sistema financeiro no mundo inteiro, e isto não é de agora é desde 2008 quando ela foi dada a conhecer ao mundo e se perdurou estes 10 anos de existência não era agora que ela ia desaparecer.

  7. È claro que o sistema bancário está aflito.
    Mas a Bitcoin ainda não tem maturidade suficiente para ser a “definitiva”.
    Não só, as preocupações com segurança informática tornam-se várias ordens de grandeza mais importnates – se não veja-se o último furto, centenas de milhões de uma só vez! – e o comum utilizador não as tem e nem sabe o suficiente.
    Junte-se a exigência energética e é óbvio que a bitcoin é um falhanço.
    O que não significa que as criptomioedas não sejam uma alternativa capapz de “disciplinar” o sistema financeiro mundial, que de momento, está nas mão de poucos.

RESPONDER

Governos desligaram a Internet centenas de vezes em 2019

Dezenas de Governos de todo o mundo desligaram os seus países da Internet de forma intencional mais de 200 vezes durante o ano passado, afetando milhões de utilizadores, revela um novo relatório do grupo de …

Falha de protocolo do Governo americano pode ter ajudado a espalhar o coronavírus

Uma whistleblower do Departamento de Saúde e Serviços Humanos norte-americano defende que uma falha no protocolo de saúde pública pode ter levado à disseminação do coronavírus dentro do país. Uma denunciante do Departamento de Saúde e …

Coronavírus pode fazer com que Liverpool não seja campeão inglês

O Liverpool pode não se sagrar campeão inglês devido ao surto do novo coronavírus. Caso o Governo britânico suspendesse a competição, os 'reds' poderiam não ser considerados campeões. O coronavírus continua a ameaçar o mundo inteiro …

Sissoco Embaló demite primeiro-ministro e ambos falam em "golpe de Estado"

Umaro Sissoco Embaló, candidato às presidenciais dado como vencedor pela Comissão Nacional de Eleições da Guiné- Bissau, e que quinta-feira tomou posse simbolicamente como Presidente do país, demitiu hoje o primeiro-ministro guineense, Aristides Gomes. Num decreto …

"Neve sangrenta" está a cair do céu na Antártida

Nas últimas semanas, o gelo em redor da Base de Pesquisa Vernadsky da Ucrânia foi revestida com o que os investigadores chamam de "neve de framboesa". Uma publicação no Facebook do Ministério da Educação e Ciência …

Face Oculta: Sobrinho de Manuel Godinho diz que não se orgulha do que fez

O sobrinho do sucateiro Manuel Godinho, principal arguido do processo Face Oculta, disse hoje estar arrependido do que fez quando trabalhava para o tio nos negócios da gestão de resíduos. “Não me orgulho nada daquilo que …

Há uma "Greta" que nega as alterações climáticas: Naomi Seibt

Naomi Seibt é uma jovem alemã de 19 anos que é a voz dos negacionistas das alterações climáticas. As comparações com Greta Thunberg são inevitáveis. Greta Thunberg tem sido provavelmente a voz mais ativa no que …

Alcochete. Mustafá sai em liberdade e Bruno de Carvalho conta a sua versão

O líder da claque sportinguista Juventude Leonina, Nuno 'Mustafá' Mendes saiu em liberdade e Bruno de Carvalho diz que o "colocaram do lado errado da barricada". O coletivo de juízes que está a julgar o caso …

Ángel ajudou a esposa a morrer. Agora, doou toda a sua herança à investigação

Ángel Hernández, o homem que ajudou a sua mulher a pôr fim à vida há dez meses, em Espanha, decidiu doar a herança da sua esposa (300.000 euros) para o estudo da esclerose múltipla progressiva, …

BCP ficou com herdade de João Moura (onde galgos foram encontrados por "mero acaso")

A herdade de João Moura, onde foram encontrados 18 galgos com sinais de subnutrição, ficou para o BCP num processo de insolvência do cavaleiro, servindo para pagar dívidas que mantinha a esta instituição e a …