//

Galp multada em Espanha por manipular preços do gás

2

José Sena Goulão / Lusa

A Comissão Nacional dos Mercados e da Concorrência (CNMC) multou a Galp Gas Natural SA por “manipulação do mercado de gás natural”. A coima é de 80 mil euros.

A Comissão Nacional dos Mercados e da Competência (CNMC) multou a Galp Gas Natural, empresa da Galp Energia, por manipulação do mercado organizado de gás, uma infração considerada grava. A coima aplicada à petrolífera nacional é de 100 mil euros, mas a Galp teve um desconto de 20% por ter pago voluntariamente.

De acordo com o Observador, o processo está relacionado com atividades no mercado em janeiro do ano passado. “Nos últimos segundos de negociação do produto [gás natural] com entrega no dia seguinte, [a Galp Gas Natural] comprou mínimas quantidades de gás, que fixaram o último preço diário num nível artificialmente alto“.

No comunicado divulgado no site da CNMC, é adiantado que, ao fazer essa negociação nos últimos segundos, a Galp “atuou de forma contrária à posição vendedora que tinha, nesse dia, no produto”.

“Concretamente, comprou segundos antes do fecho da sessão a um preço que não tinha lógica económica, tendo em conta as transações de venda fechadas minutos antes”, explica o regulador espanhol.

A operação aconteceu apenas três segundos antes do fecho da negociação do mercado, marcando um preço do produto diário acima do resto dos preços de referência.

Desta forma, esta manipulação resultou numa coima de 100 mil euros à empresa, mas “a quantia da multa foi reduzida em 20%, sobre a coima referida, por ter voluntariamente paga pela Galp Gas Natural”.

Segundo o Eco, foi também multada a Multienergía Verde, comercializadora de luz e gás, por motivo semelhante, tendo sido aplicada uma coima de 120.000 euros, por “manipulação e tentativa de manipulação do mercado de gás”.

  ZAP //

2 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE