Se não gosta de ouvir galos a cantar, não visite a vila espanhola de Ribadesella

molisantaelena / Flickr

Vila espanhola de Ribadesella

A vila espanhola de Ribadesella, nas Astúrias, está cheia de cartazes que alertam os turistas que não são fãs da vida rural de que “podem não estar no lugar certo”.

Há turistas que não gostam do zurro dos burros; outros que ligam para as autoridades para se queixarem da confusão deixada para trás quando as vacas passam. “Na semana passada, uma senhora ligou-nos três ou quatro vezes por causa de um galo que a estava a acordar às 5 da manhã”, contou o autarca Ramón Canal, citado pelo The Guardian.

As autoridades da vila espanhola decidiram entrar em ação e fazer alguma coisa para resolver o problema. Mas não era exatamente aquilo que os visitantes estavam à espera: cartazes espalhados por Ribadesella que instam os turistas a “assumir todos os riscos” da vida rural.



“Aqui temos sinos de igreja que tocam regularmente, galos que cantam de manhã cedo e rebanhos de gado que vivem nas proximidades e que, muitas vezes, carregam sinos que também fazem barulho”, lê-se no cartaz.

“Se não consegue lidar com tudo isso, pode não estar no lugar certo.”

De acordo com o diário britânico, o objetivo da campanha é colmatar a lacuna de conhecimento que existe entre a vida urbana e rural. “É preciso perceber que o leite não vem em caixas de cartão, vem de vacas, e que é preciso alimentá-las e mantê-las“, disse o presidente da Câmara à emissora espanhola Antena 3.

Os cartazes foram inspirados numa iniciativa do género que Saint-André-de-Valborgne, no sul de França, adotou há cerca de dois anos.

Em maio, ficou conhecido o caso de Karin Pfeifer-Rockenfeller, uma agricultora alemã que está a lutar pelo direito de o seu galo cantar, num processo judicial que reforçou os apelos para que os sons da vida rural sejam protegidos como património nacional.

Também há dois anos, os donos de uma casa de férias na ilha francesa de Oléron queixaram-se de que o galo Maurice cantava cedo demais. Mas o tribunal decidiu que o “símbolo da França rural” pode cantar quando lhe apetecer.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Guerra das matrículas" faz escalar tensão entre Sérvia e Kosovo

Esta semana, a fronteira entre o norte do Kosovo e a Sérvia esteve bloqueada por protestos de elementos da etnia sérvia, que não aceitam a decisão do governo kosovar, de etnia albanesa, de proibir a …

Num golpe de "fake it until you make it", Hong Kong vai a eleições a saber o vencedor

Hong Kong prepara-se para as primeiras eleições legislativas após as mudanças no sistema eleitoral implementadas pela China para garantir a vitória dos seus aliados. Aos olhares mais desatentos, as eleições em Hong Kong são mais um …

Stefano Pioli propõe regra de basquetebol que contribui para um "futebol de ataque"

O treinador do Milan, Stefano Pioli, propõe uma alteração nas regras do futebol que promete revolucionar o desporto rei. De forma semelhante ao basquetebol, uma vez dentro do meio campo adversário, as equipas não poderiam voltar …

Um dos maiores sites de dados sobre a covid-19 na Austrália é, afinal, gerido por adolescentes

Aproveitando o momento em que passaram a integrar as estatísticas que os próprios fazem chegar diariamente à população australiana, o grupo de três jovens revelou a sua identidade para surpresa de muitos dos seus seguidores. …

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …

Dirigente da Huawei detida no Canadá pode voltar à China após acordo com EUA

A justiça dos EUA aceitou hoje o acordo entre o Departamento da Justiça e a Huawei, que vai permitir à filha do fundador e diretora financeira do conglomerado chinês de telecomunicações regressar à China. Uma juíza …

Depois do coro de críticas, brasões da Praça do Império passam do jardim para a calçada

Os brasões florais que representam as capitais de distrito e as ex-colónias portuguesas vão mesmo ser retirados da Praça do Império, em Lisboa, mas passarão a estar representados em pedra da calçada. É a solução …

Vulcão, La Palma

Aeroporto de Las Palmas inoperacional devido à acumulação de cinzas

O aeroporto de La Palma, na Ilha de Tenerife, nas Canárias, está inoperacional por acumulação de cinzas, resultante da erupção do vulcão Cumbre Vieja, informou hoje a empresa gestora dos aeroportos e do tráfego aéreo …

Siza Vieira reforça que é "trabalho" dos Bancos discutir com os clientes o reembolso das moratórias

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, reforça que cabe aos Bancos "discutir com os seus clientes que têm moratórias nos sectores mais afectados" pela pandemia o reembolso das dívidas após o fim destes mecanismos …

Domingos Soares de Oliveira de saída do Benfica

Além de João Varandas Fernandes e José Eduardo Moniz, o administrador Domingos Soares de Oliveira também não vai integrar a lista de Rui Costa para as próximas eleições. Rui Costa confirmou na terça-feira que é candidato …