57 anos depois, G3 diz adeus ao Exército

Esta segunda-feira é apresentada a SCAR-L, a arma ligeira do Exército que vai substituir a espingarda automática G3, introduzida em 1962.

Em setembro de 1962, saíram da Fábrica de Braço de Prata, em Lisboa, as primeiras unidades da espingarda automática G3, a arma da velha-guarda que serviu o esforço de guerra em Angola.

Agora, volvidos 57 anos, o Exército anuncia o seu fim e apresenta, esta segunda-feira, a sua sucessora: a belga SCAR-L.

A arma alemã que acompanhou os militares portugueses na guerra colonial, no 25 de abril nos Balcãs, Afeganistão, Timor ou na República Centro Africana diz adeus. A escolha da nova arma coube à NSPA, central de compras da NATO, e o negócio de 42 milhões de euros foi fechado no início deste ano, prevendo não só a aquisição de 15 mil espingardas automáticas, mas também 2 mil lança-granadas, 550 espingardas de precisão, 1400 metralhadoras ligeiras e médias e novas óticas.

Segundo o Expresso, o novo armamento vai permitir a modernização das unidades de elite e operacionais do Exército, assim como o alinhamento de calibre de Portugal com os outros países da NATO.

A substituição da G3 obriga a um novo manual de ordem unida – movimentos que os militares fazem com a arma quando estão em marcha ou parada – ou de novas tabelas de tiro. Por isso, a receção da SCAR-L está a ser preparada ao pormenor por um Grupo de Trabalho, que está também a definir o processo de abate das G3.

A emblemática arma acaba no Exército, mas mantém-se na Marinha e Força Aérea.

ZAP //

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. … … “espingarda automática G3, a arma da velha-guarda que serviu o esforço de guerra em Angola.”… … Rectifico: eu também a usei assim como muitos camaradas na Guiné-Bissau. E penso que em Moçambique, no final dos anos 60, também era a arma utilizada pelo exército. Era a minha amante dado que até dormia (com um olho aberto e outro fechado), ao meu lado.

    • …este agora queria que Portugal, membro da maior aliança militar do mundo, ficasse com o armamento do Exército obsoleto até obter a cura de uma doença incurável… Uma das doenças incuráveis, é a demência! Nota-se!

  2. Agradeço ao ZAP a colocação do texto que define as regras de submissão de comentários, algo que eu já havia investigado anteriormente por mim. Espero também que desta forma, se evitem as confusões de comentários totalmente inóquos que são bloqueados sem que estejam a infringir quaisquer regras.

    Escusado será argumentar que o ZAP é que é o dono do site e que pode fazer o que bem entender. Poder não é dever. E se o ZAP pode censurar o que quer porque tem as ferramentas pra isso, por outro lado não o deve fazer, sempre que as regras do site estejam a ser respeitadas. Os leitores/comentadores/utilizadores do site são o que garante o tráfego que por sua vez permite que o ZAP ganhe dinheiro com publicidade. Devem ser tratados com a respectiva consideração.

    Obrigado,
    Miguel

  3. Quando fiz a tropa obrigatória, em 1991, já estava prevista a sua substituição em breve! (quase 30 anos…)
    Lembro-me de uma pergunta ao sargento: o ajuste da mira só vem até 100 m, o que fazemos se o inimigo estiver a menos de 10 metreos?- Resposta: larga a G3 e foge!
    Esta arma era boa para combate à distância, em terreno aberto, nada válida para a maioria dos conflitos atuais.

    • Resposta errada! Estive no mato ano e meio e quando o IN estava a 10 metros era tiro instintivo a nível da anca… Fazer pontaria??? Isso só na carreira de tiro… E também não creio que esse sargento tivesse dito isso… Enfim…

    • Eu disse 1991! Nessa altura já não estávamos em África e o combate era mais próximo. A conversa com o sargento estava a ser sobre a G3 já não ser uma boa arma e que ia ser substituida em breve. Foi nesse contexto que ele falou, na brincadeira, em largar a arma e fugir!
      Tiors institivos salvam-nos a vida! mas se eu tivesse o inimigo a 10 m preferia mil vezes ter uma Uzi do que a G3! Claro que se ele estivesse a 100 m preferia ter uma G3 do que a Uzi pela precisão de tiro!
      Esse meu sargento foi no primeiro contingente para a Bósnia e sabia bem do que falava.

Responder a MM Cancelar resposta

Autarca de Cascais associa festa privada de luxo a “número muito expressivo” de casos

O presidente da Câmara Municipal de Cascais associou este sábado uma festa privada, organizada num clube de luxo na Avenida de Liberdade, a "um número muito expressivo de casos" registado no concelho. "A festa de aniversário …

João Almeida acaba em 4.º e faz história no Giro. É o melhor português de sempre na prova

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) subiu este domingo ao quarto lugar final da 103.ª edição da Volta a Itália em bicicleta, no contrarrelógio da 21.ª etapa, que 'coroou' o britânico Tao Geoghegan Hart (INEOS). O português …

Santo Stefano paga 8.000 euros por ano a quem quiser viver na vila medieval italiana

Santo Stefano di Sessanio, uma vila medieval em Abruzzo, uma região no lado leste do centro-sul da Itália, está disposta a pagar a quem quiser mudar-se e começar um negócio nesta pequena localidade. Uma pequena vila medieval …

Portugal com mais 19 mortos e 2.577 casos confirmados

Portugal contabiliza este domingo mais 19 mortos relacionados com a covid-19 e 2.577 casos confirmados de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o boletim este …

Espanha decreta novo estado de emergência. Durará seis meses e terá recolher obrigatório

O Governo de Espanha aprovou este domingo o estado de emergência sanitária que permitirá a instauração do recolher obrigatório em todo o país para travar a de casos do novo coronavírus, anunciou o primeiro-ministro. O estado …

CDS quer saber se proibição de deslocações entre concelhos exclui assistir a espetáculos

O grupo parlamentar do CDS-PP questionou este sábado o Governo se a proibição de deslocações durante o fim de semana dos Fiéis Defuntos exclui deslocações para assistir a espetáculos culturais, querendo saber como justifica a …

Pandemia "roubou" dez anos à almofada financeira das reformas

O jornal Público escreve este domingo que dez meses de pandemia foram o suficiente para encurtar em uma década o prazo previsto até ao esgotamento do fundo que serve de almofada financeira para o sistema …

Chicago tem a maior praga de ratos dos Estados Unidos (pelo 6.º ano consecutivo)

Chicago, a cidade mais populosa do estado do Illinois, é, pelo sexto ano consecutivo, aquela que tem a maior praga de ratos dos Estados Unidos. Uma empresa de controlo de pragas garante receber mais chamadas …

Presidente da Samsung morre aos 78 anos

O presidente da Samsung Electronics, Lee Kun-hee, morreu este domingo aos 78 anos, disse o grupo sul-coreano em comunicado. Lee, que transformou o grupo num gigante global das telecomunicações, estava acamado desde um ataque cardíaco em …

Chuva de críticas à F1 em Portimão. Organização promete expulsar quem não cumprir distanciamento

Fotografias das bancadas da Fórmula 1 em Portimão começaram a correr este sábado nas redes sociais, gerando alguma polémica e descansando uma série de críticas, uma vez que as bancadas pareciam ter mais público do …