Conselho científico francês propõe redução da quarentena para metade

Manuel de Almeida / Lusa

O ministro da Saúde francês anunciou, esta terça-feira, que o conselho científico francês recomendou que o período para a quarentena seja reduzido.

Para as pessoas que testam positivo ou que são contactos de casos positivos, a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda 14 dias de quarentena. Agora, a França admite reduzir estes dias para metade.

De acordo com o jornal Le Fígaro, Olivier Véran, ministro da Saúde francês, disse ainda que esta medida será decidida na próxima sexta-feira, durante o conselho de Defesa.

“Nós somos mais contagiosos nos primeiros cinco dias depois dos sintomas ou depois do teste positivo. E depois esta contagiosidade diminui muito significativamente, e depois de uma semana permanece muito fraca”, disse o governante, citado pelo Expresso.

Véran, que admitiu também que “uma grande parte dos franceses não respeita a quarentena”, defendeu que esta nova medida nada tem a ver com questões económicas.

A França tem vindo a registar um aumento imponente de casos. “Temos um aumento no número de novos casos por semana de 30% e de 15% no que toca a internamentos por semana”, disse o especialista Antoine Fontanet ao The Guardian. “Se este ritmo se mantém, chegaremos a uma situação crítica em várias regiões de França, em dezembro.”

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. É isto que acontece quando a ciência é gerida por políticos inábeis no poder. Chamem-lhe “vintena” e rezem para que tudo corra bem…

RESPONDER

Dizer que MAI autorizou festejos do Sporting é "delírio"

Esta sexta-feira, no Funchal, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, voltou a distanciar-se do modelo adotado pelo Sporting para os festejos do campeonato. Os festejos do Sporting, do passado dia 11 de maio, não cumpriram …

"Não tem emenda." PSD e Bloco de Esquerda criticam relatório do Novo Banco

O Bloco de Esquerda defende que a versão entregue do relatório da comissão do Novo Banco, redigida por um deputado do PS, tem uma "parcialidade evidente" a favor do Governo. O PSD diz que "não …

Frederico Morais falha Jogos Olímpicos. Testou positivo à covid-19

O português Frederico Morais vai falhar a estreia do surf nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, por estar infetado pelo novo coronavírus, informou esta sexta-feira o Comité Olímpico de Portugal (COP). O surfista natural de Cascais, de 29 …

Governo propõe que todas as freguesias possam ter pelo menos um autarca a meio tempo

O Governo aprovou uma proposta para que todas as freguesias do país possam ter um autarca a meio tempo independentemente da sua dimensão, anunciou esta sexta-feira a ministra da Modernização do Estado, que tutela as …

Espanha vai administrar terceira dose da vacina

Espanha anunciou esta sexta-feira que será administrada uma terceira dose da vacina contra a covid-19, embora ainda não haja data prevista. Carolina Darias, ministra da Saúde espanhola, anunciou esta sexta-feira que será administrada uma terceira dose …

Portugal com mais 3.794 casos de covid-19 e 16 mortes

Portugal registou, esta sexta-feira, 3.794 novos casos e 16 mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o …

Deputada expulsa do parlamento britânico por chamar “mentiroso” a Boris Johnson

A deputada do Partido Trabalhista, Dawn Butler, foi esta quinta-feira expulsa da Câmara dos Comuns, a câmara baixa do Parlamento britânico, por chamar "mentiroso" ao primeiro-ministro, Boris Johnson. Butler foi expulsa pela presidente adjunta temporária, Judith …

UGT dispara contra o Governo. "Exemplo vem sempre de quem está no topo"

Numa carta aberta ao primeiro-ministro, a UGT criticou a atitude de vários ministros, a destruição de milhares de postos de trabalho durante a pandemia e alertou para a suspeita de existir cartelização entre os grandes …

Greve de fome de 470 pessoas em Bruxelas termina 60 dias depois

Em Bruxelas, mais de 470 pessoas deram por terminada uma greve de fome que durou dois meses. O governo belga disse que não pode ceder a chantagens e saudou a boa decisão. Nos últimos dois meses …

Estados Unidos anunciam novas sanções a Cuba. “É apenas o início”

Sanções dos Estados Unidos a Cuba têm como objetivo castigar “os indivíduos responsáveis pela opressão da população cubana”. Ministro dos Negócios Estrangeiros cubano, numa reação, fala em medidas "sem fundamento e caluniosas" e pede que …