França lança “guerra cultural” contra o sexismo

presidenciaperu / Flickr

O presidente da França, Emmanuel Macron

O Governo do Presidente Emmanuel Macron prepara uma “guerra cultural” contra o sexismo e a violência sexual contra mulheres em França, num pacote de medidas que inclui desde mudar a educação nas escolas a facilitar o caminho para vítimas de abuso irem à polícia.

“A nossa sociedade está cansada de sexismo“, afirmou Emmanuel Macron, num discurso em Paris, este sábado, Dia Internacional para Eliminação da Violência contra as Mulheres. “França não pode ser mais um desses países onde as mulheres têm medo”.

Desde que chegou ao poder, o Presidente prometeu fazer da igualdade de género uma prioridade. O ponto central da campanha: vítimas de abusos, violência e discriminação de género têm de se sentir seguras para denunciar, escreve o Deutsche Welle.

A partir deste fim-de-semana, começaram a ser veiculadas propagandas contra o sexismo e violência sexual por todo o país. O objetivo é estabelecer uma mudança comportamental, numa campanha publicitária semelhante às usadas, por exemplo, para alertar contra a condução sob efeito de álcool ou contra fumar.

Em setembro do próximo ano, as escolas francesas vão começar a ensinar crianças sobre a realidade e os perigos da pornografia e da discriminação de género. Os professores e os pais serão também mais bem preparados para lidar com o tema. A primeira-dama, Brigitte Macron, estará pessoalmente envolvida no projeto.

O governo planeia também permitir que vítimas de abuso e assédio sexual façam uma denúncia inicial pela Internet, antes de se dirigirem à polícia. As vítimas poderão ir ao hospital e ter provas do crime denunciado armazenadas, antes de decidirem levar o caso às autoridades.

Além disso, em 2018,  será levado ao Parlamento um projeto de lei para elevar o período de prescrição de violências sexuais contra menores de idade. Em vez dos 20 anos atuais, uma criança vítima de abuso sexual teria três décadas para denunciar o crime, sem que este prescreva.

Outro pilar do projeto será definir uma idade-limite abaixo da qual não se pode considerar que uma criança consentiu um ato sexual. A idade deve ser fixada em 15 anos – atualmente não há uma lei específica sobre o tema em França.

O caso passou a ser discutido depois da controversa decisão de um tribunal francês de processar um homem de 28 anos que teve relações sexuais com uma menina de onze anos por infração sexual, delito passível de cinco anos de prisão, e não por abuso – que é punido com 20 anos de prisão.

Estima-se que mais de 225 mil mulheres tenham sido vítimas de abuso físico ou sexual pelos seus parceiros no ano passado. Mas apenas uma em cada cinco fez uma denúncia às autoridades.

PARTILHAR

RESPONDER

BMW vai começar a cobrar mensalidade pelo smart cruise e aquecedores de assentos

A BMW vai começar a cobrar uma mensalidade ou anuidade aos condutores por várias funcionalidades opcionais dos seus automóveis. Smart cruise, faróis inteligentes e aquecedores de assentos são algumas funções que passarão a ser cobradas periodicamente …

Uma boa higiene oral ajuda a travar a covid-19. Os especialistas explicam porquê

Especialistas espanhóis defendem que uma boa higiene oral ajuda a travar a covid-19, uma vez que o novo coronavírus se concentra inicialmente no nariz e boca, sendo também expelido através destas vias. "Na fase inicial …

"Muito angustiado". Papa diz sofrer com a transformação de Santa Sofia em mesquita

O Papa Francisco afirmou este domingo estar "muito angustiado" com a conversão, decidida pela Turquia, da antiga basílica de Santa Sofia numa mesquita, após a oração dominical do Angelus. “O mar leva o meu pensamento um …

Gestor de ativos norte-americano diz que o ouro é o "verdadeiro bitcoin" (e explica porquê)

Um gestor de ativos norte-americano disse, em entrevista à CNBC, que acredita que o outro é o "verdadeiro bitcoin" - e explicou porquê. O preço do ouro, "investimento-refúgio" racional para investidores em tempos de crise …

Fortuna de Jeff Bezos não pára de engordar. Acabou de atingir um novo recorde

A fortuna do fundador e CEO da Amazon, Jeff Bezzos, acaba de quebrar um novo recorde ao atingir os 182,6 mi milhões de dólares. Os números foram avançados esta semana pela revista Forbes, que detalha que …

Portugal não pode chegar ao inverno com a situação atual, alerta epidemiologista

Portugal corre o risco de não conseguir responder a um ressurgimento de casos de covid-19 no inverno, afirmou este sábado o médico de Saúde Pública Ricardo Mexia, considerando que o país não pode chegar a …

Pela primeira vez, nasceu um raro par de elefantes gémeos no Sri Lanka

Um raro par de elefantes gémeos foi encontrado num parque nacional no Sri Lanka. É a primeira vez que o país regista crias gémeas, que são extremamente raros em elefantes. Os dois animais, que terão entre …

Teste aos forcados e lotação reduzida. Publicadas as novas regras para as touradas

A temporada taurina retoma com praças com lotação de 50%, uma reivindicação do sector que viu este sábado ser publicada pela Inspeção-Geral das Atividades Culturais (IGAC) uma acualização às normas discutidas com a DGS. “O que …

Trump propôs "vender" Porto Rico após a passagem do furacão Maria, revela ex-funcionária

Elaine Duke, ex-secretária adjunta de Segurança Interna do presidente dos EUA disse que Donald Trump propôs "alienar" ou "vender" a Comunidade de Porto Rico depois de a ilha ser atingida pelo furação Maria, em 2017. "As …

Catarina Martins atira-se a Rio. Líder do PSD está a fazer "um favor" a Costa no fim dos debates

A coordenadora do Bloco de Esquerda fez este sábado um duro ataque ao líder do PSD, que acusou de fazer um favor ao primeiro-ministro. Catarina Martins considerou “extraordinário” que o líder do maior partido da oposição …