França evita novo atentado e faz sete detidos

O Ministro do Interior francês anunciou esta segunda-feira que foi evitado um novo atentado no país e que sete pessoas foram detidas durante o fim-de-semana. Os suspeitos planeavam atacar o mercado de Natal de Estrasburgo e uma esquadra da polícia.

Segundo o 20 minutes, o ministro do Interior Bernard Cazeneuve anunciou que sete pessoas foram detidas no fim-de-semana nas cidades de Estrasburgo e Marselha.

De acordo com o governo, os detidos planeavam um atentado contra o famoso mercado de Natal de Estrasburgo, que anualmente recebe mais de dois milhões de pessoas. O mercado de Natal ocorre todos os anos e a edição de 2016 começará na próxima sexta-feira.

Além deste, outro possível alvo de atentado seria uma esquadra da polícia.

Os detidos são de origem francesa, marroquina e afegã e têm idades compreendidas entre os 29 e os 37 anos. Seis dos detidos eram desconhecidos dos serviços secretos franceses, enquanto um cidadão marroquino estava assinalado “por um país parceiro”.

A operação foi realizada no âmbito de uma investigação que durava há oito meses, no âmbito das investigações iniciadas antes da Euro 2016.  As autoridades francesas monitorizavam os suspeitos há semanas e constataram que estavam “nervosos” e “ansiosos” para receberem um “carregamento de armas”.

De acordo com o jornal Le Parisien, citado pela agência Ansa, os detidos em Estrasburgo conheciam um dos detidos em Marselha porque tinham voltado juntos da Síria. O grupo também tinha contacto com os terroristas que atacaram a casa de espetáculos Bataclan durante os atentados do Estado Islâmico em 13 de novembro de 2015, em Paris.

Segundo Bernard Cazeneuve, “nunca a ameaça terrorista foi tão elevada” no território francês. “O risco zero de atentados não pode ser garantido nunca. Quem garante isso mente aos franceses. Fazemos de tudo, a todo momento, para prevenir estas ameaças e proteger nossos cidadãos”, afirmou o ministro.

No passado dia 13, assinalou-se um ano dos atentados em Paris, que provocaram a morte de 130 pessoas.

As últimas detenções fazem subir para 418 o número de indivíduos interpelados por relação com redes terroristas desde o início do ano, precisou Bernard Cazeneuve.

Apenas desde 1 de setembro, foram detidas 143 pessoas, 52 foram presas e 21 colocadas sob controlo judicial.

O governo anunciou recentemente que vai pedir um novo prolongamento do estado de emergência, em vigor em França desde novembro de 2015, pelo menos até às eleições presidenciais da primavera de 2017.

ZAP / Lusa / ABr

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

"DeepNude". Inteligência Artificial "tirou a roupa" a mulheres nas redes sociais

A empresa de informação Sensity alertou que mais de 100 mil imagens foram carregadas para um canal de Telegram onde um bot "tirou a roupa" de mulheres. A empresa de segurança Sensity revelou recentemente que existe …

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …