França. Direita tentou impedir que Greta Thunberg discursasse no Parlamento

Ian Langsdon / EPA

A jovem sueca Greta Thunberg foi convidada a discursar no Parlamento francês e deixou uma mensagem aos críticos: “Não são obrigados a ouvir-nos, afinal somos crianças. Mas devem ouvir a ciência”.

Um grupo de deputados franceses convidou Greta Thunberg a discursar no Parlamento francês, mas o convite despertou a fúria de conservadores e de extrema-direita, que se aliaram num apelo ao boicote e a denunciaram como “profetisa do apocalipse de calções”.

A jovem ativista não cedeu a pressões e discursou esta terça-feira na Assembleia Nacional, em Paris, para denunciar que os “Governos têm feito muito pouco tempo para encontrar uma solução” para o aquecimento global, que ameaça a “sobrevivência da Humanidade”.

Greta não discursou no hemiciclo, mas sim numa outra sala para quem a quis ouvir e deixou um aviso: “Alguns decidiram não vir, alguns optaram por não nos ouvir. Muito bem. Mas terão de ouvir a ciência. É tudo o que pedimos, que nos unamos em torno da ciência”.

Recebemos quantidades inimagináveis de ódio e ameaças por nos limitarmos a citar números, factos científicos. Somos ridicularizados e deputados e jornalistas mentem-nos”, disse ainda jovem sueca, citada pelo Público.

Greta Thunberg foi convidada por 162 deputados franceses do grupo interpartidário ambientalista “Vamos Acelerar”, e os seus críticos não tardaram a denunciá-la como “profetisa do apocalipse” e de estar ao serviço do capitalismo verde.

Guillaume Larrive, deputado francês e um dos candidatos à liderança do partido de centro-direita Os Republicanos, escreveu no Twitter: “Apelo aos meus colegas para boicotarem Greta Thunberg. Não precisamos de profetisas do apocalipse para combater as alterações climáticas de forma inteligente”.

Julien Aubert, outro candidato à liderança partidária, disse: “Não contem comigo para ir e aplaudir uma profetisa do apocalipse, a Prémio Nobel do Medo”.

De acordo com o diário, uma aliança entre conservadores e extrema-direita tomou forma. Jordan Bardella, de 23 anos, eurodeputado da União Nacional de Marine Le Pen acusou a jovem no canal France2 de ter uma “abordagem derrotista”. “Usar crianças para passar uma mensagem fatalista sobre o mundo em chamas, deixar a escola e entrar em greve, é uma abordagem profundamente derrotista.”

Mas há também quem saia em sua defesa. É o caso de Olivier Faure, deputado e primeiro secretário do Partido Socialista francês: “A raiva devia estar a afetar-nos a todos. Não precisamos de um boicote, pelo contrário, devíamos aplaudir e dizer que não estamos a fazer o suficiente. Esta jovem mulher tem desempenhado um papel extraordinário de consciencialização na Europa, mesmo no mundo”.

“Temos de acreditar que estamos numa situação dramática e até trágica por os jovens estarem mais atentos que muitos políticos”, disse ainda a deputada Delphine Batho, presidente do Geração Ecológica.

A maioria dos deputados que apoiaram a intervenção de Greta Thunberg no Parlamento francês pertence ao República em Marcha do Presidente francês, Emmanuel Macron, que tem tentado convencer os eleitores mais jovens de que é um campeão na luta contra as alterações climáticas.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Como produtos de exportação". Filipinas querem trocar os seus enfermeiros por vacinas da Europa

As Filipinas estão a pedir ao Reino Unido e à Alemanha que forneçam centenas de milhares de vacinas contra a covid-19 em troca do envio de enfermeiros filipinos para ajudar na linha de frente da …

Despacho da ACT limita capacidade de intervenção dos inspetores do trabalho

Um despacho assinado pela inspetora-geral da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) está a limitar a capacidade de intervenção dos inspetores. A notícia é avançada esta quarta-feira pelo Jornal de Negócios, que escreve que o …

Só muda o preâmbulo. Decreto do novo estado de emergência já seguiu para o Parlamento

O novo decreto do estado de emergência já seguiu para o Parlamento. Marcelo Rebelo de Sousa só mudou o preâmbulo do documento. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, publicou esta quarta-feira o decreto do …

Governo já está a desenhar um plano de desconfinamento. Rio quer desconfinar por regiões ou concelhos

Depois de uma primeira ronda de audiências, onde anunciou que o decreto do novo estado de emergência será igual ao da última quinzena, Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, esta quarta-feira, o Bloco de Esquerda, o …

Serviços de inteligência desvalorizaram ameaça de invasão ao Capitólio

Os serviços de inteligência dos Estados Unidos subestimaram o perigo de invasão ao Capitólio, admitiram vários responsáveis durante uma audiência no Senado, realizada esta terça-feira. Depois da absolvição do antigo Presidente dos Estados Unidos, que estava …

Polícias que prestam serviço no 112 não recebem subsídio desde setembro

Os agentes e militares que fazem a triagem das chamadas do 112 não auferem a gratificação mensal pelo serviço prestado ao Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) desde setembro do ano passado. Segundo o Jornal de Notícias, …

Contrariando ordem judicial, Malásia deportou mais de mil pessoas para Myanmar

A Malásia entregou 1086 cidadãos que tinham fugido de Myanmar aos militares que organizaram o golpe de Estado de 01 de fevereiro, estando entre esses requerentes de asilo já registados oficialmente junto da Organização das …

Assassino da jornalista Daphne Caruana Galizia condenado a 15 anos de prisão

Vincent Muscat, um dos três homens acusados do assassínio, em outubro de 2017, da jornalista anticorrupção de Malta Daphne Caruana Galizia, foi condenado a uma pena de 15 anos de prisão pelo tribunal da La …

Venezuela avisa embaixadora da UE : tem 72 horas para abandonar o país

Isabel Brilhante Pedrosa, embaixadora da União Europeia, foi declarada persona non grata pelo Governo venezuelano e deverá abandonar o país. O Governo venezuelano notificou, esta quarta-feira, a embaixadora da União Europeia (UE), a portuguesa Isabel Brilhante …

Diplomacia da vacina. Israel doa doses à República Checa, que prometeu abrir representação diplomática em Jerusalém

A República Checa, que prometeu abrir representação diplomática em Jerusalém, já recebeu as vacinas de Israel. De acordo com o Público, Israel doou vacinas à República Checa, que prometeu abrir uma representação diplomática em Jerusalém; à …