Forças Armadas alemãs consideram recrutar cidadãos da União Europeia (mas não para combater)

7armyjmtc / Flickr

General Eberhard Zorn

As Forças Armadas alemãs estão a ponderar a hipótese de recrutar especialistas de outros países da União Europeia face à falta de candidatos.

As Forças Armadas da Alemanha consideram a hipótese de recrutar especialistas de outros países da União Europeia face à falta de candidatos, adiantou esta quinta-feira o chefe do Estado Maior. O serviço militar obrigatório deixou de o ser há mais de sete anos, mas o inspetor-geral do Exército diz agora que falta pessoal especializado, o que pode levar o país a contratar funcionários de outros países europeus.

“As Bundeswehr (forças armadas) precisam de pessoal, devemos olhar em todas as direções num período de escassez de trabalhadores qualificados”, afirmou o general Eberhard Zorn ao grupo de jornais regionais Funke Mediengruppe.

Segundo o militar, o recrutamento de especialistas estrangeiros europeus, nomeadamente médicos ou engenheiros, constitui “uma opção” encarada pelo exército alemão. Tal implicará uma modificação da lei alemã, de acordo com a qual um soldado das forças armadas deve ter nacionalidade alemã.

A mesma ideia foi sustentada pelo comissário parlamentar das Forças Armadas alemãs, o social-democrata Hans-Peter Bartels, segundo o qual “muitos soldados têm origem estrangeira ou dupla nacionalidade”. “As Bundeswehr não seriam uma exceção, pois temos há muito cidadãos europeus que trabalham na polícia alemã”, assinalou.

Segundo o grupo de media, o Governo alemão já terá sondado os seus parceiros europeus sobre a questão. A República Checa, a Suécia, a Bélgica e a Dinamarca não estarão contra, mas a França terá mostrado reservas.

A Bulgária, a Roménia, a Eslovénia e a Grécia terão, por seu turno, expressado dúvidas, receando que os seus potenciais soldados sejam atraídos por um salário mais elevado na Alemanha. “É claro que devemos garantir que não entramos em concorrência com os nossos homólogos europeus”, disse Zorn.

Às forças armadas interessariam prioritariamente os cidadãos europeus que já vivem na Alemanha.

Os candidatos deverão falar alemão, apresentar uma declaração atestando ausência de antecedentes criminais e declarar a sua lealdade ao Estado alemão, segundo o Funke Mediengruppe.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cães treinados para proteger animais selvagens salvam 45 rinocerontes

Há inúmeras razões que explicam o motivo pelo qual os cães são conhecidos como o melhor amigo do Homem. Além de leais e inteligentes, dão sempre o corpo às balas, mesmo nos piores momentos. Quarenta e …

Fez-se história. Foguetão da SpaceX lançado com sucesso rumo à EEI

O primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, levando a bordo dois astronautas foi lançado este sábado na presença do Presidente do Estados Unidos, Donald Trump. O lançamento decorreu …

"A Rússia não permitirá a privatização da Lua", avisa Roscosmos

A Rússia não permitirá a privatização da Lua, independentemente de quem avance a iniciativa, avisou o chefe da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitri Rogozin, em entrevista ao jornal Komsomólskaya Pravda. "Não permitiremos que ninguém privatize a …

Plataforma flutuante extrai energia das ondas, do vento e do Sol

A empresa alemã Sinn Power criou uma plataforma marítima flutuante capaz de gerar energia renovável a partir de ondas, vento e energia solar. A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das …

Balneários proibidos e 3 metros de distância. As regras da DGS para a prática de exercício físico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda uma distância mínima de três metros entre pessoas que pratiquem exercício físico, no âmbito das medidas de prevenção da pandemia de covid-19. A orientação, intitulada “Procedimentos de Prevenção e Controlo …

Astronautas da NASA já se preparam para voo histórico a bordo do foguetão da Space X

Dois astronautas da NASA já estão a equipar-se para o lançamento histórico de um foguetão concebido e construído pela empresa SpaceX, de Elon Musk, apesar de as previsões meteorológicas indicarem mais tempestades. Com o voo já …

Há dez anos, Portugal adotou a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo

Portugal adotou há 10 anos a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo, após um debate fraturante que remeteu para mais tarde a adoção de crianças por estes casais, possível apenas desde …

Trabalhadores da Autoeuropa temem perda de centenas de postos de trabalho

A entidade coordenadora das Comissões de Trabalhadores da Autoeuropa assumiu hoje, em comunicado, recear a perda de centenas de empregos no parque industrial, que está sem condições para trabalhar sete dias por semana, após a …

Espécies recém-descobertas de anfíbios já estão em risco de extinção

Uma equipa internacional de cientistas acaba de anunciar a descoberta de duas novas espécies e uma nova subespécie de anfíbios perto do Rio Negro, a norte do Vietname, avança o portal IFL Science. As espécies …

BE e CDS rejeitam "paraministros". Só negoceiam com Costa e Centeno

O Bloco de Esquerda e CDS rejeitam negociações com "paraministros", sublinhando que só discutem com membros do Governo, comentando a manchete do Expresso segundo a qual um gestor petrolífero está a assumir esse papel. O semanário …