Fogo em Monchique combatido por 411 operacionais obriga à retirada de pessoas das casas

Várias pessoas idosas e outras com mobilidade reduzida foram retiradas este domingo das suas habitações e colocadas em casa de familiares “como medida de precaução”, devido ao incêndio que lavra em Monchique, no Algarve.

“Por antecipação, decidimos retirar algumas pessoas por precaução, nomeadamente as mais vulneráveis, que são os idosos e pessoas com mobilidade reduzida”, disse à Lusa o comandante operacional dos bombeiros do Algarve, Richard Marques.

Segundo o comandante, pelas 13h50 “o fogo com uma frente ativa continua a lavrar com intensidade e a evoluir para sul da Fóia, no concelho de Monchique, dando alguma preocupação” devido às casas dispersas pela serra.

“O edificado disperso leva a que a prioridade seja a de proteger pessoas e habitações, levando a que se concentrem os meios junto às zonas habitadas, para evitar males maiores”, sublinhou.

Richard Marques disse ainda que, “até ao momento, não há registo de que alguma habitação tivesse sido atingida pelo fogo, registando apenas um caso de uma bombeira que teve de ser assistida devido à inalação de fumo”.

Um total de 411 operacionais de várias corporações do Algarve e do Alentejo combatem as chamas que deflagraram no sábado à tarde, apoiados por 127 veículos, oito meios aéreos e cinco máquinas de rasto.

Os bombeiros continuam a combater outros incêndios no país, num total de 29 ao fim da manhã, que mobilizam mais de 750 operacionais, 216 veículos e oito meios aéreos, de acordo com os dados disponíveis no site da Autoridade Nacional de Proteção Civil.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Nazismo e comunismo classificados em pé de igualdade pelo Parlamento Europeu

No passado dia 19 de setembro, a União Europeia colocou comunismo e nazismo em pé de igualdade, depois de aprovar no Parlamento Europeu uma resolução condenando ambos os regimes por terem cometido "genocídios e deportações …

Conselho da Europa teme que polícia de Malta tenha “recusado provas” no caso da jornalista assassinada

Daphne Galizia era jornalista, acompanhava casos de corrupção no país e foi assassinada há dois anos. Pieter Omtzigt, relator do Conselho da Europa responsável pelo caso, diz que a abordagem da polícia e dos …

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …

Caso BPN. Relação condena dois dos absolvidos e agrava penas a outros dois

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou esta quarta-feira dois dos três arguidos absolvidos no processo principal da falência do BPN, Ricardo Oliveira e Filipe Nascimento, e agravou as penas a dois dos 12 arguidos …

Operação Éter. Hermínio Loureiro entre as dezenas de autarcas arguidos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, está entre as dezenas de atuais e antigos autarcas que foram constituídos arguidos no âmbito da Operação Éter. Este processo levou à prisão preventiva do antigo presidente …

Proteção Civil quer que bombeiros voltem a ser obrigados a usar cinto de segurança

A estrada mata mais bombeiros do que os incêndios. Por isso, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil criou um grupo específico para analisar o problema. Rui Ângelo, chefe da Divisão de Segurança, Saúde e …

Estratégia prevê rede de bancos de leite materno e revisão das licenças para amamentar

A ENALCP apresentada esta quarta-feira prevê a criação de uma rede nacional de bancos de leite materno e a revisão dos diretos de parentalidade. Ambientes favoráveis deverão ser também revistos. A Estratégia Nacional para a Alimentação …