Fitbit vai oferecer rastreadores a toda a população de Singapura

A empresa norte-americana Fitbit anunciou uma parceria com o Conselho de Promoção de Saúde de Singapura numa iniciativa de saúde pública, a Live Healthy SG, que fornecerá aos 5,6 milhões de habitantes do país rastreadores de condição física.

A Live Healthy SG surgiu como resposta à crescente onda de doenças crónicas que tem vindo a manifestar-se em Singapura, como hipertensão, diabetes e cancro – condições que afetam cada vez mais pessoas em todo o mundo -, e o seu objetivo é manter os cidadãos em boa forma e promover melhores hábitos de saúde, bem como alterações de comportamentos.

Esta é a primeira grande integração da Fitbit, uma plataforma de saúde digital e dispositivos tecnológicos que se usam como acessórios, num programa nacional de saúde pública.

A Fitbit explicou que quando os participantes se decidirem inscrever no programa, haverá um “processo de consentimento claro e contínuo” de partilha de dados. Esses dados fornecerão insights que contribuirão para futuros programas de promoção de saúde e “os participantes deste programa beneficiarão dos planos da Fitbit de incorporação de inteligência artificial e aprendizagem do dispositivo para incentivar a atividade física, uma alimentação saudável e uma melhor qualidade de sono”, explicou Zee Yoong Kang, CEO do Conselho de Promoção de Saúde de Singapura, à revista Forbes.

“A Lei de Proteção de Dados Pessoais de Singapura carrega o mesmo peso de proteção que as Regras de Proteção de Dados da União Europeia e requer o consentimento do indivíduo para recolher, usar ou divulgar os seus dados pessoais. No entanto, dados agregados podem ser usados de forma anónima e, neste caso, podendo contribuir para a melhoria de futuros programas de saúde, é bastante provável que sejam efetivamente usados.”, explicou Julian Andriesz, fundador do Verita Healthcare Group, uma empresa de análise de dados baseada em Singapura.

“Vemos este projeto como um grande passo para encorajar e orientar mudanças comportamentais saudáveis nas pessoas que usam wearables, combinando conhecimento médico humano e inteligência artificial para garantir que problemas e riscos de saúde sejam identificados e abordados o mais cedo possível.”, acrescentou Andriesz.

O dispositivo da Fitbit é fornecido a título gratuito àqueles que adiram ao programa e paguem 10 dólares (9,03 euros) por mês pelo serviço Fitbit Premium – que inclui orientação, incentivos e treinos individuais. A longo prazo, a iniciativa acaba por ter um efeito positivo na vida das pessoas, prevendo-se uma descida dos custos de saúde através da prevenção.

Mas há quem duvide dos resultados da iniciativa, como Brian Jones, o diretor executivo da Partnership of East London Corporatives, uma organização sem fins lucrativos que fornece serviços de atendimento de urgência a mais de dois milhões de pessoas no Reino Unido.

Esta é uma abordagem arriscada. Sem uma revisão inicial detalhada das condições, o dispositivo pode não determinar o regime de condicionamento mais adequado para alguém que tenha várias doenças, aumentando o risco para essa pessoa. Embora seja importante que as pessoas se ocupem da sua saúde, e os lembretes são um passo na direção certa, qualquer ação tomada deve ser baseada em circunstâncias individuais e não genéricas.”, explicou Jones.

Os habitantes de Singapura poderão fazer um pré-registo no Live Healthy SG em setembro, com o programa a ser lançado oficialmente no final de outubro.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Procura mundial de petróleo pode alcançar o seu nível mais baixo numa década por causa do coronavírus

O surto de coronavírus afetará de forma "significativa" a procura global por petróleo, podendo esta atingir o seu nível de procura mais baixo numa década, alerta a Agência Internacional de Energia (IEA). Com a desaceleração da …

Vitória SC 1-2 Porto | “Dragão” cola-se à liderança

A Liga NOS está ao rubro. O FC Porto foi a Guimarães vencer o Vitória SC por 2-1 e está a apenas um ponto da liderança do campeonato, na sequência da derrota do Benfica no …

Ventura não faz "fretes". Chega não viabilizará Governo do PSD se não houver cedências

Para governar com a direita, o PSD precisa do recém-eleito Chega. No entanto, há características que separam os partidos: enquanto que os sociais-democratas se querem estabelecer ao centro, André Ventura estabelece linhas vermelhas e não …

Egito atinge 100 milhões de habitantes (mas não há grandes motivos para celebrar)

A população do Egito atingiu os 100 milhões de habitantes, tornando-se no país árabe mais populoso e o terceiro em África atrás da Etiópia e da Nigéria, anunciaram ontem as autoridades. O calculador eletrónico instalado no …

Coronavírus: Há mais dois casos suspeitos em Portugal

Há mais dois casos suspeitos de infeção por coronavírus em Portugal. Os doentes, que vieram da China, já foram encaminhados para o Hospital Curry Cabral, em Lisboa, e para o Hospital de São João, no …

Morreu o ator Tozé Martinho

O ator António José Bastos de Oliveira Martinho, mais conhecido como Tozé Martinho, morreu este domingo aos 72 anos. Tozé Martinho morreu este domingo, aos 72 anos. O ator foi levado para o Hospital de Cascais, …

NASA já tem um preço para a próxima alunagem

O responsável pelos voos tripulados da NASA, Doug Loverro, revelou esta semana que a agência espacial vai precisar de  35 mil milhões de dólares nos próximos quatro anos para conseguir voltar a pisar a Lua …

Covid-19: FMI admite que crescimento mundial desça para 3,1% este ano

A diretora-geral do Fundo Monetário Internacional admitiu este domingo que a previsão de 3,3% para o crescimento da economia mundial possa descer 0,1 ou 0,2 pontos percentuais devido à propagação do coronavírus. "Por enquanto, a nossa …

Próximo Orçamento tem de começar a ser apresentado em abril (mas Centeno não o fará)

As novas regras de desenho de orçamentos vão ser novamente adiadas, avança este domingo o semanário Expresso. A equipa das Finanças já está concentrada no próximo Orçamento do Estado. No entanto, apesar de haver uma lei …

Exército do Canadá quer saia da farda mais curta para atrair mulheres

Para aumentar o alistamento de mulheres, o exército do Canadá está a considerar fazer alterações à farda, encurtando as saias, e referir-se às medalhas como "bling", palavra em inglês usada para se referir acessórios caros …