Finanças fazem errata à errata do OE (e afinal impostos não descem)

d.r. partidosocialista / Flickr

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O Ministério das Finanças emitiu uma errata a corrigir a anterior errata enviada ao Parlamento, no âmbito da proposta de Orçamento de Estado para 2016 (OE 2016). O esclarecimento adicional sublinha que a carga fiscal, afinal, se mantém – ou seja, afinal não desce.

errata de 46 páginas faz correcções à errata da Direcção-Geral do Orçamento (DGO), com data de 5 de Fevereiro, que acompanha a proposta de OE 2016.

As erratas são prática comum nos Orçamentos de Estado, mas esta tem a peculiaridade de ter uma “dimensão anormalmente grande”, constata o Dinheiro Vivo.

A publicação refere que “rectifica a carga fiscal de 2016”, sendo que dantes descia, agora fica igual face a 2015.

Na errata da DGO, sublinhava-se que, “invertendo a política dos últimos anos, perspectiva-se uma redução da carga fiscal em 0,1 p.p. [pontos percentuais] do PIB em 2016. Os impostos sobre o rendimento e património caem 0,6 p.p. do PIB, resultado da diminuição da taxa de IRC de 23% para 21% em 2015 e da eliminação da sobretaxa de IRS”.

Na nova errata lê-se agora: “invertendo a política dos últimos anos, perspectiva-se uma manutenção da carga fiscal em 2016. Os impostos sobre o rendimento e património caem 0,6 p.p. do PIB, resultado da diminuição da taxa de IRC de 23% para 21% em 2015 e da eliminação da sobretaxa de IRS em 2016″.

O Dinheiro Vivo refere que há “dezenas de quadros e gráficos corrigidos” e que o governo até explica aquilo que entende por carga fiscal.

“A carga fiscal consiste no somatório da receita fiscal, da receita contributiva e do imposto de capital”.

Entretanto, o Ministério das Finanças esclareceu, em comunicado, que “o peso da receita de impostos no PIB diminui 0,2 p.p.” e que “é nesse sentido que o ministro das Finanças tem referido que há uma redução da carga fiscal em 2016”.

“O conceito da carga fiscal pode também entender-se como o peso do conjunto dos impostos mais as contribuições para a segurança social no PIB. É este conceito de carga fiscal que a errata refere”, frisa ainda o Ministério, conforme cita o Dinheiro Vivo.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. ” A errata de 46 páginas faz correcções à errata da Direcção-Geral do Orçamento (DGO), com data de 5 de Fevereiro, que acompanha a proposta de OE 2016”. Não acham que são muitas direcções -gerais? São direcções-gerais para isto, para aquilo, para aqueloutro para nada. Cada uma tem um staff enorme que custa um absurdo em salários e mordomias. Quando muda o governo tem que ser acantonado algures porque é obrigatório que outro tenha que ocupar os lugares ”deixados vagos”. É desta maneira que aumenta o funcionalismo público. Entretanto volta tudo à estaca zero porque o trabalho que os outros ”incompetentes” fizeram para nada serve. Como alguém alguma vez disse: não há almoços grátis. Os boys são para encaixar e … mai nada. Ponto.

  2. Mas em vez de chamarem errata nessa geringonça, porque não lhe chamam mentira descarada? Não é errata nenhuma. Foi uma mentria prepositada para ver se a UE engolia. Os papalvos portugueses ainda podiam engolir mas os outros não foram na conversa. E logo uma errata num ponto tão sensível da geringonça? Quem e que acredita que não foi uma palhaçada??

  3. Qual errata qual carapuça! Mas se é mais do que público de que estão a aumentar os impostos e são vários entre eles o mais famoso o dos combustíveis andam para aqui a tentar enfiar o barrete a todos pensando certamente que isto é tudo uma ceita de parolos que para aqui anda, ficam com o barrete enfiado aqueles que por ideologia e cegueira politica se recusam a aceitar a verdade de resto ninguém mais acredita em tanta trafulhice e a festa ainda vai no adro.

RESPONDER

Portugal foi o país da Europa que mais pagou a agentes de futebol

Em 2019, Portugal foi o país da Europa que mais gastou em comissões a agentes nos processos de venda de jogadores de futebol. Os números são de um relatório FIFA, citado esta quinta-feira pelo Jornal de …

"Agregar, agregar, agregar". Se vencer, Pinto Luz conta com Rio e Montengro

O candidato à liderança do PSD Miguel Pinto Luz disse que caso vença as diretas de 11 de janeiro quer contar os seus adversários nesta corrida - o antigo líder parlamentar Luís Montenegro e o …

Açores são o único arquipélago do mundo com certificado de destino turístico sustentável

Os Açores são a primeira região do país certificada como destino turístico sustentável, distinção atribuída a apenas 13 regiões no mundo e entregue esta quinta-feira com a categoria de "prata" pela certificadora Earthcheck. "É com profundo …

Kendrick Lamar atua em data extra do Alive

O rapper norte-americano Kendrick Lamar vai atuar a 8 de julho, num dia extra do festival Alive, no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras. Esta será a terceira vez que o rapper atua em Portugal, tendo …

Hugh Grant em campanha porta a porta contra Boris Johnson e o Brexit

Hugh Grant está em campanha contra o primeiro-ministro do seu país. O ator britânico decidiu juntar-se aos trabalhistas e liberais democratas para derrotar Boris Johnson e, nos últimos dias, tem participado em ações de campanha …

Sarah previu a vitória de Trump em 2016. Agora, alerta para o perigo das redes sociais

Sarah Kendzior, que previu a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais de 2016, diz que as redes sociais podem ser utilizadas como uma arma política. Quando quase todos menosprezavam a corrida eleitoral de Donald Trump …

Marcelo "afasta-se" do encontro entre Pompeo e Netanyahu

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, garantiu esta quinta-feira que o encontro, que decorre em Lisboa, entre o secretário de estado dos Estados Unidos e o primeiro ministro israelita "é uma realidade que …

Economia portuguesa cresce acima da média europeia

As economias da zona euro e da União Europeia (UE) mantiveram, no terceiro trimestre, o ritmo de crescimento do período homólogo, respetivamente 1,2% e 1,4%, com Portugal a avançar acima da média (1,9%). Segundo revelou o …

Atendimento a sem-abrigo passa a ser feito independentemente da morada

O atendimento de emergência a pessoas sem-abrigo passa a poder ser feito em qualquer centro distrital da Segurança Social, independentemente da morada em que a pessoa está registada ou da existência de um processo familiar, …

Catarina Martins presente na contra-cimeira do clima em Madrid

A coordenadora do BE integra a comitiva bloquista que, na sexta-feira, vai a Madrid para a manifestação da contra-cimeira do clima, enquanto decorre na capital espanhola a cimeira da Organização das Nações Unidas, a COP25. Em …