Fim do roaming vai prejudicar portugueses

Victor Dubilier / Flickr

-

A Associação Portuguesa dos Operadores de Comunicações Eletrónicas considerou hoje que a extinção das tarifas de ‘roaming’ dentro do espaço europeu a partir de 2017 irá prejudicar os consumidores portugueses em favorecimento dos do Norte da Europa.

A APRITEL destaca que os consumidores dos países do Norte da Europa “tipicamente viajam mais e têm perfis de consumo mais elevados” e que, por isso, com a introdução das novas medidas, “os países com maior afluência turística, como é o caso de Portugal, deverão esperar um aumento acentuado do tráfego realizado pelos clientes estrangeiros em território nacional”.

A associação afirma que esse aumento do tráfego vai existir “sem que os operadores portugueses tenham a possibilidade de recuperar a totalidade dos custos associados tanto à ocupação da sua rede, como às necessidades de investimento para atender à procura acrescida”.

E, por isso, “há o risco de que estas medidas provoquem um reequilíbrio dos preços domésticos, com transferência de bem-estar económico da generalidade dos consumidores para a relativa minoria que viaja e consome serviços de ‘roaming'”, afirma a APRITEL.

A associação considera também que os preços dos serviços de ‘roaming’ têm vindo a descer continuamente há vários anos e que, por isso, o fim do pagamento de ‘roaming’ “gerará distorções com impacto negativo, nomeadamente na diversidade, qualidade e níveis de preços na oferta dos serviços domésticos que são usados e valorizados pela generalidade da população”.

O Parlamento Europeu aprovou esta terça-feira, em Estrasburgo, o fim das tarifas de ‘roaming’ a partir de 15 de junho de 2017 nos telemóveis.

/Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Que lata tem, estes grandes montes de me@da – coitados, já ganham pouco!…
    Ainda faltam 2 anos (devia ser já!), e já estão a tentar justificar um suposto aumento dos preços!!
    Estes artistas da APRITEL devem pensar que andamos todos a dormir!
    Mas qual aumento, ou investimento?
    O roaming não faz qualquer sentido, nem acarreta mais custos; diminuiu, isso sim, os lucros dos chulos, perdão: das operadoras!!

  2. Por outro lado, o consumidor português também pode adquirir ou assinar um telemóvel, hotspot ou cartão SIM de outro operador europeu e passar a usá-lo em Portugal sem os custos dos operadores locais e sem as tretas habituais dos pacotes internet+voz+tv+fixo, etc. Estou ansioso por passar a utilizar o hotspot 4G Orange de Espanha que adquiri nas últimas férias e passar a pagar os € 7,50 por cada 2 Gb que tinha no país ao lado. De um operador português tenho um hotspot 3G de menor desempenho e a € 10,00 cada Gb. Não se ponham finos que ainda acabam sem clientes…

    • Ah?
      Há por aí alguma confusão: o roming que vai acabar é para chamadas telefónicas, não é, obviamente, para a Internet!!
      .
      2GB por 7,50€ onde?! Mais uma vez, deve haver aí alguma confusão…
      Isso não existe, muito menos em Espanha!!
      Na Orange Espanha, o tarifário de Internet móvel 1GB 4G/mês, custa 10,89€!!
      Na Meo, NOS ou Vodafone, 2GB 4G/mês custam 12,99€ (ou seja, cá ainda tem melhor preço)!!
      Para a próxima, informe-se antes de escrever…

Responder a TU Cancelar resposta

Águas do Porto alerta para cobranças fraudulentas porta a porta

A empresa municipal Águas do Porto alertou, esta segunda-feira, para uma fraude que está a ser cometida em seu nome com falsos funcionários que tentam fazer cobranças à porta. De acordo com a Águas do Porto, …

Um terço dos universitários de Lisboa já sofreu violência sexual física

Um terço dos estudantes universitários da área metropolitana de Lisboa já foi vítima de violência sexual física pelo menos uma vez, mas são muitos poucos os que denunciam as agressões, raramente o fazendo à …

OE2020: Esquerda vai negociar "até ao último minuto". PSD não comenta eventual traição madeirense

O Governo apresentou, nesta terça-feira, na Assembleia da República, as linhas gerais da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) aos partidos com representação parlamentar. Dos encontros, não saiu fumo branco, com o Bloco …

Turismo fez subir o custo de vida dos portugueses. Salários continuam estagnados

O crescimento do turismo em Portugal fez crescer o custo de vida dos portugueses, especialmente nos que vivem nas grandes cidades, apesar de estes continuarem com os salários estagnados, escreve o Jornal de Notícias. Entre 2013 …

Contrato público. Amazon apresenta queixa em tribunal contra Trump

A Amazon revela que os "insistentes ataques públicos e de bastidores" de Donald Trump contra Jeff Bezos causaram "pressão" que levou à perda de contrato público com o Departamento de Defesa.  A Amazon apresentou uma queixa …

Empurrões, insultos e (talvez) um murro: Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro perderam as estribeiras no túnel do Jamor

Os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro, desentenderam-se no túnel de acesso ao relvado do Estádio Nacional, ao intervalo do jogo em que as duas equipas empataram a uma bola. …

Acordo entre Rússia e Ucrânia para cessar-fogo até ao final do ano

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, chegaram na segunda-feira à noite a um acordo de cessar-fogo que deverá ter efeito até ao final do ano de 2019. "As partes …

Nova Zelândia abre investigação. Erupção do Whakaari já fez pelo menos 13 mortos

Pelo menos cinco pessoas morreram e oito continuam desaparecidas, na sequência da erupção do vulcão Whakaari, na Nova Zelândia. As autoridades afirmam que há poucas chances de terem sobrevivido. "Diria com forte convicção de que ninguém …

Falhas no acesso a remédios não são exclusivo do SNS. No resto da Europa também há, diz ministra

A ministra da Saúde afirmou que as falhas no acesso a medicamentos não são "um exclusivo nacional", estando em discussão entre os Estados-membros uma "estratégia global para o acesso ao medicamento". A ministra da Saúde afirmou …

Canal Panda e jogar sem medo. A receita de Lage para vencer os russos do Zenit

O Benfica joga esta terça-feira com o Zenit de São Petersburgo, na sexta e última jornada do grupo G da Liga dos Campeões. Os encarnados precisam de vencer por dois (ou mais) golos para garantir …