Fim do roaming vai prejudicar portugueses

Victor Dubilier / Flickr

-

A Associação Portuguesa dos Operadores de Comunicações Eletrónicas considerou hoje que a extinção das tarifas de ‘roaming’ dentro do espaço europeu a partir de 2017 irá prejudicar os consumidores portugueses em favorecimento dos do Norte da Europa.

A APRITEL destaca que os consumidores dos países do Norte da Europa “tipicamente viajam mais e têm perfis de consumo mais elevados” e que, por isso, com a introdução das novas medidas, “os países com maior afluência turística, como é o caso de Portugal, deverão esperar um aumento acentuado do tráfego realizado pelos clientes estrangeiros em território nacional”.

A associação afirma que esse aumento do tráfego vai existir “sem que os operadores portugueses tenham a possibilidade de recuperar a totalidade dos custos associados tanto à ocupação da sua rede, como às necessidades de investimento para atender à procura acrescida”.

E, por isso, “há o risco de que estas medidas provoquem um reequilíbrio dos preços domésticos, com transferência de bem-estar económico da generalidade dos consumidores para a relativa minoria que viaja e consome serviços de ‘roaming'”, afirma a APRITEL.

A associação considera também que os preços dos serviços de ‘roaming’ têm vindo a descer continuamente há vários anos e que, por isso, o fim do pagamento de ‘roaming’ “gerará distorções com impacto negativo, nomeadamente na diversidade, qualidade e níveis de preços na oferta dos serviços domésticos que são usados e valorizados pela generalidade da população”.

O Parlamento Europeu aprovou esta terça-feira, em Estrasburgo, o fim das tarifas de ‘roaming’ a partir de 15 de junho de 2017 nos telemóveis.

/Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Que lata tem, estes grandes montes de me@da – coitados, já ganham pouco!…
    Ainda faltam 2 anos (devia ser já!), e já estão a tentar justificar um suposto aumento dos preços!!
    Estes artistas da APRITEL devem pensar que andamos todos a dormir!
    Mas qual aumento, ou investimento?
    O roaming não faz qualquer sentido, nem acarreta mais custos; diminuiu, isso sim, os lucros dos chulos, perdão: das operadoras!!

  2. Por outro lado, o consumidor português também pode adquirir ou assinar um telemóvel, hotspot ou cartão SIM de outro operador europeu e passar a usá-lo em Portugal sem os custos dos operadores locais e sem as tretas habituais dos pacotes internet+voz+tv+fixo, etc. Estou ansioso por passar a utilizar o hotspot 4G Orange de Espanha que adquiri nas últimas férias e passar a pagar os € 7,50 por cada 2 Gb que tinha no país ao lado. De um operador português tenho um hotspot 3G de menor desempenho e a € 10,00 cada Gb. Não se ponham finos que ainda acabam sem clientes…

    • Ah?
      Há por aí alguma confusão: o roming que vai acabar é para chamadas telefónicas, não é, obviamente, para a Internet!!
      .
      2GB por 7,50€ onde?! Mais uma vez, deve haver aí alguma confusão…
      Isso não existe, muito menos em Espanha!!
      Na Orange Espanha, o tarifário de Internet móvel 1GB 4G/mês, custa 10,89€!!
      Na Meo, NOS ou Vodafone, 2GB 4G/mês custam 12,99€ (ou seja, cá ainda tem melhor preço)!!
      Para a próxima, informe-se antes de escrever…

Responder a TU Cancelar resposta

"Choveram" propostas de empréstimo por Marega

O emblema portista recebeu vários proposta de empréstimo por Moussa Marega, mas acabou por as rejeitar. O FC Porto apenas abre mão do jogador caso seja paga a cláusula de rescisão. A imprensa francesa avança esta …

Crise de saúde mental nos jovens. Há um sexo mais em risco do que o outro

O uso regular de redes sociais pode afetar a saúde mental dos jovens. No entanto, os seus efeitos podem-se manifestar mais drasticamente em raparigas do que em rapazes. Desde 2010, as taxas de depressão, automutilação e …

PS quer limitar "vistos Gold" aos municípios do interior e às regiões autónomas

O PS entregou hoje uma proposta de alteração ao Orçamento em que limita a concessão dos "vistos Gold" a investimentos feitos por estrangeiros em municípios do interior ou nas regiões autónomas dos Açores e da …

Mais acidentes, afogamentos e suicídios num mundo mais quente

As temperaturas mais elevadas vão provocar mais acidentes rodoviários, afogamentos, agressões e suicídios, revelou uma nova investigação. Até ao momento, a grande parte das pesquisas em torno das alterações climáticas centrou-se nas mortes por doenças transmitidas …

Jóias de ouro e prata com plástico. Justiça não vê mal nenhum e iliba marca Tous

O processo de investigação aberto à marca TOUS por alegada fraude com jóias de ouro e plástico contendo plástico no seu interior, foi arquivado. A Justiça espanhola entende que, apesar de as jóias conterem plástico, …

Provas do caso Luanda Leaks podem ser nulas em Portugal

A Constituição da República Portuguesa determina que as provas obtidas mediantes violação de correspondência são consideradas nulas. Desta forma, os documentos conseguidos por Rui Pinto no caso Luanda Leaks podem vir a ser nulas aos …

Rui Pinto "tropeçou" nos Luanda Leaks sem querer

Foi quando estava à procura de "segredos do futebol" no âmbito dos Football Leaks que o hacker Rui Pinto "tropeçou" nos documentos que incriminam Isabel dos Santos nos Luanda Leaks. É o seu advogado, o …

Líder do assalto às armas de Tancos libertado

João Paulino estava preso preventivamente desde 28 de setembro de 2018. Esta segunda-feira foi libertado por excesso de prisão preventiva. O ex-fuzileiro João Paulino foi hoje libertado por excesso de prisão preventiva. A notícia foi confirmada …

Investigadores desenvolvem tecnologia que permite datar as impressões digitais

Encontrar as impressões digitais numa cena de crime nem sempre é suficiente para haver condenação, podendo os suspeitos alegar que as mesmas foram deixadas antes de o crime ocorrer. Essa realidade pode estar prestes a …

Coronavírus abala mercados mundiais. Petróleo derrapa mais de 3%

A preocupação com as consequências económicas da propagação do coronavírus na China está a ter um efeito devastador nos mercados. A derrapagem nos mercados acontece numa altura em que o número de mortos pelo surto de …