Filha de ex-espião russo envenenado no Reino Unido acordou e já fala

Yulia Skripal / Facebook / EPA

Sergei Skripal, de 66 anos, e a filha Yulia, de 33, foram envenenados com uma substância neurotóxica

Yulia Skripal, a filha do ex-espião russo Sergei Skripal, está a melhorar rapidamente e já não se encontra em estado crítico, segundo adiantaram fontes da unidade hospitalar em que está a ser tratada.

Segundo adiantaram os médicos, “Yulia está a responder bem ao tratamento, mas continuará a receber cuidados médicos 24 horas por dia”. Diversas fontes diferentes disseram à BBC que a filha do ex-espião russo está acordada e fala.

Yulia e o pai foram hospitalizados há quatro semanas, depois de terem sido expostos a uma substância neurotóxica. Foram encontrados desmaiados num banco em Salisbury, no Reino Unido, no início de março. A polícia tem tratado o caso como tentativa de homicídio.

O ex-espião e pai de Yulia, Sergei Skripal, continua em estado crítico, sem tendência para melhorar ou piorar. Segundo o repórter da BBC Duncan Kennedy, Yulia saiu do estado de perigo imediato, mas não se sabe se haverá sequelas a longo prazo.

Crise diplomática

O ataque gerou uma crise diplomática entre a Rússia e o Reino Unido, depois de o governo britânico ter acusado os russos de estarem envolvidos na tentativa de homicídio e ter anunciado a expulsão de 23 diplomatas russos.

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, anunciou que a substância neurotóxica foi identificada como o Novichok, um dos “agente nervosos” desenvolvidos pela Rússia . Altamente tóxicos, estes neurotóxicos bloqueiam o sistema nervoso e interrompem as funções vitais do organismo.

Moscovo, que nega as acusações, anunciou por sua que vai expulsar 23 diplomatas britânicos, além, de fechar o British Council na Rússia e o consulado britânico em São Petersburgo.

O presidente americano Donald Trump anunciou também a expulsão de 60 diplomatas russos. A Austrália e alguns países europeus também tomaram atitudes semelhantes. Até agora, 20 governos expulsaram diplomatas.

Portugal optou por não seguir o exemplo dos países europeus e EUA, tendo decidido não expulsar diplomatas russos do país – opção diplomática que Paulo Rangel, eurodeputado eleito pelo PSD, considera “um erro e uma traição aos britânicos“.

Yulia Skripal / Facebook

Yulia Skripal foi encontrada inconsciente num banco, no Reino Unido

 

A investigação da polícia britânica mostrou que havia uma grande concentração da substância tóxica na porta da casa da família. O produto químico também foi encontrado em outros locais da cidade, mas em menor concentração, segundo a polícia.

O detetive Nick Bailey, encarregado de investigar o caso, ficou seriamente doente, tendo sido hospitalizado. Bailey, que se deslocou a casa da família Skripal para averiguar a ocorrência, diz que a sua vida nunca mais será a mesma.

Troca de espiões

O coronel Sergei Skripal é um oficial de inteligência aposentado do Exército russo, que foi sentenciado a 13 anos de prisão pelo país em 2006. Foi condenado por revelar ao MI6, o Serviço Secreto de Inteligência Britânico, as identidades de agentes da inteligência russa infiltrados na Europa.

Em julho de 2010, Skripal foi um dos quatro prisioneiros libertados por Moscovo em troca de 10 espiões russos presos pelo FBI. Depois de uma troca de prisioneiros ao estilo da Guerra Fria, ocorrida no aeroporto de Viena, na Áustria, o coronel mudou-se para a cidade britânica de Salisbury, onde viveu discretamente durante oito anos.

De acordo com Mark Urban, o editor do programa Newsnight, da BBC, nos últimos anos Skripal tinha vindo a dar palestras em academias militares britânicas, fornecendo informações e análises sobre a inteligência russa.

A filha do ex-espião visitava-o com frequência. A esposa, o irmão mais velho e o filho morreram nos últimos dois anos – alguns em circunstâncias suspeitas, segundo familiares.

ZAP // BBC

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • Certamente que passou, mas em solo britânico não faz muito sentido, e, parece-me que foi mais um golpe para “consumo interno” russo!
      O ex-espião era um traidor à grande “Mãe Rússia” e o Putin não perdoa, além disso, disse várias vezes durante a campanha eleitoral que iria vingar os traidores à Rússia e este é, obviamente, um deles.
      Boa parte dos russos, como é típico, gostam de lideres que lhes encham o ego e claro que adoraram a demonstração de poder do Putin, principalmente em época de eleições… já na “invasão” da Ucrânia foi a mesma coisa!…
      O método também é “regularmente” usado pelo KGB/FSB…
      Eu apostaria 90% das hipóteses no Putin e menos de 5% nos EUA; ainda para mais nesta altura, com os serviços dos EUA todos “baralhados” pelo palerma do Tramp…

RESPONDER

Centenas de pessoas na manifestação do Chega. Ventura quer afastar "fantasma" sobre racismo em Portugal

Centenas de pessoas participaram este domingo em Lisboa numa manifestação promovida pelo Chega para dizer que “Portugal não é racista” e tentar afastar “esse fantasma” que assola o país sempre que algo de trágico acontece. “Em …

Rendas das casas podem ficar congeladas no próximo ano

Depois de cinco anos consecutivos a subirem, as rendas habitacionais e comerciais poderão ficar congeladas no próximo ano. Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) revelados no final da semana passada, a taxa média de …

Reabertura de bares e discotecas. Setor critica "esperteza saloia" do Governo

Os bares e discotecas, encerrados desde março devido à pandemia de covid-19, podem funcionar como cafés e pastelarias, seguindo as mesmas regras. A medida do Governo tem sido alvo de fortes críticas por parte do …

Portugueses podem colmatar falta de estrangeiros no Algarve, mas não chega para salvar o ano

Os portugueses podem ajudar a colmatar a falta de estrangeiros de férias no Algarve, afastados por causa da pandemia de covid-19, mas já não será possível salvar o ano turístico desta região. As previsões são …

Das três linhas de apoio à cultura, só uma estará disponível esta segunda-feira

O Ministério da Cultura tinha anunciado que três linhas de apoio iam estar disponíveis esta segunda-feira, para trabalhadores, empresas artísticas e espaços culturais. No entanto, só uma abriu. Das três linhas de apoio social que foram …

Além da "hipocrisia" no processo, Novo Banco cometeu dois pecados capitais

No seu habitual espaço de comentário na SIC, Luís Marques Mendes falou sobre a queda histórica do PIB e a polémica do Novo Banco. Luís Marques Mendes considera que a queda do Produto Interno bruto (PIB) …

Covid-19. Austrália recua em força e Londres pondera vir a ter cerca sanitária

Depois de ser retratado como um caso de sucesso no combate à covid-19, a Austrália começa a dar passos atrás. No Reino Unido, equaciona-se uma cerca sanitária na capital. Melbourne, a segunda maior cidade australiana, vai …

FC Porto tem plano para desviar Taremi e Nuno Santos de rivais

Os 'azuis e brancos' estão a estudar as contratações de Mehdi Taremi e Nuno Santos. Os jogadores vilacondenses são também cobiçados por outros clubes. O FC Porto está a sondar as contratações de Taremi e Nuno …

PSP fez ajuste direto de 113 mil euros com empresa que doou viseiras

O Jornal de Notícias escreve na sua edição impressa desta segunda-feira que a PSP fez três ajustes diretos no valor de mais de 113 mil euros com uma empresa de Sintra que tinha antes feito …

Casa Branca prepara investida contra tecnológicas chinesas. TikTok e WeChat na mira

Washington e Pequim estão a viver um dos momentos mais críticos desde que os dois países estabeleceram relações em 1979. Agora, a crise adensa-se, com o TikTok e a WeChat debaixo de olho. Washington e Pequim …