Fica mais barato ter robôs a embalar batatas que aumentar salários na McDonalds

Spyro1997 / DeviantArt, skynet_04 / Flickr

-

A polémica declaração é de Ed Rensi, antigo presidente da multinacional de fast-food McDonald’s, e para já é “apenas um protesto”. Mas há quem esteja a testar a ideia.

Segundo Ed Rensi, “fica mais barato comprar robôs de 35.000 dólares do que contratar empregados, não tão eficientes, e pagar-lhes 15 euros por hora para embalar batatas fritas”.

A afirmação de Rensi surge na sequência da campanha em curso nos Estados Unidos para estabelecer o pagamento de um salário mínimo de 15 dólares por hora aos empregados da restauração fast-food.

Segundo a revista Forbes, Rensi clarificou que estas afirmações “eram um simples protesto, não propriamente uma linha de orientação” para uma nova estratégia neste sector da economia.

Mas uma tal nova estratégia, ainda segundo Rensi, poderá vir a envolver todas as áreas da economia americana que actualmente dão a emprego a trabalhadores “indiferenciados ou pouco qualificados”.

No actual paradigma, o ex-presidente da McDonald’s deixa no ar o alarme: no dia em que entrar em acção um verdadeiro exército de robôs, o desemprego poderá disparar.

Mas a McDonald’s não é a única empresa à procura de soluções neste capítulo.

Segundo diversos órgãos de informação na área de economia, várias cadeias de restaurantes estão a implementar soluções para fazer face à previsível subida do salário mínimo dos empregados ligados à restauração.

Entre estas empresas estão a Car’ls Jr., a Hardee’s e a Wendy’s, que estão a testar modelos de restaurantes em que os automatismos desempenhem a uma grande parte das funções actualmente desempenhadas por humanos.

Curiosamente, na China, dois dos restaurantes que contrataram robôs como empregados de mesa já encerraram – e um terceiro continua aberto, mas foi obrigado a despedir os seus robôs por “não saberem trabalhar”.

Entretanto, algumas destas experiências já chegaram mesmo a Portugal.

É o caso, na própria McDonald’s, dos postos de encomenda automática que a empresa já instalou em quase todos os restaurantes.

Para já, o sistema ainda requer mais funcionários no local a explicar como funciona, do que os que seriam necessários a atender os pedidos.

Mas tal será uma situação seguramente temporária, até ao dia em que nos habituemos a usar os enormes écrãs interactivos.

E nesse dia, mal nos lembraremos de que “antigamente” havia pessoas ao balcão a perguntar se queríamos ketchup.

ZAP / TCP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Se fosse por mim, dispensava tudo quanto é pessoa, e acostumava os robôs a consumir (e pagar) essa maravilhosa comidinha de plástico que produzem.

  2. Ora nem mais…
    Mas infelizmente a grande, grande, maioria não passa duma carneirada…
    Se bem publicitada, até pagavam para comer merdda!!!

  3. Moral da historia, não contratam mais pessoas, compram-se máquinas, como as pessoas não tem emprego, não tem dinheiro para ir ao McDonald’s e as batatas fritas ficam para o Ed Rensi.

RESPONDER

Preço da luz voltar a subir em 2019. ERSE propõe aumento de 0,1%

O preço da eletricidade para os clientes domésticos que fazem parte do mercado regulado deve aumentar 0,1% já em 2019, o que implica, em média, um aumento 5 cêntimos na fatura mensal das famílias portuguesas. …

Câmara de Lisboa admite que SMS da EMEL foi uma situação "excecional"

A Proteção Civil municipal "considerou relevante" utilizar a base de dados da EMEL para enviar a SMS sobre os riscos da tempestade Leslie, "dada a necessidade de alertar o maior número de pessoas", revelou o …

China diz que campos de reeducação no Xinjiang servem para "treinos vocacionais"

O governador da região do Xinjiang, extremo noroeste da China, descreveu hoje o internamento massivo de membros da minoria étnica chinesa de origem muçulmana uigure como um "sistema de formação" que "salva" do extremismo religioso. Shohrat …

Rio acusa Governo de "partidarização" ao escolher Galamba para secretário de Estado

O presidente do PSD, Rio Rio, acusou esta segunda-feira o Governo de estar a “partidarizar a pasta da Energia”, reagindo a notícias que dão conta de que o deputado do PS João Galamba é o …

Encontrado vestígio de vida animal mais antigo de sempre

Investigadores da Universidade da Califórnia afirmam ter descoberto o vestígio mais antigo de vida animal conhecido, de formas de vida que existiram há mais de 635 milhões de anos. O estudo publicado esta segunda-feira na revista …

Inundações no sul de França fazem 12 mortos

O número de mortos nas inundações na zona de Carcassonne, na região de Aude, no sudoeste de França, subiu para 12, anunciaram nesta segunda-feira as autoridades, referindo que há uma pessoa desaparecida. O primeiro-ministro francês, Édouard …

Ursos polares famintos estão a comer baleias (e isso ajuda-os a sobreviver ao aquecimento)

Há mais de um ano, ursos polares reuniram-se num ilha ao largo da costa norte da Sibéria para devorar uma baleia morta. Um estudo recente defende que, no passado geológico, os ursos polares podem ter …

Morreu Paul Allen, cofundador da Microsoft

Paul Allen, cofundador da Microsoft, morreu com 65 anos durante a tarde desta segunda-feira, anunciou a sua empresa, a Vulcan Inc, em nome da família.  Paul Allen tinha retomado recentemente tratamentos contra um linfoma não-Hodgkin, diagnosticado …

Todas as missões da NASA deveriam procurar vida extraterrestre

A procura por sinais de vida alienígena deve fazer parte de todas as missões futuras da NASA. A organização deve expandir o seu leque sobre possíveis sinais extraterrestres, de forma a conseguir identificá-los, aponta um …

Cientistas alcançam a primeira aceleração de eletrões em ondas de plasma

Físicos demonstraram uma nova técnica para acelerar eletrões a energias muito altas em distâncias muito curtas, uma técnica que permitirá alcançar novos avanços na física de partículas a preços mais modestos. O Large Hadron Collider (LHC) …