Fica mais barato ter robôs a embalar batatas que aumentar salários na McDonalds

Spyro1997 / DeviantArt, skynet_04 / Flickr

-

A polémica declaração é de Ed Rensi, antigo presidente da multinacional de fast-food McDonald’s, e para já é “apenas um protesto”. Mas há quem esteja a testar a ideia.

Segundo Ed Rensi, “fica mais barato comprar robôs de 35.000 dólares do que contratar empregados, não tão eficientes, e pagar-lhes 15 euros por hora para embalar batatas fritas”.

A afirmação de Rensi surge na sequência da campanha em curso nos Estados Unidos para estabelecer o pagamento de um salário mínimo de 15 dólares por hora aos empregados da restauração fast-food.

Segundo a revista Forbes, Rensi clarificou que estas afirmações “eram um simples protesto, não propriamente uma linha de orientação” para uma nova estratégia neste sector da economia.

Mas uma tal nova estratégia, ainda segundo Rensi, poderá vir a envolver todas as áreas da economia americana que actualmente dão a emprego a trabalhadores “indiferenciados ou pouco qualificados”.

No actual paradigma, o ex-presidente da McDonald’s deixa no ar o alarme: no dia em que entrar em acção um verdadeiro exército de robôs, o desemprego poderá disparar.

Mas a McDonald’s não é a única empresa à procura de soluções neste capítulo.

Segundo diversos órgãos de informação na área de economia, várias cadeias de restaurantes estão a implementar soluções para fazer face à previsível subida do salário mínimo dos empregados ligados à restauração.

Entre estas empresas estão a Car’ls Jr., a Hardee’s e a Wendy’s, que estão a testar modelos de restaurantes em que os automatismos desempenhem a uma grande parte das funções actualmente desempenhadas por humanos.

Curiosamente, na China, dois dos restaurantes que contrataram robôs como empregados de mesa já encerraram – e um terceiro continua aberto, mas foi obrigado a despedir os seus robôs por “não saberem trabalhar”.

Entretanto, algumas destas experiências já chegaram mesmo a Portugal.

É o caso, na própria McDonald’s, dos postos de encomenda automática que a empresa já instalou em quase todos os restaurantes.

Para já, o sistema ainda requer mais funcionários no local a explicar como funciona, do que os que seriam necessários a atender os pedidos.

Mas tal será uma situação seguramente temporária, até ao dia em que nos habituemos a usar os enormes écrãs interactivos.

E nesse dia, mal nos lembraremos de que “antigamente” havia pessoas ao balcão a perguntar se queríamos ketchup.

ZAP / TCP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Se fosse por mim, dispensava tudo quanto é pessoa, e acostumava os robôs a consumir (e pagar) essa maravilhosa comidinha de plástico que produzem.

  2. Ora nem mais…
    Mas infelizmente a grande, grande, maioria não passa duma carneirada…
    Se bem publicitada, até pagavam para comer merdda!!!

  3. Moral da historia, não contratam mais pessoas, compram-se máquinas, como as pessoas não tem emprego, não tem dinheiro para ir ao McDonald’s e as batatas fritas ficam para o Ed Rensi.

RESPONDER

Há rochas "saltitantes" e colapsos de penhascos no cometa da Rosetta

  Cientistas que analisam o tesouro de imagens obtidas pela missão da Rosetta da ESA descobriram mais evidências de curiosas rochas "saltitantes" e quedas dramáticas de penhascos. A Rosetta operou no Cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko entre agosto de 2014 …

PS e BE afastados "porque dá jeito" (e os riscos de andar para trás)

O líder do PSD alertou este domingo para o distanciamento do PS em relação ao BE, porque “dá jeito para as eleições”, notando ser uma tentativa de “limpar” a proximidade dos últimos quatro anos e …

A KLM vai passar a "voar" de comboio

A KLM, que já tinha sugerido que se voasse menos e se viajasse mais de comboio, confirmou que vai retirar um dos voos Bruxelas-Amesterdão, passando os passageiros a efetuar a rota sobre carris, num comboio …

Cientistas fazem reconstrução facial de um guerreiro escocês do séc XV

Cientistas reconstruiram digitalmente o rosto daquele que terá sido um membro poderoso de um clã do século XV da Escócia, que terá morrido num violento conflito com um clã vizinho. Corria o ano de 1957 quando …

Estudo mostra que os golfinhos também já são resistentes aos antibióticos

Um novo estudo realizado nos Estados Unidos mostra que os golfinhos Tursiops truncatus também já mostram resistência aos antibióticos. Não é segredo que os seres humanos usam demasiados antibióticos, tanto que estamos a desenvolver uma resistência …

Indígenas famosos pela sua saúde cardíaca começaram a usar óleo de cozinha (e a engordar)

O povo Tsimane, que vive na Bolívia, tem permanecido relativamente afastado do mundo exterior durante várias gerações, prosperando da terra e praticando formas tradicionais de caça, pesca, agricultura e recolha de alimentos. Durante vários anos, sabe-se …

Mais de 150 detidos em protestos violentos em Paris. Desta vez, sem coletes amarelos

As autoridades francesas detiveram este sábado mais de 150 pessoas numa nova jornada de protestos em Paris, onde coincidiram uma manifestação dos coletes "amarelos" com outras dois em defesa do clima e contra a reforma …

UE deteta 50 a 80 casos de desinformação e fake news russas por semana

O grupo de trabalho do Serviço Europeu de Ação Externa contra a desinformação russa deteta, semanalmente, entre 50 e 80 casos, num total de mais de 6.300 situações identificadas desde 2015, que têm vindo a …

Moreirense 1-2 Benfica | Rafa abre caminho à reviravolta

O Benfica sofreu a bom sofrer para levar de vencida o Moreirense, em casa deste, por 2-1. Os homens da casa marcaram primeiro, por Luther Singh, logo no arranque do segundo tempo, e estiveram na …

Bernardo Silva faz o primeiro 'hat-trick' da carreira na maior goleada de sempre do City

O avançado português Bernardo Silva fez este sábado o primeiro ‘hat-trick’ da carreira na vitória por 8-0 do Manchester City frente ao Watford, em jogo da sexta jornada da Liga inglesa de futebol. David Silva abriu …