Fica mais barato ter robôs a embalar batatas que aumentar salários na McDonalds

Spyro1997 / DeviantArt, skynet_04 / Flickr

-

A polémica declaração é de Ed Rensi, antigo presidente da multinacional de fast-food McDonald’s, e para já é “apenas um protesto”. Mas há quem esteja a testar a ideia.

Segundo Ed Rensi, “fica mais barato comprar robôs de 35.000 dólares do que contratar empregados, não tão eficientes, e pagar-lhes 15 euros por hora para embalar batatas fritas”.

A afirmação de Rensi surge na sequência da campanha em curso nos Estados Unidos para estabelecer o pagamento de um salário mínimo de 15 dólares por hora aos empregados da restauração fast-food.

Segundo a revista Forbes, Rensi clarificou que estas afirmações “eram um simples protesto, não propriamente uma linha de orientação” para uma nova estratégia neste sector da economia.

Mas uma tal nova estratégia, ainda segundo Rensi, poderá vir a envolver todas as áreas da economia americana que actualmente dão a emprego a trabalhadores “indiferenciados ou pouco qualificados”.

No actual paradigma, o ex-presidente da McDonald’s deixa no ar o alarme: no dia em que entrar em acção um verdadeiro exército de robôs, o desemprego poderá disparar.

Mas a McDonald’s não é a única empresa à procura de soluções neste capítulo.

Segundo diversos órgãos de informação na área de economia, várias cadeias de restaurantes estão a implementar soluções para fazer face à previsível subida do salário mínimo dos empregados ligados à restauração.

Entre estas empresas estão a Car’ls Jr., a Hardee’s e a Wendy’s, que estão a testar modelos de restaurantes em que os automatismos desempenhem a uma grande parte das funções actualmente desempenhadas por humanos.

Curiosamente, na China, dois dos restaurantes que contrataram robôs como empregados de mesa já encerraram – e um terceiro continua aberto, mas foi obrigado a despedir os seus robôs por “não saberem trabalhar”.

Entretanto, algumas destas experiências já chegaram mesmo a Portugal.

É o caso, na própria McDonald’s, dos postos de encomenda automática que a empresa já instalou em quase todos os restaurantes.

Para já, o sistema ainda requer mais funcionários no local a explicar como funciona, do que os que seriam necessários a atender os pedidos.

Mas tal será uma situação seguramente temporária, até ao dia em que nos habituemos a usar os enormes écrãs interactivos.

E nesse dia, mal nos lembraremos de que “antigamente” havia pessoas ao balcão a perguntar se queríamos ketchup.

ZAP / TCP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Se fosse por mim, dispensava tudo quanto é pessoa, e acostumava os robôs a consumir (e pagar) essa maravilhosa comidinha de plástico que produzem.

  2. Ora nem mais…
    Mas infelizmente a grande, grande, maioria não passa duma carneirada…
    Se bem publicitada, até pagavam para comer merdda!!!

  3. Moral da historia, não contratam mais pessoas, compram-se máquinas, como as pessoas não tem emprego, não tem dinheiro para ir ao McDonald’s e as batatas fritas ficam para o Ed Rensi.

RESPONDER

John Cleese esgota três coliseus em 48 horas

John Cleese vai estar no Coliseu de Lisboa com “Last Time To See Me Before I Die” durante três dias. O humorista britânico esgotou as três datas em apenas 48 horas. Durante esta madrugada (10), a …

Descoberta no Egito múmia de grande animal semelhante a um leão

O Ministério das Antiguidades egípcio anunciou esta segunda-feira que uma equipa de arqueólogos desenterrou uma múmia de um grande animal incomum, semelhante a um leão ou uma leoa. “É um animal muito estranho, como um gato …

Ex-agentes da DEA revelam detalhes da vida de Escobar na prisão que o próprio construiu

Dois dos agentes do DEA, que durante mais de um ano participaram na operação de captura de Pablo Escobar, revelaram alguns detalhes sobre a vida do narcotraficante e ex-líder do cartel de Medellín na prisão La …

Num jardim zoológico da Austrália, há concertos ao vivo (para entreter os elefantes)

https://vimeo.com/372400002 O jardim zoológico de Melbourne está a desenvolver um programa mundial de músicos para tocar para a sua multigeracional manada de elefantes asiáticos em perigo de extinção para que melhore a ligação entre os seis …

Montijo: ANA pede mais tempo para analisar medidas de mitigação ambiental

A ANA – Aeroportos de Portugal pediu à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) uma prorrogação do prazo para analisar as medidas de mitigação propostas pela entidade na Declaração de Impacte Ambiental (DIA) do futuro aeroporto …

Sérgio Conceição ultrapassa número de jogos de José Mourinho

No jogo deste domingo, que o FC Porto acabou por vencer o Boavista com um golo solitário de Alex Telles, Sérgio Conceição cumpriu o seu 128.º jogo como treinador dos dragões - mais uma partida …

Governo australiano acusado de censurar livro sobre história de Timor-Leste

O Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano está alegadamente a tentar censurar partes do primeiro de dois volumes da história de operações militares em Timor-Leste, o dedicado à Força Internacional para Timor-Leste (Interfet), segundo revelou a imprensa …

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …

Pai que fugiu por 15 países com os dois filhos no ano passado encontrado pela PSP

O pai mudou 15 vezes de país com as crianças desde o verão passado sempre sem o consentimento da mãe e sem que a mãe tivesse qualquer notícia do paradeiro dos filhos, revela a PSP. A …

Daesh está a tentar criar um novo Estado islâmico nas Filipinas

Há dois anos que a bandeira negra do Daesh deixou de esvoaçar no topo de um edifício da cidade de Marawi, em Mindanau, no sul das Filipinas, e o Presidente, Rodrigo Duterte, declarou tê-lo derrotado. …