Festival de Berlim admite papel ativo do seu fundador na propaganda nazi

Photo Tractatus / Flickr

O ministro da Propaganda da Alemanha nazi, Joseph Goebbels, a premiar uma criança – Willi Huebner -, com a Cruz de Ferro. As crianças foram amplamente recrutadas durante a última defesa de Berlim, em 1945

A investigação do festival de cinema de Berlim, sobre o passado nazi do seu fundador e primeiro diretor, Alfred Bauer, concluiu que este foi um alto-funcionário do regime de Hitler, sob a tutela direta de Joseph Goebbels.

Realizada por iniciativa da Berlinale, a investigação comprovou o papel ativo de Alfred Bauer na direção da máquina nazi de apoio à produção cinematográfica, dependente do Ministério da Propaganda de Joseph Goebbels, assim como a sua determinação em eliminar vestígios desse passado, após a morte de Adolf Hitler e a queda da Alemanha Nazi, no termo da II Guerra Mundial.

“O papel de Bauer na direção-geral do cinema do III Reich foi mais relevante do que se pôde supor” até agora, reconheceu a direção da Berlinale, numa mensagem divulgada na quarta-feira, citada na quinta-feira pela agência Lusa.

As suspeitas sobre o passado nazi de Bauer surgiram em janeiro, pouco após a apresentação da 70.ª edição do Festival Internacional de Cinema de Berlim, a primeira sob a direção colegial do programador italiano Carlo Chatrian e da curadora neerlandesa Mariette Rissenbeek.

Uma investigação do jornal Die Zeit concluiu na altura que Alfred Bauer tinha ocupado um cargo dirigente no partido nazi de Hitler.

O prémio com o seu nome, o terceiro mais importante do certame, foi desde logo retirado da 70.ª edição do festival, realizada em fevereiro, e foi dado início a uma investigação independente, entregue ao Instituto de História Contemporânea (IfZ) da Alemanha.

A direção da Berlinale encarregou o IfZ de levar a investigação o mais longe possível, quanto às revelações que comprometiam o festival nascido no pós-guerra, com apoio dos aliados ocidentais.

Os factos colocam Bauer num cargo de topo da Direção-Geral de Cinema do III Reich, criada em fevereiro de 1942, pelo ministro Joseph Goebbels, o ‘braço direito’ de Hitler para a propaganda nazi. Na altura, Bauer completava 30 anos.

st3pp3nw0lf / Flickr

A cidade de Dresden é frequentemente palco de confrontos entre manifestantes neonazis e antifascistas

Este organismo tinha por objetivo não só alimentar essa propaganda, mas também promover o controlo dos profissionais, como atores, realizadores, argumentistas, todo o pessoal técnico, e de verificar a sua ligação ao regime, o seu passado, antecedentes familiares e interesses pessoais.

O historiador Tobias Hof, que dirigiu a investigação, sublinha, nas conclusões, que Bauer contribuiu ativamente para o funcionamento, estabilização e legitimação do nazismo, através das suas funções, e que tal facto não o impediu de seguir uma carreira no cinema, após a II Guerra Mundial.

Segundo os dados agora desvendados, em 1933, ano da chegada de Hitler ao poder, o futuro diretor da Berlinale fez parte das brigadas SA, conhecidas pelas ações de extrema violência que sustentaram a afirmação inicial de Hitler e, em 1937, aos 25 anos, passou a militante do Partido Nacional Socialista (NSDAP).

A investigação comprovou igualmente que, após a II Guerra Mundial, Bauer passou incólume pelo programa de desnazificação das forças aliadas (1945/1947), falseando o passado, com uma teia de “meias verdades”, ocultando a sua proximidade a Goebbels e chegando mesmo a construir uma imagem de inimigo do regime de Hitler.

Estas revelações levaram a codiretora do festival Mariette Rissenbeek a interrogar-se sobre “personalidades que marcaram a cultura alemã do pós-guerra” e a sublinhar a necessidade de “prosseguirem as investigações”, nesta parte da história do cinema alemão.

Para Rissenbeek, os factos desvendados “constituem um elemento importante no processo de compreensão do passado nazi das instituições culturais fundadas após 1945”.

Alfred Bauer morreu em 1986, com 74 anos. O prémio com o seu nome, entregue pela primeira vez no ano seguinte, em homenagem ao fundador do certame, destinava-se a distinguir os filmes mais inovadores do cinema, e os seus autores.

Os realizadores Alain Resnais, Andrzej Wajda, Denis Côté, Léos Carax, Lucrecia Martel e Zhang Yimou foram alguns dos distinguidos com o prémio, à semelhança do português Miguel Gomes, pelo seu filme “Tabu”, em 2012. Realizada todos os anos, em fevereiro, a Berlinale é um dos principais festivais de cinema da Europa, a par de Cannes e Veneza.

  // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Detidos três suspeitos da morte de jovem no metro das Laranjeiras

Três pessoas foram detidas por suspeita da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa, informou a Polícia Judiciária (PJ). Em comunicado, a PJ adiantou que, em colaboração com a …

Mais 500 pessoas foram obrigadas a abandonar as suas casas em La Palma

500 pessoas juntaram-se, esta quinta-feira, às milhares que já foram obrigadas a abandonar as suas casas na ilha espanhola de La Palma, quando um rio de lava se aproximou de uma povoação junto à costa, …

Messi no PSG

"Messi, dá-me a tua camisola e eu dou-te a minha mãe"

Grande jogo em Paris, golo de André Silva, bis de Messi, mas uma criança também foi o centro das atenções. Os nomes das equipas já prometiam espectáculo e houve mesmo: o Paris Saint-Germain ganhou em casa …

Portugal com mais oito mortes e 865 casos de covid-19

Portugal registou, esta quinta-feira, mais oito mortes e 865 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 865 novos …

O empresário John Textor

Direcção do Benfica e John Textor em reunião

Benfica informou que houve um encontro entre o empresário e dois vice-presidentes do clube, que querem saber mais sobre as intenções do norte-americano. John Textor esteve no Estádio da Luz, nesta quinta-feira. O empresário foi recebido …

BE e PCP fazem pressão e Carlos César questiona: "Sentem-se melhor a fazer oposição ou a fazer acordos?"

O presidente do PS defendeu, esta quinta-feira, que Bloco e PCP têm de esclarecer "o que os move" nas negociações orçamentais: se preferem fazer oposição a um Governo de direita ou fazer acordos com um …

Apenas 14% das vacinas prometidas aos países mais pobres foram efetivamente entregues

Apesar das promessas deixadas por muitos dos países mais ricos e desenvolvidos, número de vacinas que chegou aos territórios é ainda muito baixo, o que pode comprometer os avanços já conseguidos. Apenas uma em sete doses …

Presidente da Coreia do Sul anuncia fracasso da colocação de satélite em órbita

O primeiro foguetão espacial fabricado pela Coreia do Sul falhou a colocação em órbita da sua carga, um satélite simulado de 1,5 toneladas, apesar de o lançamento ter tido sucesso, disse o Presidente do país. O …

Juízes recusam suspender julgamento de Ricardo Salgado

O juiz que está a julgar o ex-presidente do Banco Espírito Santo (BES), no âmbito da Operação Marquês, recusou suspender o julgamento, depois de a defesa ter alegado o facto de ter sido diagnosticado Alzheimer …

Quadro de Van Gogh, que esteve nas mãos dos nazis, vai a leilão. Deverá render 25 milhões de euros

Uma pintura de Vincent van Gogh vai ser leiloada no próximo mês, depois de mais de um século sem ser vista em público. Estima-se que o preço de venda chegue aos 25 milhões de euros. O …