Fernando Negrão candidato a líder parlamentar do PSD

Manuel de Almeida, Lusa

Maria Luís Albuquerque, ex-ministra das Finanças, com Fernando Negrão, ex-ministro da Justiça

O deputado e ex-ministro social-democrata anunciou, esta quinta-feira, aos deputados que é candidato à liderança parlamentar do PSD, nas eleições marcadas para a próxima semana.

Em conferência de imprensa depois de ter anunciado aos deputados que se candidatará às eleições da próxima quinta-feira, Fernando Negrão avançou que proporá como primeiro vice-presidente da bancada Adão Silva – que apoiou Rui Rio na disputa interna, ao contrário do candidato, um destacado apoiante de Pedro Santana Lopes.

Questionado se a sua candidatura foi uma decisão sua ou se teria sido por indicação de Rui Rio, o ex-ministro explicou terem existido duas conversas com o presidente eleito, uma antes e outra depois da decisão.

“Eu tive uma conversa com o dr. Rui Rio sobre o grupo parlamentar em que falámos e discutimos a vida parlamentar. De seguida, apresentei a minha candidatura depois de terem sido convocadas as eleições e tive depois conversa sobre a candidatura, em que o dr. Rui Rio manifestou agrado acerca da mesma”, afirmou. Para o candidato, esse diálogo com Rui Rio “teria de existir”.

“Em primeiro lugar, por razões de cortesia, devia falar com o presidente eleito do PSD. Também porque o líder do grupo parlamentar – sempre foi assim – deve e tem de se articular com a direção do partido”, afirmou.

Questionado se não defendeu, perante Rio, a continuidade de Hugo Soares, Negrão respondeu que esse tema não foi abordado. “Falámos sobre a possibilidade de nomes para líderes parlamentares. Porventura, teremos partido os dois do princípio de que esta liderança não se manteria”, afirmou.

Na missiva aos restantes deputados da bancada, Fernando Negrão começa por saudar o ainda líder parlamentar Hugo Soares e a direção que “agora cessa funções, o que aconteceu por vontade dos próprios“, reconhecendo o seu trabalho “muito válido e competente de oposição a uma falsa, contraditória e nociva maioria que, em detrimento dos interesses de Portugal e dos portugueses, tem como prioridade quase exclusiva a manutenção do seu poder”.

“É, pois, neste espírito e após disso ter dado nota ao presidente eleito do nosso partido, com uma forte vontade de inclusão, através da valorização das equipas de coordenação e de cada um dos colegas, que venho dar-lhes conta da minha candidatura a presidente do Grupo Parlamentar”, refere o deputado.

Hugo Soares anunciou que iria “devolver a palavra aos deputados para eleger uma nova direção parlamentar”, depois de Rui Rio lhe ter manifestado o desejo de trabalhar com outra liderança de bancada.

Sobre os motivos que o presidente eleito do PSD lhe terá dado para não querer continuar a trabalhar consigo, Hugo Soares frisou que Rui Rio “não tem de explicar motivos nenhuns“.

Para o social-democrata, a conversa com o novo líder “era a condição que faltava” para tomar a decisão de convocar eleições para a próxima semana, dia 22. O ainda líder da bancada agradeceu aos colegas que o elegeram “há cerca de seis meses com 85% dos votos” e assegurou que se manterá “na primeira linha de combate político ao PS”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"É uma treta". Ronaldo publica (e depois apaga) crítica a teste à covid-19

O futebolista Cristiano Ronaldo, capitão da seleção portuguesa, modificou a publicação efetuada esta quinta-feira no Instagram, tendo retirado a frase “PCR é uma treta”, em referência ao teste de despiste à presença do novo coronavírus. Um …

PSD confiante em geringonça, mas Ventura lembra que não tem "duas caras". Carlos César quer PS no poder

Com a solução governativa dos Açores em aberto, André Ventura já disse que está fora de questão integrar uma geringonça com "partidos do sistema", mas admite viabilizar um Governo do PSD na região com algumas …

Lage rasga elogios a João Félix. "Vai ser uma das referências do futebol europeu e mundial"

O antigo técnico do Benfica Bruno Lage teceu rasgados elogios ao internacional português João Félix, que esta terça-feira somou dois golos e fez uma boa exibição no jogo do Atlético de Madrid frente ao RB …

"Sentimo-nos em Itália". Médicos do Tâmega e Sousa contradizem hospital e reiteram situação de rutura

Médicos do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) ouvidos pelo semanário Expresso reiteram que os hospitais que integram o centro, o de Penafiel e o de Amarante, se encontram perto da rutura, contradizendo a …

Vieira reeleito em votação histórica para o sexto (e último) mandato

O presidente do Benfica esta quarta-feira eleito para um sexto mandato, manifestou "orgulho" por vencer o ato eleitoral mais concorrido da história do clube e apelou a que os benfiquistas "respeitem os resultados" do escrutínio. "Vencer …

Bélgica anuncia confinamento parcial. Ministro visita hospital e mostra-se "chocado" com o que viu

O chefe do governo federal na Bélgica anunciou ontem novas medidas de confinamento que entraram em vigor à meia-noite em todo o território. Em causa está uma crescente preocupação com o aumento de infetados que, …

O caso mais antigo de osteopetrose foi descoberto no esqueleto de um homem da Idade do Ferro

Uma equipa de cientistas alemães descobriu o caso mais antigo conhecido de osteopetrose, ou doença dos "ossos da pedra", nos restos mortais de um homem de 20 anos da Idade do Ferro. A osteopetrose é uma …

Orçamento sem favas contadas. Governo depende mais do PCP (que aproveita para apertar o cerco)

A aprovação do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, que contou com o voto contra do Bloco de Esquerda e a abstenção do PCP, deixou o Governo mais dependente da apreciação final do documento …

Oito em cada 10 portugueses é a favor do recolher obrigatório. Metade rejeita novo confinamento

Uma sondagem da Aximage para o Jornal de Notícias e TSF concluiu que a maioria dos portugueses é favor de que Portugal adote o recolher obrigatório, mas é contra um novo confinamento. De acordo com a …

Pinto da Costa avança com queixa-crime contra Frederico Varandas

O presidente do FC Porto anunciou, esta quarta-feira, que vai avançar com uma queixa-crime contra o seu homólogo do Sporting devido às declarações proferidas a 23 de outubro. "Não costumo falar de processos judiciais e como …