Feministas invadiram barbearia só para homens (e cães)

Grupo de activistas invade a Figaro’s Barbershop, barbearia interdita a senhoras

Este sábado, pelas 18h, um grupo de mais de 15 pessoas, na sua maioria mulheres, com a cara tapada, invadiu a Figaro’s Barbershop, em Lisboa, num protesto contra a política da barbearia que veda a entrada a mulheres.

A barbearia Figaro’s Barbershop, na baixa lisboeta, apresenta-se como um expaço exclusivo para homens e cães.

Os ativistas, homens e mulheres, com a cara tapada com lenços e máscaras de formas canídeas, entraram na loja situada na Rua do Alecrim, junto ao Cais do Sodré, a imitar o ladrar de cães.

No vídeo divulgado no blog do grupo feminista Interpolação, intitulado “Ninguém nasce cão”, é possível ver os funcionários da Figaro’s a tentar fechar a porta e expulsar os manifestantes.

“Uma loja que, na sua porta, adopta um discurso misógino, faz um gesto político: intervém no espaço público com uma narrativa de exclusão não muito diferente das lógicas segregacionistas que pensávamos terem ficado lá atrás, no passado”, lê-se no blog do grupo, que termina com o aviso “Mas isto é só o início.”

Os responsáveis da barbearia garantem que estas “provocações cobardes não farão com que a Figaro’s se desvie do conceito comercial que tem adoptado e que tem, felizmente, agradado ao público a que os serviços se destinam”.

Paulo Espírito Santo, funcionário da barbearia, responde ao DN que “os invasores não deixarão de ser responsabilizados em sede própria, tanto a nível penal como civil”.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Ena pa! Acho muito bem! Se as esteticistas ja sao unisexo para os homens poderem rapar as pernas, acho bem que as mulheres possam entrar livremente nas barbearias para fazerem o buço e rapar o cabelo. Mais ainda, abaixo a discriminação dos veterinários! Tosquia para todos!
    Oh pa, não gostam, não comam! Quem se manifesta desta forma, não tem mais nada para fazer. Há tanta miséria no mundo, há tanto a fazer por quem nos rodeia, deixem-se de querer problemas!

  2. Estas feministas com tanta igualdade agora até têm barba! E os ditos homens desta manif pelo contrário já não a fazem, pois agora depilam-se totalmente e permanentemente nos salões de estética.

    Porque não se manifestam pela discriminação sexual dos WC públicos?
    Ou, pelos anúncios de trabalho nas obras?

    E já agora, onde pára a liberdade de expressão? Isto é apenas uma ilustração cómica! Ou não perceberam isso?

    Ah! Pois, isso é só para aqueles muçulmanos mauzões lá de fora, que este pessoal “civilizado” arrumou uma valente arruaça por causa de valores maiores e grandiosos.

  3. Sem querer ser mauzinho, embora não se perceba lá muito bem a admissão de cães (barbear não é tosquiar), a palavra barbearia devia ser por si só suficientemente dissuasora para qualquer mulher. Afinal trata-se de fazer a barba. O mau gosto, por parte dos proprietários, é explicitamente interditarem o acesso a mulheres, o que torna o gesto ofensivo.

RESPONDER

Protestos continuam em Londres. Ativistas invadem centro financeiro

Centenas de ativistas pelo clima do grupo Extinction Rebellion invadiram esta segunda-feira o centro financeiro de Londres para manifestarem repúdio por as grandes corporações financiarem os combustíveis fósseis. Muitos manifestantes, protegidos da intensa chuva com lonas …

"Tenho muitas dívidas, muito financiamento por pagar"

Isabel dos Santos explicou em entrevista à Lusa a origem dos seus investimentos, salientando serem totalmente privados, o que a levou a criar muitas dívidas. Disse ainda que os empresários têm dificuldade em trabalhar e …

Estados Unidos autorizados a aplicar taxas sobre produtos europeus

A Organização Mundial do Comércio (OMC) autorizou oficialmente esta segunda-feira os Estados Unidos a aplicar taxas alfandegárias sobre 7500 milhões de dólares de importações oriunda da União Europeia devido aos subsídios dados à Airbus. A OMC …

Tribunal rejeita providência cautelar requerida pela Ordem dos Enfermeiros contra ministério

O Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa rejeitou a providência cautelar pedida pela Ordem dos Enfermeiros (OE) contra o Ministério da Saúde no processo de sindicância à OE, anunciou esta segunda-feira o Governo. Em comunicado, o …

Paraísos fiscais. Portugal transferiu 672 milhões em 2018

Os bancos a operar em Portugal transferiram 672 milhões de euros no ano passado para territórios que constavam das listas de offshores problemáticos da União Europeia. Em 2018, os bancos a operar em Portugal transferiram 672 …

Discurso da Rainha. Entre crime, saúde e imigração, o Brexit foi destaque

Várias propostas de lei relacionadas com o Brexit destacam-se no programa do governo britânico para os próximos meses apresentado esta segunda-feira pela rainha Isabel II no parlamento, o qual inclui a implementação de um eventual …

Conservadores polacos vencem legislativas com maioria absoluta

Os conservadores nacionalistas no poder na Polónia venceram as eleições legislativas com 45,16% dos votos, de acordo com os resultados oficiais que se referem à contagem de 82,79% das circunscrições. O partido conservador eurocético Lei e …

Ambulâncias rejeitadas no Hospital de Setúbal por sobrelotação das urgências

Ambulâncias que chegavam ao Hospital de São Bernardo, em Setúbal, durante a tarde de domingo, foram encaminhadas para outros hospitais. As urgências do centro hospitalar estavam sobrelotadas. Entre as 12h e as 16h30 deste domingo, o …

Professores regressam à greve ao trabalho extraordinário

A paralisação poderá comprometer as avaliações intercalares dos alunos, alertam os sindicatos que pedem o cumprimento do horário de 35 horas semanais. A greve dos professores ao trabalho extraordinário regressa esta segunda-feira às escolas, sem data …

Caos na Síria. Bombardeamentos turcos levam à fuga de centenas de militantes do Daesh presos

Cerca de 800 militantes do Daesh fugiram neste domingo da prisão de Ain Issa, de acordo com a administração autónoma curda, que acusa a Turquia de ter dado “cobertura aérea” para que a fuga fosse …