/

FBI já apurou a causa da morte de três turistas na República Dominicana

3

Testes toxicológicos apresentados esta semana pelo FBI determinaram que a morte de três turistas norte-americanos na República Dominicana se deveu a causas naturais, avança o jornal New York Times.

De acordo com o diário, no caso destas três mortes ficaram descartadas as hipóteses que sustentavam que as mortes estariam relacionadas com bebida alcoólicas alteradas, revelou um porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos.

Os especialistas levaram a cabo testes toxicológicos em três casos que pareciam ser os mais suspeitos, incluindo o casal de Maryland Nathaniel Edward Holmes e Cynthia Ann Day, de 63 e 49 anos, respetivamente, que foi encontrado sem vida no quarto de hotel.

Os resultados levaram a equipa a concluir que as mortes ocorreram naturalmente.

A conclusão do FBI está em linha com a versão apresentada pelas autoridades dominicanas, que encontraram sinais de insuficiência respiratória.

Em julho último, investigações levadas a cabo pelas autoridades da República Dominicana também confirmaram que o 11.º norte-americano que morreu em menos de um ano na República Dominicana faleceu de causas naturais.

Os resultados apresentados parecem não convencer a família das vítimas. Steven E. Bullock, advogado da família  de Maryland Nathaniel Edward Holmes e Cynthia Ann Day, sustenta que a morte de ambos justifica uma nova investigação.

“Houve um casal que morreu da mesma condição e ao mesmo tempo, e [as autoridades] querem dizer que são causas naturais”, disse Bullock recorrendo ao sarcamos, frisando que é necessário continuar a procurar explicações.

  ZAP //

3 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.