FBI encontra segundo suspeito. Trump quer pena de morte para terrorista

St Charles County Police Dpt.

O suspeito do ataque de Manhattan, Sayfullo Saipov

O FBI encontrou o segundo suspeito com ligações ao atentado de terça-feira, que matou oito pessoas e fez 12 feridos. Entretanto, o Presidente dos Estados Unidos quer que o alegado autor do ataque seja condenado à pena de morte.

Um segundo homem do Usbequistão que era procurado pelo FBI por ligação ao atentado de terça-feira em Nova Iorque foi localizado pelas autoridades, que não deram mais detalhes sobre onde o indivíduo foi encontrado ou porque é que era procurado.

Entretanto, a procuradoria de Manhattan acusou de terrorismo Sayfullo Saipov, o suspeito do atentado que fez oito mortos e 12 feridos. Em tribunal, foi acusado de cometer um atentado em nome do Estado Islâmico.

Na acusação, refere-se que foi um ato deliberado e os investigadores afirmaram ter encontrado um telemóvel na posse de Saipov com propaganda do grupo terrorista. O homem foi alvejado pela polícia e está hospitalizado, tendo ontem sido presente a tribunal numa cadeira de rodas.

O Presidente dos EUA, Donald Trump, defendeu que o atacante deveria ser condenado à pena de morte: “O terrorista de NYC estava contente, pediu para que a bandeira do ISIS fosse pendurada no seu quarto no hospital. Matou oito pessoas e feriu gravemente 12. Deve ser condenado à pena de morte!“, escreveu no Twitter.

Apesar de o estado de Nova Iorque não prever a pena capital, tendo a prisão perpétua como pena máxima, Saipov pode ser condenado à morte num julgamento federal por terrorismo.

Trump já tinha admitido enviar o “animal”, como o descreveu, para a prisão de Guantánamo. “Com certeza que vou considerar isso. Enviá-lo para Gitmo“, disse, numa conferência de imprensa, usando o diminutivo atribuído à base militar norte-americana situada em Cuba que o anterior Presidente Barack Obama prometeu fechar, mas não o fez.

No ataque de terça-feira, uma carrinha conduzida pelo imigrante uzbeque foi para cima de uma ciclovia e atropelou várias pessoas, matando cinco argentinos, dois norte-americanos e uma belga.

Saipov, de 29 anos, chegou aos Estados Unidos em 2010 e estabeleceu-se no estado do Ohio. Segundo o jornal New York Times, casado e com dois filhos, trabalhava como motorista da Uber e já estaria no radar da polícia norte-americana.

“Ele era muito gentil. Parecia gostar dos EUA. Estava sempre feliz, falador, dizia que estava tudo bem. Não se parecia com um terrorista, mas eu não o conhecia assim tão bem”, disse um seu conterrâneo ao NYT.

Na mesquita que frequentava uma ou duas vezes por mês era visto como calado, sem se lhe conhecerem pontos de vista radicais. No entanto, outros imigrantes uzbeques que o conheciam descrevem-no como conflituoso, capaz de ser agressivo quer por causa de discussões triviais quer por conversas sobre temas como o Médio Oriente.

O mais recente ataque foi o primeiro em Nova Iorque com registo de mortes desde os atentados contra o World Trade Center em 11 de setembro de 2001.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Pena de morte que deverá ser lenta para que a saboreie bem e se recorde nessa hora do sofrimento dos que assassinou e dos familiares que cá ficaram, quanto ao Trump que faça valer o que prometeu quanto a esta espécie de gente e os ponha dos USA para fora.

RESPONDER

Peça que terá sido usada no batismo de D.Maria II está à venda. Estado não a compra por ser demasiado cara

Há uma semana que está à venda uma peça que pertenceu à coroa portuguesa. Terá pertencido à família real depois do Terramoto de 1755 e, de acordo com o antiquário que agora a comercializa, terá …

"Dupla pancada". Vítimas de violência doméstica são deixadas ao abandono sem indemnização

Mais de 80% das vítimas de violência doméstica, a maioria mulheres, não recebem indemnizações, nem dos agressores nem do Estado. Se as vítimas não tiverem sofrido uma incapacidade para o trabalho por um período igual ou …

Ministério Público declara ilegal eleição de André Ventura

Ministério Público invalidou a mudança nos estatutos do Chega, incluindo a eleição direta de André Ventura. O líder do partido admite um novo congresso. No início do mês, o Ministério Público (MP) pediu ao Tribunal Constitucional …

Ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos demite-se por causa do Afeganistão

Sigrid Kaag demitiu-se do seu cargo de ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos, depois de o Parlamento considerar que o Governo fez uma má gestão da retirada de cidadãos do Afeganistão. A ministra dos Negócios …

Rio "atirou" Costa aos macacos e pediu aos eleitores que "penalizem" o descaramento do PS

Rui Rio afirma nunca ter visto um "desplante" semelhante ao do PS no que respeita a promessas eleitorais como o que está a acontecer na atual campanha para as autárquicas. Mais um dia, mais uma capelinha. …

Boris quer destronar Thatcher com mais uma década no poder

Há quem acredite que o atual primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, quer bater o recorde de Margaret Thatcher, que exerceu o cargo de 1979 a 1990. Um membro do Governo britânico terá dito ao The Times que …

Itália passa a exigir certificado verde a todos os trabalhadores

Medida é das mais restritivas atualmente em vigor no mundo inteiro, já que todos os regimes de obrigatoriedade que vigoram atualmente aplicam-se sobretudo a profissionais do setor da saúde. A partir de 15 de outubro, itália …

Com receio de que violência negacionista possa escalar, PSP reforça segurança pessoal de políticos

As forças de segurança temem que a violência negacionista aumente e o movimento atraia pessoas desequilibradas. No passado sábado, vários negacionistas, reunidos em mais uma manifestação, desta vez com o mote “Pelas nossas crianças – Rumo …

Promessa eleitoral de Costa em Coimbra arranca um aviso da CNE. Rio ficou "chocado"

António Costa tem estado activo na campanha eleitoral, ao lado dos candidatos do PS às autárquicas, e até sacou da cartola uma maternidade em Coimbra. Uma promessa que deixou Rui Rio "chocado" e que leva …

O voto que dá que falar. "Não há um centímetro quadrado de Portugal que seja indigno" do Constitucional

Três juízes do Tribunal Constitucional contestaram o parecer dos seus pares que considera "desprestigiante" a mudança deste órgão de Lisboa para Coimbra, mas é o voto contra de Mariana Canotilho que dá que falar, uma …