Autor do atentado de Nova Iorque: lobo solitário, motorista Uber

As autoridades americanas identificaram o homem acusado de atropelar peões e ciclistas no sul de Manhattan, em Nova Iorque, na tarde de terça-feira, como sendo como o uzbeque Sayfullo Saipov.

De acordo com as primeiras informações, Sayfullo Saipov, de 29 anos, casado e com dois filhos, é um imigrante do Uzbequistão, que terá chegado aos Estados Unidos em 2010, tendio-se estabelecido na cidade de Tampa, na Flórida.

Na tarde desta terça-feira, Saipov atropelou pedestres e ciclistas na marginal de Manhattan, antes colidir com um autocarro escolar – após o que terá saído do veículo com uma arma de ar comprimido e uma de paintball, avançando contra pedestres gritando “allahu akbar“, árabe para “deus é grande”.

Após uma tentativa de fuga, foi atingido no abdómen e detido após confronto com a polícia, tendo sido hospitalizado com “ferimentos graves” e sujeito a uma intervenção cirúrgica. Oito pessoas morreram e pelo menos doze ficaram feridas no ataque. Entre os mortos, estão cinco argentinos, uma belga e dois americanos.

As investigações indicam que Saipov estava a viver, nas últimas semanas, em Paterson, Nova Jersey, onde terá alugado a carrinha pickup da Home Depot usada no ataque.

Segundo o jornal americano The New Iorque Times, Saipov chegou aos Estados Unidos em 2010, vindo de Tashkent, a capital do Uzbequistão, tendo inicialmente residido no estado do Ohio, antes de se mudar para Fort Myers, na Flórida, onde conheceu o conterrâneo Kobiljon Matkarov, de 37 anos.

“Ele era muito gentil. Parecia gostar dos Estados Unidos. Estava sempre feliz, falador, dizia que estava tudo bem. Não se parecia com um terrorista, mas eu não o conhecia assim tão bem”, disse Matkarov ao The New Iorque Times.

Dilnoza Abdusamatova, uma conhecida do suspeito, contou ao The Washington Post que Saipov esteve 15 dias com a sua família em Cincinnati, no Ohio, ao chegar aos Estados Unidos. Os seus pais eram amigos dos pais de Saipov.

Depois disso, Saipov, que tinha recebido um Green Card, o cartão de imigrante legal dos EUA, mudou-se para a Flórida para trabalhar como motorista de camiões. Mais tarde, mudou-se para New Jersey, onde começou a trabalhar como motorista da Uber.

Segundo a Uber, Saipov terá feito 1.400 viagens com passageiros, sem que o seu nome despertasse qualquer reclamação ou suspeita nas verificações de segurança feitas como procedimento de rotina.

Segundo a imprensa norte-americana, foi encontrada uma nota, redigida à mão, dentro do veículo usado no ataque. No texto, Saipov declara a sua lealdade ao grupo terrorista Estado Islâmico.

No entanto, até agora, nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque. As autoridades acreditam que se trata de um “lobo solitário”, ou seja, uma pessoa que agiu sozinha após ter sido inspirada, mas não directamente instruída pelo EI.

ZAP // BBC / RFI / Deutsche Welle

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Ronaldo volta a marcar pelo United em jogo com final frenético

O português Cristiano Ronaldo voltou hoje a marcar pelo Manchester United, mas foram Lingaard e David de Gea que ‘brilharam’ na vitória sobre o West Ham, por 2-1, em jogo da quinta jornada da Liga …

O Cumbre Vieja, num dos complexos vulcânicos mais ativos nas Canárias, entrou em erupção

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma, entrou hoje em erupção na zona de Las Manchas, depois de mais de uma semana em que foram registados milhares de sismos na região. Na zona, …

Portugal regista 677 novos casos de covid-19 e cinco mortes

Portugal registou, este domingo, 677 novos casos e cinco mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Estudo mostra como diferentes espécies de polvos coexistem no mesmo ambiente

Existem mais de 300 espécies de polvos a viver em diversos habitats que abrangem recifes de coral, leitos de ervas marinhas, planícies de areia e regiões de gelo polar. Mas de que forma cefalópodes tão …

As máquinas estão "muito longe" de serem mais inteligentes (mas muito perto de agir como pessoas)

A especialista em inteligência artificial Daniela Braga considera que as máquinas estão "muito longe" de substituírem totalmente os humanos ou serem mais inteligentes, mas estão "muito perto" de interagirem como as pessoas. "Acho que estamos muito …

Secreto e lucrativo, o mercado de venda de "fezes de cachalote" pode também ser violento

O âmbar cinza é altamente raro, mas também altamente valioso. Usada na indústria dos perfumes, o mercado deste material pode ser muito perigoso. Deixa na pele uma resina oleosa e tem um cheiro a tabaco, madeira, …

Empresa norueguesa garante que pode "parar" furacões antes que estes se tornam destrutivos

Especialistas ambientais advertem que o sistema de "cortina de bolhas" proposto pela empresa pode provocar efeitos indesejados. A OceanTherm, uma startup norueguesa, assegura que a sua nova tecnologia pode evitar que as tempestades tropicais se tornem …

Afeganistão: Familiares consideram "insuficientes" pedido de desculpas dos EUA

Familiares dos civis afegãos mortos por "engano" durante um ataque de um avião não tripulado 'drone' norte-americano no final de agosto em Cabul consideraram este sábado "insuficiente" o pedido de desculpas de Washington, numa entrevista …

Descoberta de pegadas fossilizadas em Espanha revela a existência de um "berçário" de elefantes

Pegadas fossilizadas foram encontradas numa praia no sul da Espanha e mostram o que pode ter sido o berçário de uma espécie extinta de elefantes. O local costeiro, situado na região de Huelva, estava normalmente coberto …

Morreu aos 98 anos o historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França

O historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França morreu este sábado, aos 98 anos, na casa de saúde de Jarzé, perto da cidade francesa de Angers, disse à Lusa a pintora Emília Nadal, sua …