Familiares de desaparecidos do MH370 pedem à Malásia para retomar buscas

(cv)

Uma associação de familiares dos 239 desaparecidos no voo MH370 da Malásia Airlines pediu novas buscas para que se descubra o mistério do que se passou com o avião em 8 de março de 2014.

Numa cerimónia pública realizada em Kuala Lampur, a poucos dias de se assinalarem cinco anos do desaparecimento da aeronave, o grupo “Voz 370” voltou a pedir às autoridades malaias que retomem as buscas ao avião, pela terceira vez.

“Muitos de nós continuamos a lutar cada dia, procurando respostas sobre o quê, porquê ou como, e, se for necessário, quem. Procuramos a verdade”, afirmou, durante a iniciativa, KS Barendaran, mulher de um dos desaparecidos.

“Investir na busca é investir na segurança aeronáutica mundial. Se o avião for encontrado, será um benefício para todo o mundo”, assegurou Grace Nathan, cuja mãe viajava no avião.

A cerimónia foi transmitida em direto em todas as redes sociais e contou com a presença do ministro malaio dos Transportes, Anthony Loke. “Os esforços para encontrar o avião não foram abandonados. Todavia, temos esperança de dar respostas sobre o sucedido (…) o Governo da Malásia agradece qualquer prova credível para reiniciar a busca”, assinalou o ministro.

As duas missões anteriores realizadas, centradas em parte no oceano Índico, não encontraram destroços do avião. Oliver Plunkett, diretor-geral da Ocean Infinity, empresa que realizou a segunda busca, ofereceu-se para realizar uma nova operação no fundo do mar com a condição de ser paga mediante o êxito da operação, segundo um vídeo que gravou e que foi difundido.

Depois de analisarem vários pedaços encontrados na costa leste africana e que confirmaram pertencer à aeronave, os investigadores consideram que o avião caiu no oceano Índico depois de ter consumido todo o combustível.

O voo MH370 desapareceu dos radares a 8 de março de 2014, quarenta minutos depois de ter descolado de Kuala Lampur com destino a Pequim, após alguém ter desligado o sistema de comunicação ainda que tenha mantido o aparelho ligado, de acordo com a investigação oficial.

Até ao momento, recuperaram-se 27 peças do aparelho em praias da Ilha da Reunião, Moçambique, Maurícias, África do Sul e Ilha Pemba, em Zanzibar, fragmentos que terão sido arrastados pelas correntes do Índico, o que acaba por ir ao encontro da hipótese de o avião se ter despenhado no oceano.

Destes fragmentos, os peritos confirmaram que três encontrados na Ilha de Reunião, Maurícias e Pemba pertencem ao MH370, sete outras peças, incluindo partes do interior da cabina sê-lo-ão também “com muita segurança” e outras oito têm “alta probabilidade” de pertencerem à aeronave.

Durante a cerimónia, que, pela primeira vez, foi pública, foi exibido um flaperon (parte da asa da aeronave) do avião.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Suécia pondera alterar estratégia e aplicar medidas mais drásticas em Estocolmo

Depois de um grande aumento de casos na capital do país durante a última semana, as autoridades suecas ponderam alterar toda a sua estratégia de combate à pandemia e adotar novas medidas. A Europa foi considerada …

"O PS não se pode calar." Líder parlamentar promete combate à extrema-direita

Para a líder parlamentar do PS, Ana Catarina Mendes, os tempos atuais "não estão para brincadeiras ou para aventureirismos". A líder parlamentar do PS prometeu, esta terça-feira, o combate político aos "populismos" oriundos de correntes de …

"Nem fria, nem quente." China não quer nenhuma guerra

O Presidente chinês, Xi Jinping, assegurou que o país não quer nenhuma guerra e acredita que "a Humanidade vencerá a batalha" da covid-19. Xi Jinping assegurou, esta terça-feira, que a China não quer nenhuma guerra “nem …

Pegadas com 120 mil anos mostram como é que os humanos saíram de África

Uma equipa de investigadores encontrou centenas de pegadas na Arábia Saudita que podem retratar como é que os antigos humanos saíram de África para a Eurásia. Há cerca de 120 mil anos, naquilo que hoje é …

Nélson Semedo oficializado no Wolves de Nuno Espírito Santo

O Wolverhampton oficializou esta quarta-feira nas redes sociais a contratação do português Nélson Semedo, que terminou o vínculo com o Barcelona. Depois de três épocas ao serviço da equipa catalã, o jogador de 26 anos …

Líder da JSD propõe aliança entre PSD, CDS e IL nas autárquicas de 2021

O líder da JSD, Alexandre Poço, apelou aos presidentes do PSD, CDS-PP e Iniciativa Liberal para um acordo de centro-direita nas eleições autárquicas de 2021, sublinhando que o debate político está cada vez mais …

Jota não entra nas contas de Jesus. Florentino cada vez mais perto do Mónaco

Diogo Jota e Florentino Luís devem deixar a Luz nesta temporada por empréstimo, segundo escreve a imprensa desportiva esta quarta-feira. Jota deverá em breve deixar o Benfica e rumar a Inglaterra por empréstimo, avança o …

Se o próximo Orçamento for "mais do mesmo", PCP vota contra

Se o próximo Orçamento do Estado for mais do mesmo, Jerónimo de Sousa garante que o PCP vai votar contra. Esta manhã, em entrevista à Antena 1, Jerónimo de Sousa admitiu que o PCP poderá votar …

Cientistas desenvolvem adesivo para verificar (sem dor) níveis de glicose

Cientistas desenvolveram um sensor que dizem poder penetrar a pele, sem dor associada, para conduzir testes de diagnóstico para condições de saúde como pré-diabetes. De acordo com o site Science Alert, a equipa de cientistas investigou …

Governo está "preparado" para estender moratórias (e não só)

Esta terça-feira, em entrevista à TVI, o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital disse que o Governo está "preparado para estender as moratórias bancárias" e lançar novas linhas de crédito. Pedro Siza Vieira, …