Familiares de desaparecidos do MH370 pedem à Malásia para retomar buscas

(cv)

Uma associação de familiares dos 239 desaparecidos no voo MH370 da Malásia Airlines pediu novas buscas para que se descubra o mistério do que se passou com o avião em 8 de março de 2014.

Numa cerimónia pública realizada em Kuala Lampur, a poucos dias de se assinalarem cinco anos do desaparecimento da aeronave, o grupo “Voz 370” voltou a pedir às autoridades malaias que retomem as buscas ao avião, pela terceira vez.

“Muitos de nós continuamos a lutar cada dia, procurando respostas sobre o quê, porquê ou como, e, se for necessário, quem. Procuramos a verdade”, afirmou, durante a iniciativa, KS Barendaran, mulher de um dos desaparecidos.

“Investir na busca é investir na segurança aeronáutica mundial. Se o avião for encontrado, será um benefício para todo o mundo”, assegurou Grace Nathan, cuja mãe viajava no avião.

A cerimónia foi transmitida em direto em todas as redes sociais e contou com a presença do ministro malaio dos Transportes, Anthony Loke. “Os esforços para encontrar o avião não foram abandonados. Todavia, temos esperança de dar respostas sobre o sucedido (…) o Governo da Malásia agradece qualquer prova credível para reiniciar a busca”, assinalou o ministro.

As duas missões anteriores realizadas, centradas em parte no oceano Índico, não encontraram destroços do avião. Oliver Plunkett, diretor-geral da Ocean Infinity, empresa que realizou a segunda busca, ofereceu-se para realizar uma nova operação no fundo do mar com a condição de ser paga mediante o êxito da operação, segundo um vídeo que gravou e que foi difundido.

Depois de analisarem vários pedaços encontrados na costa leste africana e que confirmaram pertencer à aeronave, os investigadores consideram que o avião caiu no oceano Índico depois de ter consumido todo o combustível.

O voo MH370 desapareceu dos radares a 8 de março de 2014, quarenta minutos depois de ter descolado de Kuala Lampur com destino a Pequim, após alguém ter desligado o sistema de comunicação ainda que tenha mantido o aparelho ligado, de acordo com a investigação oficial.

Até ao momento, recuperaram-se 27 peças do aparelho em praias da Ilha da Reunião, Moçambique, Maurícias, África do Sul e Ilha Pemba, em Zanzibar, fragmentos que terão sido arrastados pelas correntes do Índico, o que acaba por ir ao encontro da hipótese de o avião se ter despenhado no oceano.

Destes fragmentos, os peritos confirmaram que três encontrados na Ilha de Reunião, Maurícias e Pemba pertencem ao MH370, sete outras peças, incluindo partes do interior da cabina sê-lo-ão também “com muita segurança” e outras oito têm “alta probabilidade” de pertencerem à aeronave.

Durante a cerimónia, que, pela primeira vez, foi pública, foi exibido um flaperon (parte da asa da aeronave) do avião.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Chelsea e Manchester City preparam-se para sair da Superliga Europeia

Os dois clubes ingleses estão a preparar-se para se retirar formalmente da Superliga Europeia, avança, esta terça-feira, a imprensa britânica. O jornal The Guardian avançou, tal como a generalidade da imprensa britânica, que o Chelsea e …

Rússia planeia clonar e "ressuscitar" um exército cita com 3.000 anos

Há duas décadas, arqueólogos da Sibéria encontraram os restos mortais de guerreiros citas com três mil anos com os seus cavalos na República de Tuva. Agora, a Rússia quer cloná-los. O ministro da Defesa da Rússia …

Levantada imunidade parlamentar a António Gameiro, suspeito na Operação Triângulo

A comissão de Transparência aprovou, esta terça-feira, um relatório favorável ao levantamento da imunidade parlamentar ao deputado António Gameiro (PS), envolvido na "Operação Triângulo". A decisão foi tomada por unanimidade na reunião desta terça-feira da comissão …

Medina confirma que ex-vereador Manuel Salgado é um dos visados na investigação da PJ

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa confirmou, esta terça-feira, que um dos visados na investigação da Polícia Judiciária (PJ) a suspeitas de crimes de abuso de poder e corrupção é o ex-vereador do Urbanismo …

Jeff Bezos quer transformar a Amazon no "melhor empregador da Terra"

O CEO da Amazon admitiu que é preciso fazer mais pelos trabalhadores e revelou que um dos seus principais objetivos é fazer da empresa "o melhor empregador da Terra". As más condições de trabalho a que …

Montenegro "hipotecou-se" à China (e agora quer a ajuda da Europa para se libertar)

Montenegro aceitou um empréstimo gigante da China para construir uma rodovia. Agora, o minúsculo país montanhoso quer ajuda da União Europeia (UE) para pagar a dívida. A situação em Montenegro é o mais recente conflito numa …

Punir os 12 clubes da Superliga Europeia? O tiro pode sair pela culatra

A UEFA ameaça punir os clubes que participem na Superliga Europeia. No entanto, tomar medidas precipitadas pode fazer com que o tiro saia pela culatra. O mundo do futebol foi abalado pelo anúncio de uma Superliga …

Criados 280 postos para vacinar 100 mil pessoas por dia

Duzentos e oitenta postos de vacinação rápida e de resposta reforçada estão a ser criados em todo o país para se conseguir vacinar 100 mil pessoas por dia, disse esta terça-feira à agência Lusa o …

Portugal e França promovem intercâmbio de árbitros nas ligas profissionais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta segunda-feira, que vai promover, juntamente com a Federação Francesa de Futebol (FFF), um intercâmbio de árbitros. "Portugal e França vão promover um intercâmbio de árbitros no seguimento do …

Novo Banco vendeu carteira de malparado por valor inferior às próprias garantias

O deputado do PSD Alberto Fonseca apontou esta terça-feira que o Novo Banco vendeu a carteira de crédito malparado Nata II por um valor inferior às suas próprias garantias, baseando-se no relatório da Deloitte à …