Família não tem dinheiro para trasladar corpos das brasileiras mortas em Cascais

(dr)

Michelle Santana Ferreira, a sua irmã, Lidiana Neves Santana, e uma amiga desta, Thayane Mendes Dias

Michelle Santana Ferreira, a sua irmã, Lidiana Neves Santana, e uma amiga desta, Thayane Mendes Dias

A mãe de duas das jovens brasileiras desaparecidas em fevereiro em Cascais e encontradas esta sexta-feira numa fossa em Tires diz não ter condições para trasladar os corpos das jovens para o Brasil.

Em declarações ao jornal Público, Solange Santana, mãe de Michele Santana Ferreira, de 28 anos, e Lidiana Santana Neves Santana, de 16 anos, disse não ter condições financeiras para pagar a trasladação dos corpos.

O melhor será cremar, fica mais em conta, porque a minha situação financeira não dá para pagar os gastos”, declarou Solange Santana, por telefone, ao jornal.

Os corpos das três jovens brasileiras, dadas como desaparecidas desde o início do ano, foram esta sexta-feira encontrados em adiantado estado de decomposição, numa fossa próximo de um hotel para cães em Cascais.

As três mulheres tinham sido dadas como desaparecidas em fevereiro deste ano, tendo sido encontradas pela Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária.

Michele Santana Ferreira estava em Portugal há cerca de oito anos e trabalhava como empregada doméstica.

Em Novembro do ano passado, a sua irmã de 16 anos, Lidiana, veio também para Portugal e, já em Janeiro deste ano, a namorada de Lidiana, Thayane, juntar-se-lhes-ia no mesmo apartamento que pertencia a Dinai Alves Gomes.

Na origem do homicídio poderá ter estado o facto de as duas vítimas manterem uma relação.

O suspeito do crime, Dinai Alves Gomes, é um ex-funcionário do hotel de animais, de nacionalidade brasileira, que a PJ terá descoberto ser “extremamente conservador”.

O suspeito, de quem Michele Santana Ferreira estava grávida de três meses, vivia em Portugal, mas regressou ao Brasil depois de as vítimas terem desaparecido.

Segundo o Público, as autoridades acreditam que as brasileiras terão sido mortas por esfaqueamento, tendo depois os seus corpos sidos escondidos na fossa.

No entanto, apenas os relatórios das autópsias e de outras perícias posteriores poderão provar essa tese e afastar a possibilidade de terem sido mortas por afogamento.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Juventus quer esquecer drama com Ronaldo, mas colegas esperam pedido de desculpas

A Juventus vai reunir-se com Cristiano Ronaldo para resolver a situação da forma mais pacífica possível. Os colegas de equipa esperam um pedido de desculpas do português. A novela de Cristiano Ronaldo no último jogo da …

A cidade do futuro está a chegar. Volocopter promete táxis voadores já em 2022

A empresa alemã Volocopter prometeu na Web Summit que os seus táxis aéreos estarão a operar de forma comercial dentro de dois ou três anos. Em declarações ao ZAP, Alexander Zosel, co-fundador da empresa, disse …

João Mário dispensado dos trabalhos da seleção por lesão

O médio, um dos 25 convocados para os duelos de Portugal com Lituânia e Luxemburgo, de apuramento para o Euro 2020, foi dispensado da seleção nacional, esta segunda-feira, devido a problemas físicos. De acordo com uma …

12 mil anos de história genética mostram que todos os caminhos vão (mesmo) dar a Roma

Afinal, pode haver alguma verdade no famoso provérbio que diz que "todos os caminhos vão a Roma". Essa é a conclusão de investigadores que descobriram a rica história genética da área. No auge do Império Romano, …

Nuno Manta Santos anuncia saída do Marítimo

Nuno Manta Santos deixou de ser o treinador do Marítimo, anunciou, esta segunda-feira, o técnico na sua página do Facebook, deixando a equipa insular no 14.º lugar da I Liga portuguesa de futebol. A saída do …

Marcelo nota "salto" nas relações com Itália mas deixa um desafio à comunidade portuguesa

Esta segunda-feira, em Roma, o Presidente da República considerou que houve "um salto humano" nas relações luso-italianas e um "estreitamento" em termos culturais, económicos e políticos, mas pediu à comunidade portuguesa para "ir mais longe". "Agora …

Falta de funcionários. Brandão Rodrigues responsabiliza algumas escolas por atraso no processo

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, lembrou que algumas escolas demoraram a iniciar o processo de contratação de funcionários, garantindo que atualmente há muito mais assistentes e novas formas de colmatar as necessidades dos …

Cientistas inventam novo método para testar neurotoxinas letais sem usar cobaias

Os testes em animais não vão ser mais precisos relativamente a um grupo de neurotoxinas mortais, graças a uma nova investigação da Universidade de Queensland, na Austrália. Por mais benéfica que a Ciência seja para a Humanidade, …

México concede asilo a Morales. Ex-Presidente da Bolívia promete regressar "com mais força"

O ex-Presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou na segunda-feira que está de partida para o México, país que lhe concedeu asilo político, mas prometeu regressar brevemente "com mais força e energia", um dia depois de …

Avós e tios do bebé encontrado no lixo vivem em Portugal

Os avós e os tios do bebé recém-nascido encontrado, na semana passada, num caixote do lixo, em Lisboa, vivem em Portugal e já foram contactados pelo embaixador cabo-verdiano. Em declarações ao jornal Público, o embaixador Eurico …