Família de Franco pede a impugnação da exumação no Tribunal Constitucional

Sigils / Wikimedia

El Valle de los Caídos, Espanha

A família de Francisco Franco instou o Provedor de Justiça de Espanha a recorrer ao Tribunal Constitucional para pedir a impugnação do decreto-lei aprovado recentemente pelo Governo, prevendo o início da exumação dos restos mortais do antigo ditador espanhol.

O pedido foi feito através de uma carta, a que a agência noticiosa espanhola EFE teve acesso nesta segunda-feira, assinada pelo advogado Felipe Utrera Molina, em representação dos sete netos do antigo ditador espanhol: Maria del Carmen, Mariola, Francisco, Mar, Cristóbal, Maria Aránzazu e Jaime.

No texto enviado, a família de Francisco Franco reitera que a exumação dos restos mortais do antigo político, que governou Espanha durante quatro décadas, é realizada “contra a vontade dos respetivos descendentes“.

A família também rejeita a forma escolhida pelo Governo liderado pelo primeiro-ministro espanhol, o socialista Pedro Sánchez, para abordar o assunto. De acordo com os representantes de Franco, só em casos “de necessidade extraordinária e urgente” é que se deve aplicar um decreto-lei.

“Não é compreensível que recorra a tal medida no presente caso, uma vez que não é uma situação que tenha surgido e que exija uma regulação legal imediata”, referiu a carta, lembrando que Franco está enterrado no Vale dos Caídos, local situado a 40 quilómetros de Madrid, há 43 anos.

Trata-se, pelo contrário, segundo acrescentou o documento, “uma situação perfeitamente estável e acordada de forma pacífica durante décadas, e que não está afetada por nenhuma circunstância que exija uma ação imediata”.

Perante estes argumentos, a família de Franco considera que o decreto-lei, aprovado no passado dia 24 de agosto em Conselho de Ministros, viola o artigo 86.1 da Constituição  que estabelece que “em caso de necessidade extraordinária e urgente, o Governo pode emitir disposições legislativas provisórias que assumirão a forma de decreto-lei”.

Os netos de Francisco Franco argumentam ainda que os motivos apontados para avançar com tal medida “não são de todo convincentes, nem sustentáveis“, uma vez que as resoluções e os relatórios nos quais a decisão de Madrid foi sustentada não exigem, por sua própria natureza, “uma atuação urgente e imediata”.

Um dia depois da aprovação do decreto-lei em Conselho de Ministros, a família de Francisco Franco anunciou que ia esgotar todas as possibilidades legais ao seu alcance para impedir a exumação dos restos mortais do ditador.

O Provedor de Justiça espanhol (Defensor do Povo, no nome original) é responsável pela defesa dos direitos fundamentais e das liberdades públicas dos cidadãos, supervisionando a atividade das administrações públicas. É uma figura eleita pelas duas câmaras do parlamento espanhol (Congresso dos Deputados e Senado) para um mandato de cinco anos e não recebe ordens ou instruções de qualquer autoridade, segundo informações disponíveis no ‘site’ oficial deste órgão.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Não são só os lagartos. Os jacarés também são capazes de regenerar a sua cauda

Os jovens jacarés americanos (Alligator mississippiensis) têm a capacidade de regenerar as suas caudas até 18% do comprimento total do seu corpo, concluiu uma nova investigação da Universidade Estadual do Arizona, nos Estados Unidos. "O que …

"Morri no Paralelo79N". Diário revela as últimas horas de um explorador que morreu sozinho na Gronelândia

Os investigadores analisaram a última entrada do diário de explorador polar do século XX, Jørgen Brønlund, incluindo uma curiosa mancha negra, escrita antes de morrer sozinho no nordeste da Gronelândia, descobrindo o que lhe aconteceu …

Cybershoes. O problema de andar em Realidade Virtual pode já ter uma solução

Um dos problemas com os jogos de Realidade Virtual é que, normalmente, as experiências são definidas numa escala maior do que uma sala de estar. Assim, o jogador acaba por ter de ficar numa parte …

"Um tsunami de dívidas". O mundo deve a si mesmo 277 mil milhões de dólares

Prevê-se que até ao final deste ano, a dívida da economia mundial atinja os 277 mil milhões de dólares. A pandemia de covid-19 é um dos fatores responsáveis. A pandemia de covid-19 não só está a …

Empresas podem negar trabalho a quem não se quiser vacinar

"É obviamente possível" que as empresas evitem contratar um trabalhador se não quiserem ser vacinadas contra a covid-19. A presidente do Comité Económico e Social Europeu (CESE), Christa Schweng, admitiu a possibilidade de uma empresa se …

"A Suitable Boy". Um beijo numa série da Netflix provocou um escândalo (social e político) na Índia

A Netflix está a enfrentar uma reação negativa na Índia por causa de uma cena de um beijo entre duas personagens na série A Suitable Boy ("Um bom partido"). O partido no poder já pediu …

Irmãos transformaram 7 linhas de código num império de 36 mil milhões de dólares

Patrick e John Collison são dois jovens empreendedores irlandeses que fundaram a Stripe, uma empresa que criou uma solução alternativa para os pagamentos online, avaliada em 36 mil milhões de dólares. Em vez de construirem soluções …

ECDC. Portugal terá "níveis muito baixos" de novos casos se mantiver restrições

Se Portugal mantiver as restrições adotadas atualmente, irá registar em dezembro “níveis muito baixos” de novos casos de covid-19. O Centro Europeu para Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), criado com a missão de ajudar os …

Com apenas 14 anos, Xiaoyu é o adolescente mais alto do mundo. Mede 2,21 metros

Ren Keyu nasceu na China a 18 de outubro de 2006, e no dia em que comemorou o seu 14º aniversário recebeu também o título do Guinness World Records do adolescente mais alto do mundo, …

Jerónimo "não está a prazo" no PCP (e vai continuar a negociar com o PS)

O PCP continua disponível para negociar com o PS, mas não a troco de nada. Quanto ao quinto mandato consecutivo enquanto secretário-geral do partido, Jerónimo avisou, este domingo, que não está "a prazo". No discurso de …