Falta de trabalho e habitação digna mostra “discriminação em relação à comunidade cigana”

A Assembleia da República prepara-se para ouvir a comunidade cigana, esta terça-feira, numa audição pública promovida pela subcomissão para a Igualdade e Não Discriminação que, em julho, apresenta um relatório sobre racismo, xenofobia e discriminação em Portugal.

“Sabemos que há discriminação em relação à comunidade cigana”, afirma responsável pelo parecer.

Segundo avançou a TSF, este encontro dá-se no seguimento de outras audições já realizadas pela AR, no inicio de fevereiro, nas quais ouviu representantes de associações ligadas à comunidade brasileira e de afrodescendentes.

À TSF, Catarina Marcelino, responsável por redigir este relatório, sublinhou que é preciso continuar a ouvir a comunidade e a recolher dados, mas afirma que não há dúvidas de que há “indícios fortíssimos” de discriminação em relação à comunidade cigana.

“Basta olhar para o mercado de trabalho, para a educação, para o Ensino Superior ou para a participação política. As pessoas ciganas não estão lá, a comunidade cigana não está lá”, disse a deputada do PS e antiga secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade.

Há também uma “percentagem muito elevada de pessoas de origem cigana a viver em habitação precária“, acrescentou.

Catarina Marcelino referiu que o relatório pretende “verificar as situações e torná-las visíveis, mas também apontar caminhos e propostas para erradicar a discriminação”. Baseando-se em informação da Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR), adiantou: “Sabemos que há discriminação em relação à comunidade cigana”.

“Os grupos mais afetados ou com mais queixas por discriminação são afrodescendentes, brasileiros e ciganos, por isso este é o nosso público-alvo. Contudo, aquilo que afeta os afrodescendentes e brasileiros é diferente daquilo que afeta as comunidades ciganas. O que fizemos foi dividir as audições em dois grupos, para falar de temas como educação, justiça, habitação, segurança e participação política”, explicou.

A ex-secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade do Governo liderado por António Costa reconheceu que há “muitos séculos de história de separação destas comunidades”, mas que, no entanto, é preciso avançar para uma maior integração destas comunidades: “Queremos a integração e a inclusão”.

Estão ainda previstas audições com altos dirigentes da administração pública de todas as áreas em análise, e, por fim, com o Governo. “Em julho teremos o relatório pronto com recomendações, não é um relatório apenas factual, pretende fazer recomendações”, garantiu Catarina Marcelino.

Quanto à audição pública desta terça-feira, que começou pelas 10:30, visa recolher contributos de membros de entidades como a SOS Racismo, a Associação de Mediadores Ciganos de Portugal ou a Rede Europeia Anti-Pobreza.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Marcelo ficou "muito impressionado" pela destruição do furacão Lorenzo nos Açores

O Presidente da República visitou, este domingo, o porto das Lajes das Flores, que ficou destruído após a passagem do furacão Lorenzo pelos Açores, mostrando-se "muito impressionado" pela destruição "massiva". "Muito impressionado com aquilo que foi …

Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da formação espalhados pela Europa

O Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da sua formação a atuarem nas ligas europeias e o emblema português mais representado nas 'big 5', segundo o observatório de futebol do Centro Internacional de …

Norueguês empregou 70 imigrantes ilegais e foi a tribunal "muito, muito feliz"

Aharne Viste acha que a Constituição norueguesa reconhece o direito mesmo a quem não consegue obter asilo e tenciona ir em frente com a sua campanha. Aharne Viste contratou cerca de 70 imigrantes legalmente impedidos de …

Netanyahu não consegue formar Governo e devolve mandato ao presidente israelita

O primeiro-ministro israelita em funções, Benjamin Netanyahu, admitiu hoje ao Presidente de Israel, Reuven Rivlin, não ter reunido as condições necessárias para formar Governo e devolveu o processo ao chefe de Estado. Numa nota informativa, a …

Cristiano Ronaldo e Bernardo Silva estão entre os finalistas para a Bola de Ouro

Cristiano Ronaldo e Bernardo Silva estão entre os 30 finalistas para vencer a Bola de Ouro de 2019. Esta é a primeira vez que Bernardo Silva é nomeado para o prémio da France Football que …

Encontrados dois míticos porta-aviões japoneses afundados na batalha de Midway

Cientistas e exploradores descobriram dois navios japoneses naufragados durante a histórica batalha de Midway, durante a II Guerra Mundial, no Oceano o Pacífico, noticia esta semana a agência noticiosa AP. A equipa, que conta também …

MP pede que autarca de Torres Vedras vá a julgamento por plágio na tese de doutoramento

Em abril deste ano, o MP acusou o autarca de um crime de contrafação, por alegado plágio de 40 textos originais na sua tese de doutoramento “As linhas de Torres, um destino turístico estratégico para …

Rui Rio confirma recandidatura à liderança do PSD

O presidente do PSD, Rui Rio, quebrou hoje o silêncio sobre o seu futuro político, confirmando a sua recandidatura à liderança do partido. O anúncio foi feito às 18:30, num hotel no Porto. Duas semanas depois …

Facebook vai pagar a meios de comunicação para promover notícias "confiáveis"

Em breve, o Facebook terá uma secção de notícias "confiáveis", que funcionará como uma espécie de portal com destaques noticiosos. O Facebook vai ter uma secção de notícias no seu site, que funcionará como uma espécie …

Bloco e Livre reúnem-se terça-feira para discutir "possíveis convergências"

O Bloco de Esquerda e o Livre reúnem-se, na terça-feira, no Parlamento, num encontro pedido pelo partido que elegeu Joacine Katar Moreira, e que também foi proposto ao PCP, PEV e PAN para discutir "possíveis …