Há falta de sedativos em hospitais brasileiros. Médicos intubam doentes “conscientes”

Giuseppe Lami / EPA

Estão a surgir vários relatos de profissionais de saúde brasileiros forçados a intubar pacientes sem o auxílio de sedativos.

No Brasil, de acordo com a Associated Press, há profissionais de saúde a intubar pacientes sem recurso a sedativos. Numa tentativa de maximizar os que restam, há quem os tenha diluído em água.

O relato foi feito à agência noticiosa por um médico do Hospital Municipal Albert Schweitzer, que preferiu o anonimato. Como o stock existente de sedativos terminou, os médicos viram-se obrigados a começar a usar bloqueadores neuromusculares e a prender os pacientes às camas.

“Relaxamos os músculos e fazemos o procedimento com facilidade, mas não temos sedativos”, contou o médico brasileiro. “Alguns tentam falar, resistir. Eles estão conscientes”, acrescentou.

Nas últimas semanas, surgiram vários avisos que davam conta de que os hospitais e os governos estaduais corriam o risco de ficar sem medicamentos essenciais, numa altura em que o Brasil se vê inundado de pacientes nos cuidados intensivos dos hospitais, na sequência da pandemia de covid-19.

Os “kits de intubação” incluem anestésicos, sedativos e outros medicamentos usados ​​para colocar os pacientes ligados a ventiladores. No hospital Albert Schweitzer, as faltas ocasionais devem-se a dificuldades de abastecimento no mercado global.

A assessoria de imprensa da secretaria de saúde do Rio de Janeiro informou que “as substituições são feitas para que não haja prejuízo no atendimento prestado”, mas não comentou a necessidade de amarrar os pacientes às camas.

Na quinta-feira, o jornal O Globo noticiou uma situação semelhante nos hospitais na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. No entanto, não é claro se o problema verificado nesta zona diz ou não respeito a um caso isolado.

Na quarta-feira, Marcelo Queiroga, ministro da Saúde brasileiro, afirmou que está previsto chegar ao país um carregamento de sedativos “nos próximos dez dias”.

O ministério também tem enfrentado restrições logísticas na entrega de oxigénio a hospitais de todo o país. Queiroga disse que este problema continua a ser “uma preocupação diária”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Juventus quer Zidane para o lugar de Pirlo

O insucesso desportivo da Juventus esta temporada deve fazer com que Pirlo saia do clube. Zidane, que também estará de saída do Real Madrid, é o favorito da vecchia signora. Zinédine Zidane estará a pensar seriamente …

“Incompetência e arrogância”. Cabrita está (novamente) debaixo de fogo. Partidos pedem a sua demissão

Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna, está mais uma vez no centro da polémica. Depois de ter avançado com uma requisição civil para que mais de 20 imigrantes fossem transportados para o Zmar, durante a …

Fernando José é o candidato do PS a Setúbal. Ana Catarina Mendes concorre à Assembleia Municipal

O deputado e vereador socialista Fernando José é o cabeça de lista do PS às próximas eleições autárquicas para a Câmara de Setúbal e Ana Catarina Mendes à Assembleia Municipal, revelou fonte oficial do Partido …

Portugal na zona de queda dos restos do foguetão chinês

O foguete de Longa Marcha chinês que foi lançado a 29 de abril, e agora está a preocupar o mundo. As previsões é que a reentrada na atmosfera se dê até ao próximo dia 9 …

CIP propõe "almofada" pública de 8.000 milhões para resolver moratórias

A Confederação Empresarial de Portugal (CIP) propôs ao Governo criar uma "almofada" de garantias públicas no valor de oito mil milhões de euros para dar poder às empresas e levar a banca a renegociar os …

Reino Unido. Variante indiana é “preocupante“ e já infetou idosos vacinados

No Reino Unido, já foram encontradas 48 cadeias de transmissão da variante indiana e sabe-se que há transmissão comunitária. A Public Health England classifica esta variante como “preocupante”. A direção geral de saúde de Inglaterra (PHE …

Petição para cancelar Jogos Olímpicos conta já com 200 mil assinaturas

Uma petição 'online' a pedir o cancelamento dos Jogos Olímpicos Tóquio2020 devido à pandemia da covid-19 ultrapassou esta sexta-feira as 200 mil assinaturas, avançou a agência Lusa. A campanha, lançada na quarta-feira pelo advogado e ativista …

“Não queremos estragar a nossa joia da coroa“. Governo pode limitar acesso da Peneda-Gerês

O Secretário de Estado da Conservação da Natureza concorda com os autarcas, sobre o impacto positivo do turismo para as populações, mas nota que o sucesso do PNPG não pode pôr em causa os valores …

Fome e seca levam milhares de angolanos a fugirem para a Namíbia

A fome provocada pela seca extrema na província de Cunene, no sul de Angola, está a levar milhares de pessoas a fugir para a Namíbia. "A estiagem provocou a rutura de 'stocks' alimentares das comunidades e …

Governo britânico confirma Portugal na “lista verde” de viagens. Preço das viagens disparou

Portugal vai estar na “lista verde” de países considerados seguros para viajar e isentos de quarentena na chegada a Inglaterra a partir de 17 de maio, anunciou hoje o ministro dos Transportes britânico, Grant Shapps. Portugal …