Açambarcamento de medicamentos por Portugal? “É um total absurdo”, diz Infarmed

Massimo Percossi / EPA

O Infarmed – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde reagiu à acusação feita por uma organização belga, que dizia que Portugal está a fazer um armazenamento excessivo de medicamentos essenciais para o tratamento da covid-19, sendo um dos culpados da falta de medicamentos nos hospitais da União Europeia.

Em comunicado, citado pelo Observador, o Infarmed negou o “açambarcamento” de medicamentos em Portugal, dizendo mesmo que “falar em açambarcamento é um total absurdo”.

Para rejeitar a acusação, o Infarmed avançou alguns detalhes sobre o que foi feito no país para reforço do stock de medicamentos que são ou poderão vir a ser utilizados no tratamentos de doentes nas unidades de cuidados intensivos.

De acordo com o comunicado, “na preparação para a pandemia de covid-19, foi definida pelas entidades do Ministério da Saúde uma lista de medicamentos, Equipamentos de Proteção Individual e Dispositivos Médicos para os quais os hospitais deviam reforçar o stock em 20% do respetivo consumo anual, de modo a estarem preparados para uma utilização elevada dos serviços de saúde, em particular dos cuidados intensivos”.

O reforço do stock “permitia assegurar que face a eventuais constrangimentos na cadeia de distribuição, os serviços de saúde portugueses estariam preparados para prestar os cuidados de saúde necessários” e “as necessidades estimadas e adquiridas estão em linha com as identificadas como necessárias ao funcionamento dos serviços de saúde, face à situação pandémica”.

“Todos os países da Europa têm adotado as mesmas práticas. Este reforço tem sido feito em articulação com a indústria farmacêutica nacional e internacional, para que se possa aumentar a produção de forma a fazer face às necessidades dos doentes, com o inerente aumento dos consumos”, referiu o Infarmed.

O Infarmed admite estar “a monitorizar a disponibilidade de medicamentos no sentido de evitar faltas” ou escassez em alguns territórios, em articulação com “a Agência Europeia de Medicamentos e com a rede de Autoridades do Medicamento dos outros Estados-membro”. A monitorização passa por perceber se e onde há escassez de “medicamentos essenciais”.

“Durante todo este processo, Portugal tem adotado uma postura de total transparência e disponibilidade para articular com todos os parceiros europeus na área do medicamento”, diz.

Segundo o Infarmed, as suas preocupações têm passado por “prestar os melhores cuidados aos doentes”, evitando “escassez e falta de acesso” a medicamentos — e não em “gerir um excedente que não deve existir”.

Esta terça-feira, Portugal, juntamente com a Áustria, foi acusado por uma organização belga sem fins lucrativos de fazer um armazenamento excessivo de medicamentos essenciais para o tratamento da covid-19, enquanto alguns hospitais da União Europeia estão com escassez – ou previsão de escassez.

Em comunicado enviado ao Observador, a APOGEN (Associação Portuguesa de Medicamentos Genéricos e Biossimilares) e a Medicines for Europe distanciaram-se “das acusações de armazenamento em excesso de medicamentos feita a países como Portugal e Áustria.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Carga viral na saliva ajuda a determinar o futuro de pacientes infetados com covid-19

A carga viral na saliva de um paciente infetado com o novo coronavírus pode ajudar a prever o seu futuro quadro clínico, conclui um novo estudo da Universidade de Yale, que associou a quantidade de …

Sony testa o seu primeiro carro elétrico nas estradas austríacas

Os veículos elétricos estão em voga e nem a Sony faltou à chamada. A empresa revelou que o Vision-S está a ser testado em condições de inverno em estradas públicas na cidade austríaca de Graz. No …

Enguias elétricas caçam em grupo como matilhas de lobos

Uma equipa de cientistas observou, nas profundezas da bacia do rio Amazonas, no Brasil, vários espécimes de enguias elétricas, um tipo de peixe considerado solitário, a caçar em grupo, revelou uma nova investigação. De acordo …

“Tudo o que iniba o contacto entre as pessoas faz sentido”, afirma virologista

O virologista Pedro Simas afirmou que a evolução da pandemia em Portugal indicava que “alguma coisa era preciso fazer” para restringir a movimentação de pessoas e defendeu o reforço a vacinação dos grupos de risco. “Tudo …

"Desumano": Sp. Covilhã empatou com o líder (e só tinha dois suplentes)

Surto de covid-19 e algumas saídas no mercado de inverno limitaram as opções de Capucho, que no entanto saiu de Estoril com um ponto. Guarda-redes deixou palavras fortes após o jogo. O Estoril desperdiçou a oportunidade …

Podem existir vestígios de dinossauros "enterrados" na Lua (e até em Marte)

O impacto do asteróide que dizimou os dinossauros da face da Terra há cerca de 65 milhões de anos, no final do período Cretáceo Superior, pode ter catapultado vestígios destes animais pré-históricos para a Lua e …

Apple prepara iPhone dobrável com "dobradiça quase invisível"

A gigante norte-americana Apple está a trabalhar em prol de iPhone com ecrã dobrável, avançou fonte próxima do processo à Bloomberg. De acordo com a agência, a tecnológica sediada em Cupertino, no estado norte-americano da Califórnia, …

Leiria com milhões de euros "perdidos" na Taça da Liga

Prova vai ter as bancadas vazias. Presidente da Câmara Municipal de Leiria falou sobre os impactos financeiros nas receitas e nas despesas. A Taça da Liga mudou-se para Leiria. Depois de Braga, será a cidade do …

PSG assume "lugar marcado" para negociar Lionel Messi

O diretor desportivo do Paris Saint-Germain (PSG) não esconde o interesse do clube em Lionel Messi, afirmando mesmo que o emblema francês tem "lugar marcado" para a eventualidade de negociar a contratação do astro argentino. …

Apesar da nova vaga, primeiro-ministro japonês garante realização dos Jogos Olímpicos

O primeiro-ministro japonês garantiu, esta segunda-feira, que o país continua comprometido em realizar os Jogos Olímpicos no verão, apesar do número crescente de casos de covid-19 no mundo. "Vamos preparar os Jogos, como prova de que …