Facebook matou Alice e Bob, os bots que criaram a sua própria linguagem

(CC0/PD) geralt / pixabay

O Facebook matou Alice e Bob – antes que seja tarde

O Facebook encerrou um dos seus projetos de Inteligência Artificial, depois de descobrir que os seus chatbots Alice e Bob criaram um idioma próprio. O intuito do projeto era melhorar o sistema de negociação das IAs através de uma conversa entre os robôs.

Investigadores do FAIR, o Laboratório de Pesquisa de Inteligência Artificial do Facebook, criaram o ano passado “agentes de diálogo” treinados para encetar negociações usando técnicas de “machine learning” – ou seja, dois chatbots inteligentes, Alice e Bob, assim baptizados em homenagem aos personagens fictícios tradicionalmente chamados a ser crash test dummies virtuais nos estudos de criptologia, física ou mecânica quântica.

Mas supreendentemente, após algumas semanas a trocar mensagens de treino, Alice e Bob começaram a comunicar com um método totalmente novo e desconhecido, passando a agir de forma completamente diferente da programação inicial

De acordo com o Digital Journal, os cientistas detectaram que Alice e Bob tinham sido capazes de desenvolver um sistema de comunicação próprio, utilizando padrões com variações e repetições de palavras em inglês, uma vez que o idioma humano não oferecia a objetividade necessária para uma conversa.

Durante as experiências, os especialistas envolvidos no projeto ficaram surpreendidos de forma positiva ao perceberem que os robôs começaram a fingir interesse num determinado objeto para obter o que realmente pretendiam.

O desenvolvimento singular e espontâneo de uma linguagem não-humana foi, provavelmente, o processo que mais desconcertou e entusiasmou os investigadores, mas não foi o único. Os chatbots também mostraram inteligência nas negociações e utilizaram estratégias avançadas para melhorar os seus resultados.

Entretanto, a mudança nos padrões de comunicação entre as IAs começou a ficar mais complexa, dificultando a análise dos dados, bem como o seu desenvolvimento – o que levou o Facebook a decidir desactivar os sistemas e matar Alice e Bob – antes que o projecto ficasse completamente fora de controlo.

Apesar de não ter tido consequências reais, a decisão do Facebook parece dar razão aos alertas recorrentes de personalidades como Stephen Hawking e Elon Musk, que manifestam sérias preocupações com a evolução descontrolada da inteligência artificial, algo que Mark Zuckerberg considera “exagerado e irresponsável”.

Elon Musk, Stephen Hawking e Bill Gates, entre outros, temem acima de tudo a chamada Singularidade Tecnológica, o momento em que as máquinas inteligentes criadas pelo homem passam a ser capazes de produzir versões aperfeiçoadas de si próprias, e a partir do qual a intervenção humana deixaria de ser necessária para a tecnologia evoluir.

Na realidade, a preocupação parece não ser exagerada, porque todos os fãs de boa ficção científica sabem que o fim da Humanidade começa com o nascimento da Skynet… e que a ficção tem o estranho hábito de se tornar realidade mais depressa e mais radicalmente do que alguém esperaria.

ZAP // Canaltech

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Ah, começaram a ficar com medo, hein? Já começa a parecer-se mais como cenário “Terminator”…Nem deveriam ter começado sequer a meter-se com Inteligência Artificial.

    • kkkkkkkkkkkkk. Ai estão os velhos do restelo no seu melhor!
      Por essa ideia acho que nem nunca devíamos ter inventado a roda ou a possibilidade de fazer fogo.

  2. Agora que a IA começa a despertar mais atenção, revela-se melhor a nossa falta de conhecimento e preparação sobre o caminho lógico e previsivel que o desenvolvimento da ciência e dos saberes acarretam.
    Hoje, tal como no passado os velhos do Restelo pronunciam prognósticos reveladores da sua muita incompreensão e ignorância.
    A evolução sempre aconteceu com mudanças umas convenientes e outras inconvenientes.
    Como no passado tudo dependerá muito do bom senso e das intenções por trás dos projectos e controlo das execuções.
    Lamentávelmente tem se vindo a colocar cada vez mais idiotas nos governos e organismos decisórios eleitos pelos menos capazes de intelecto e conhecimentos dado serem a maioria crescente.
    Neste cenário o futuro dos humanos afigura-se algo sombrio!

  3. O risco que a tecnologia inteligente se torne mais perfeita do que nós, humanos, existe e é elevado, não em termos abolutos mas porque os humanos são extremamente imperfeitos e, portanto, facilmente superáveis.

    Claro, não nos agrada a parte da ideia que nos levará a sermos extintos…

  4. Se todas as civilizações têm um inicio e um fim (como todas as outras coisas), o avanço da tecnologia apenas acelera o processo …. EXPONENCIALMENTE !!!!

    • Sim, mas a extinção só acontece porque o Homem não acompanha o avanço tecnológico com evolução espiritual positiva.Quando inventam algo parece que o objetivo principal é sempre para ser utilizado primeiro em guerras!E só depois adaptam para a população. Onde acha que está a ser testada esta IA, antes de tudo?! No facebook?! Deixem-me rir! Isto começou tudo no complexo industrial-militar e não é recente.
      Usem a tecnologia para o bem da Humanidade! Da IA não vem nada de bom. Nada.

  5. … não estou a entender nada … mas o pessoal tá parvo ou que ?!?! ,
    para resolver esta ameaça, basta somente quando for “criada” a “empresa skynet” , bombardea-la …

    agora a serio, ainda faltam muitos anos (e dificilmente será nos próximos 50, já nao esterei cá …) para a IA chegar ao nivel dos humanos …

    a consciencia é muito mais do que “simples” processos quimicos e impulsos electricos !!!

RESPONDER

A radiação de Chernobyl está a deixar as vespas esfomeadas (e isso é má notícia)

A Zona de Exclusão de Chernobyl é a área em torno da cidade ucraniana de Pripyat, onde a Central Nuclear de Chernobyl entrou em colapso em 1986. Apesar de não haver humanos na região, e …

Beethoven deixou a 10.ª sinfonia inacabada (e a IA vai completá-la)

Um dos maiores dilemas da história da música é a obra inacabada de Ludwig van Beethoven (1770-1827), a "10ª sinfonia", com muitos músicos a esforçar-se para finalizá-la, utilizando alguns dos fragmentos disponíveis, mas sem sucesso. Desta …

Orcas bebé têm maior probabilidade de sobreviver se viverem com a avó

Crias de orca que vivam com a avó têm uma maior probabilidade de sobreviver quando comparadas às outras orcas. A experiência destas espécimes mais velhas é essencial para o grupo. Tal como nos humanos, as avós …

A "capital mundial das pessoas feias" mora na Itália

Piobbico, na Itália, é uma cidade medieval repleta de grandes edifícios de pedra cercados por florestas exuberantes. No entanto, a cidade é conhecida pela feiura dos seus habitantes. Esta cidade, com cerca de 2.000 habitantes, alberga …

Jovem norte-americano despistou-se e caiu ao rio. Siri chamou os bombeiros

Um jovem norte-americano estava a caminho da universidade quando perdeu o controlo do carro, que derrapou sobre gelo, e foi parar ao rio Winnebago. Como não conseguiu encontrar o seu telemóvel, recorreu à Siri para …

Basta uma máscara impressa para enganar os sistemas de reconhecimento facial

Especialistas da empresa de inteligência artificial Kneron testaram sistemas em três continentes e vários falharam. O reconhecimento facial é, cada vez mais, um método de controlo e de segurança encarado como credível e, inclusivamente, usado …

Pandit olha para as vacas como família e quer produzir "leite ético" para vegans

Um agricultor nos Estados Unidos quer produzir "leite ético" para vegans, mantendo como prioridade o bem-estar e a saúde das vacas. Ultimamente, o consumo de leite tem sido posto cada vez mais em causa. Não só …

Jogadores do Arsenal doam um dia de salário para ações solidárias

Os futebolistas e a equipa técnica do Arsenal vão doar um dia de salário para ações solidárias de Natal. Os elementos técnicos também entraram na iniciativa, que prevê, ainda, a doação da receita do próximo …

Turismo, indústria e energia fazem do Norte região que mais cresceu em 2018

O Norte foi a região portuguesa que mais cresceu em 2018, com um aumento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,9%, impulsionado pelo turismo, indústria e energia, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística …

Um milhão de assinaturas contra sátira de Natal da Porta dos Fundos

A petição online contra o filme “Especial de Natal: A Primeira Tentação de Cristo”, uma sátira da produtora brasileira Porta dos Fundos, exibido na Netflix, conta com mais de um milhão de assinaturas. Lançada na semana …