Facebook planeia criar a sua própria criptomoeda

B!T

O Facebook está a explorar a criação da sua própria criptomoeda, que permitiria aos seus milhares de milhões de utilizadores em todo o mundo fazer pagamentos eletrónicos, segundo fonte próxima da rede social.

De acordo com o Cheddar, que cita fontes ligadas à estrutura interna da rede social, o Facebook estará mesmo empenhado em desenvolver a sua própria criptomoeda, baseada na tecnologia de blockchain.

“Estão a levar o projeto muito a sério”, esclareceu a fonte, que pediu anonimato. A rede social de Zuckerberg começou a estudar a blockchain há cerca de um ano, quando um membro da sua equipa de desenvolvimento, Morgan Beller, começou a olhar para forma como a plataforma social poderia usar a tecnologia emergente.

Na altura, Beller era a única trabalhadora da empresa que se dedicava a estudar a tecnologia de blockchain, que sustenta criptomoedas como a Bitcoin e Ethereum.

Os holofotes recaíram sobre o seu trabalho na semana passada quando o Facebook anunciou que o vice-presidente encarregue da app Messenger, David Marcus, iria liderar uma nova equipa para “explorar como aproveitar melhor o blockchain na rede social”.

Marcus lidera agora uma nova equipa com menos de uma dúzia de funcionários da rede social. Antes de entrar na empresa, David Marcus já foi presidente da PayPal, que facilita as transações entre utilizadores no Messenger.

O vice-presidente encarregue do Messenger é um investidor em Bitcoins, e em dezembro entrou no conselho da Coinbase, que administra uma das mais populares transações de criptomoedas.

O Facebook já tentou utilizar uma moeda digital em 2009. A Facebook Coin teve uma vida curta, de apenas dois anos, muito pela falta de utilização por parte dos utilizadores. Na altura, a moeda do Facebook era utilizada em jogos como o Farmville, para que os utilizadores do Facebook pudessem progredir no jogo mais rapidamente.

Mas, em entrevista, Marcus esclareceu que a rede social não pretende repetir a experiência. “Pagamentos com criptomoedas neste momento são caros e morosos. Só depois das várias comunidades que gerem blockchains solucionarem esses problemas é que nós, talvez, faremos alguma coisa.”

Assim, o trabalho do Facebook na tecnologia de blockchain pode demorar anos a materializar-se.

Num post interno, o CEO da rede social, Mark Zuckerberg, disse apenas, que, “tal como muitas outras empresas, o Facebook está a explorar esta tecnologia. A nova equipa estará encarregue de explorar as potenciais aplicações da blockchain. Não temos mais informação para partilhar”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. que giro ! para alem de controlarem o que os utilizadores pensam e dizem ,tambem querem saber o que eles compram ! claro que depois vendem essas informaçoes a empressas , quais sao os potenciais clientes e poupam imenso em campanhas publicitarias ineficazes, e ainda menos privacidade para o utilizador

RESPONDER

"Parasitas": O Melhor Filme dos Óscares chega à televisão

Parasitas vai passar na televisão esta sexta-feira (3), às 21h30, no canal TVCine Top. A produção de Bong Joon-ho angariou, nesta última award season, inúmeras nomeações, tendo sido Palma de Ouro no Festival de Cinema …

Países entram numa "guerra secreta" por ventiladores, admite agente da Mossad

Muitos países estão a utilizar os seus serviços de informações para a compra de material de saúde encomendado por outros, sobretudo ventiladores, para enfrentar a crise do novo coronavírus, disse um agente da Mossad, encarregado …

Pessoas que espalham ódio na Internet tendem a ser psicopatas

Os utilizadores da Internet que publicam comentários de ódio sobre outras pessoas tendem a ter traços psicopáticos. Por outro lado, os cientistas não encontraram uma correlação entre essa prática e narcisismo ou maquiavelismo. Estes utilizadores são …

Polícia britânica tingiu de negro uma lagoa azul para afastar visitantes

A Polícia britânica decidiu tingir de negro uma lagoa azul muito procurada na região de Derbyshire, visando assim afastar os visitantes e fazer com que estes cumpram o isolamento social exigido pelas autoridades para travar …

A maior cascata do Equador desapareceu repentinamente

A maior cascata do Equador, com cerca de 150 metros, desapareceu repentinamente por causa de uma dolina. Investigadores ainda não sabem se esta apareceu por causas naturais ou humanas. Em fevereiro, a cascata de San Rafael, …

Aprovada descida de 3% na eletricidade no mercado regulado

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) aprovou uma descida do preço da tarifa aplicada no mercado regulado de cinco euros por megawatt/hora (MWh). Contas feitas, trata-se de uma redução de aproximadamente 3% no total …

Turquemenistão proibiu o uso da palavra "coronavírus"

Enquanto o mundo luta para conter a propagação da pandemia de covid-19, no Turquemenistão os cidadãos podem ser presos só por dizerem a palavra "coronavírus". De acordo com a rádio NPR, que cita a organização não …

EDP oferece desconto de 20% a profissionais e organizações de saúde

Face à pandemia de covid-19, a EDP vai oferecer um desconto de 20% na fatura da eletricidade a profissionais e organizações de saúde, anunciou esta quarta-feira a empresa liderada por António Mexia em comunicado. “A …

Bill Gates deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia

Num artigo publicado no jornal norte-americano Washington Post, o fundador da Microsoft, Bill Gates, deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia de covid-19, que já fez 43 mil mortes em todo o …

Comissão de Trabalhadores da TAP pede nacionalização da companhia

A Comissão de Trabalhadores (CT) da TAP reforçou esta quarta-feira o apelo para que a transportadora “se torne 100% pública”, depois de a empresa ter anunciado o lay-off da maioria dos trabalhadores, segundo um comunicado. No …