Para a petrolífera Exxon, a culpa das alterações climáticas é das nossas escolhas

Nos últimos anos, as empresas petrolíferas têm-se afastado do discurso de negação das alterações climáticas. Gigantes globais de energia como a Total, a Exxon, a Shell e a BP reconhecem abertamente que a mudança climática está a acontecer – mas não assumem a culpa.

Um novo estudo realizado por investigadores de Harvard, nos Estados Unidos, mostra que a linguagem destas empresas passa a mensagem de que nós é que somos os principais culpados pelas mudanças no clima.

Segundo o Gizmodo, a equipa analisou 212 documentos públicos e internos da Exxon, de 1972 a 2019, que incluíam todos os memorandos internos da empresa disponíveis ao público, todos os anúncios publicitários que a empresa pagou no The New York Times e os principais relatórios sobre as mudanças climáticas.

Nesta análise, os investigadores empregaram três formas diferentes de linguística computacional para localizar as diferenças do discurso da Exxon em público e em privado. As discrepâncias eram gritantes.

O portal avança que, em discussões internas, a Exxon não hesita em usar o termo “combustíveis fósseis“, mas nunca refere tais palavras em público. Em vez disso, a empresa acredita que é o “fornecimento de energia” e os “consumidores” que causam o “risco” climático.

Esta abordagem sugere que as escolhas individuais são o único problema, uma vez que são os cidadãos que usam um combustível “potencialmente” perigoso para o planeta.

O Gizmodo acrescenta que, em vez de dizer que as nossas ações causam “emissões de combustível fóssil”, a Exxon opta por usar o termo “emissões de gases de efeito estufa”, omitindo convenientemente os produtos que criam essa poluição.

O mesmo se aplica às discussões da Exxon sobre a solução da crise climática. Publicamente, não só deixa de mencionar o seu papel na causa da crise, como também se auto-defende como parte da solução.

A sua retórica centra-se nas referências à “promessa” das suas “soluções” tecnológicas, destacando como “desenvolve” e “inova” tecnologias.

Os autores do estudo salientam que se trata de uma narrativa de “salvador” combinada com “otimismo tecnológico”, que evita qualquer discussão sobre o fim da extração de combustível fóssil.

Publicamente, a empresa também prefere focar-se na necessidade de aumentar a “eficiência energética”, em vez de acabar com a produção de combustíveis fósseis.

“Em privado, a empresa menciona o cerne do problema, ou seja, os seus produtos. Mas, em público, as suas declarações são distorcidas a favor de um enquadramento individualista”, disse o investigador Geoffrey Supran, criticando a “assimetria na forma como o problema e as suas soluções são retratados”.

Em resposta à investigação, publicada na One Earth, a Exxon lançou a “bomba” de que a coautora do estudo, Naomi Oreskes, tem um relacionamento com uma empresa de advogados que conduz litígios climáticos, a Sher Edling.

Os autores negam. “A Sher Edling não desempenhou nenhum papel no artigo que publicamos, nem em qualquer outro trabalho académico que fizemos”, escreveram.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Muco marinho na costa da Turquia ameaça ecossistemas. E é só a ponta do icebergue

Esta semana, a Turquia lançou a maior limpeza marítima da sua história para fazer face à proliferação sem precedentes de muco marinho no Mar de Mármara, um sintoma de um problema ambiental muito maior. Debaixo das …

Fotografia da Rainha Isabel II removida da Universidade de Oxford devido à "história colonial"

Um grupo de estudantes da Universidade de Oxford removeu uma fotografia da Rainha Isabel II da sua área comum devido aos seus laços com a “história colonial”. A atitude gerou uma onda de controvérsia. A imprensa …

Espanha 0-0 Suécia | Muro amarelo trava fúria espanhola

A Espanha e a Suécia empataram hoje 0-0 em jogo da primeira jornada do Grupo E do Euro2020 de futebol, naquela que foi a primeira partida sem golos na competição até ao momento. No estádio La …

Covid-19. Variante indiana causa doença mais grave, dizem médicos chineses

A Delta está a causar doença mais grave e mais rapidamente do que durante a primeira vaga, informaram médicos na zona de Guangzhou, no sudeste da China, onde surgiu um surto recente provocado por esta …

Do café aos brinquedos. Preço do transporte de mercadorias vai atingir a nossa carteira mais cedo do que se pensava

Os preços exorbitantes do transporte de mercadorias pelo mundo poderão atingir a sua carteira mais cedo do que pensa. Mais de 80% de todo o comércio de mercadorias é transportado pela via marítima, mas o alto …

Tal é a qualidade de Portugal, que o treinador da Hungria "podia ser motorista ou roupeiro"

O selecionador da Hungria, o italiano Marco Rossi, afirmou hoje que "até podia ser o motorista ou rapaz dos equipamentos" da seleção portuguesa, tal é a qualidade dos jogadores lusos que vão disputar o Euro2020. “Estamos …

Destroços de avião descobertos no fundo de um lago nos EUA podem pôr fim a um mistério de 56 anos

Trabalhadores que testam equipamentos de investigação subaquática dizem ter encontrado os destroços de um pequeno avião nas profundezas do lago Folsom, na Califórnia. A confirmar-se, podem ter resolvido um mistério com 56 anos. As imagens de …

Norte-americanos envolvidos na fuga de Carlos Ghosn declaram-se culpados

Os dois norte-americanos acusados de ajudarem o ex-presidente da Nissan Carlos Ghosn a fugir do Japão quando aguardava julgamento em liberdade sob fiança declararam-se esta segunda-feira culpados perante a justiça japonesa. De acordo com fontes da …

Enfermeira tentou provar que as vacinas tornam as pessoas magnéticas (mas não correu como previsto)

Na semana passada, a enfermeira negacionista de Ohio Joanna Overholt tentou, durante uma sessão legislativa, provar que as vacinas contra a covid-19 tornam as pessoas magnéticas. Mas não foi bem sucedida. O teste do íman resulta …

Foda e Kostadinov: as recordações à volta do Áustria-Macedónia do Norte

O selecionador da Áustria e um dos jogadores da Macedónia do Norte trouxeram memórias dos anos 90. O jogo entre Áustria e Macedónia do Norte, que terminou com vitória austríaca por 3-1, não estava propriamente na …