Explosão em mina na Turquia faz mais de 200 mortos

 

As autoridades anunciaram hoje ser de pelo menos 201 o número de mortos na sequência da explosão, seguida de incêndio, ocorrida esta terça-feira numa mina de carvão em Manisa, na zona ocidental da Turquia.

Na altura da explosão havia 787 mineiros no interior da mina, dos quais 363 conseguiram sair, segundo disse hoje o ministro da Energia, Taner Yildiz, em declarações aos jornalistas.

“Enfrentamos uma situação muito grave”, afirmou durante uma visita ao local, indicando que se registaram 80 feridos – quatro dos quais graves.

O ministro turco manifestou-se ainda “preocupado” com a possibilidade de o número de vítimas mortais vir a aumentar nas próximas horas, garantindo que as centenas de membros das equipas de resgate farão de tudo para aceder, o mais rapidamente possível, ao local onde ainda há mineiros encurralados.

Taner Yildiz não arriscou, porém, avançar com um número, prometendo facultar, nas próximas horas, mais informação sobre a operação de resgate.

Um deputado da oposição que se encontra no local disse à agência Efe, por telefone, que o número de vítimas mortais poderá chegar aos 250.

“Ninguém tem números exatos. Mas é uma grande tragédia”, declarou Mustafa Moroglu, deputado do Partido Republicano do Povo, acrescentando: “Estão a ser retirados muitos corpos, tapados com mantas. Alguns dizem que pode haver até 250 mortos”.

“É certo que se trata de um dos maiores, senão o desastre mineiro maior da história do país”, frisou o parlamentar turco.

O pior acidente mineiro registado até à data na Turquia ocorreu em 1992, na localidade de Zonguldak, na costa do Mar Negro, onde morreram 270 trabalhadores.

Os sindicatos do setor mineiro têm vindo a denunciar o facto de estar a ocorrer acidentes com mais frequência do que na Europa devido à falta de medidas de segurança e equipamento.

A explosão, que teve lugar a 200 metros de profundidade, mas a uma distância de dois quilómetros desde a entrada da mina, terá sido provocada por um problema num transformador elétrico.

A mina pertence a uma empresa privada que emprega 6.500 trabalhadores em Soma, uma cidade com grandes reservas de carvão no oeste da Turquia.

O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, adiou a sua visita à Albânia devido ao acidente, sendo esperado, em breve, no local, a cerca de 400 quilómetros a sul de Istambul.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …

Irão corta acesso à Internet após protestos contra a subida do preço da gasolina

O Irão cortou o acesso à internet no sábado, após os protestos contra o aumento do preço da gasolina, que provocaram fortes confrontos entre manifestantes e forças de segurança. O Irão cortou o acesso à internet …

A maior parte das Testemunhas de Jeová não apresenta queixa em caso de abuso sexual. Mas uma nova lei pode alterar essa realidade

Em casos de abuso sexual dentro organização religiosa Testemunhas de Jeová, a maior parte das vítimas não acusa os agressores por receio de serem excluídas, revelou um artigo da Vice. Agora, uma nova lei norte-americana, …

Hong Kong. Agente atingido por flecha e operação policial reforçada com canhão de água

Um polícia foi atingido numa perna por uma flecha lançada por manifestantes antigovernamentais e pró-democracia, informaram as forças de segurança, que reforçaram a operação no local com um canhão de água. Um polícia foi atingido …

Príncipe André nega ter abusado sexualmente de jovem de 17 anos

O príncipe André, filho de Isabel I, é acusado de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre, uma jovem que na altura tinha 17 anos. O caso remonta ao dia 10 de março de 2001 e, este …

FC Porto tira pão da boca ao Sporting ao desviar central brasileiro

Os 'dragões' podem estar perto de chegar a acordo para a transferência de Gustavo Henrique. O central do Santos estava em negociações com o Sporting, mas uma forte investida do FC Porto, pode ter mudado …