Exército dos EUA quer balas biodegradáveis que façam nascer plantas

Exército dos EUAO Departamento da Defesa dos EUA está preocupado com a poluição causada pelas balas usadas nos treinos militares e está assim a apelar à apresentação de propostas biodegradáveis.

Centenas de milhares de cartuchos de bala gastos poluem os campos de treino do exército norte-americano, por todo o mundo.

Estas cápsulas ficam, geralmente, onde caem e como contêm metal e outras substâncias químicas, podem enferrujar e poluir os solos e as águas.

É neste quadro, descrito pelo próprio Departamento da Defesa (DoD) dos EUA, que a entidade apela à apresentação de propostas para o fabrico de balas biodegradáveis, “carregadas com sementes especializadas, para cultivar plantas ambientalmente benéficas que eliminem detritos de munições e contaminantes”.

Estas ideias surgem num anúncio oficial do DoD, divulgado através do site do programa estatal SBIR que financia projectos de inovação em várias áreas.

O anúncio ainda vinca que o Laboratório de Pesquisa e Engenharia do Corpo de Engenheiros do Exército dos EUA já desenvolveu sementes testadas que podem ser incorporadas num composto biodegradável. Sementes estas que foram bio-programadas “para germinar apenas, depois de terem estado no solo durante vários meses”.

Assim, parte do processo está já desenvolvido e o DoD espera receber ideias para a produção das balas biodegradáveis até 8 de Fevereiro próximo.

Depois de escolhido o candidato ideal, numa primeira fase, “o contratado irá focar-se em fazer rodadas de treino de 40 mm a 120 mm”, destaca o anúncio.

Neste arranque, ainda não se poderá falar bem de balas, estando em causa dispositivos muito robustos, sendo os de 40 mm, os mais pequenos, do tipo granadas. Só na segunda fase é que se vai desenvolver um protótipo e o processo de fabrico. Na terceira fase, decorrerão os testes em instalações militares.

SV, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Parece-me um bom princípio. Matam-se meia dúzia de gajos mas em compensação plantam-se algumas árvores para salvar o planeta. Está bem esgalhado.

  2. Ou seja como os EUA conseguem branquear a guerra e torná-la um assunto ecológico e necessário, será?
    faz-me lembrar o politicamente correcto:

    Na Universidade de Griffith, na Austrália, há um concurso anual sobre a definição mais apropriada para um termo contemporâneo. Um estudante vencedor de um deles escreveu:
    “Politicamente correto é uma doutrina, sustentada por uma minoria iludida e sem lógica, que foi rapidamente promovida pelos meios de comunicação (também iludidos e sem lógica) e que sustenta a ideia de que é inteiramente possível pegar num pedaço de merda pelo lado limpo.”

RESPONDER

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …

Kanye West anuncia candidatura à Presidência dos EUA

O músico norte-americano Kanye West anunciou este sábado, Dia da Independência dos Estados Unidos, a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado anteriormente o atual Presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. "Agora devemos …

Vídeo revela, pela primeira vez, como é que o cérebro se livra dos neurónios mortos

Uma equipa de cientistas conseguiu usar, pela primeira vez, uma técnica que "mata" uma célula cerebral isolada e permite observar o processo de limpeza do sistema nervoso em tempo real. A equipa de investigadores conseguiu registar …

Reutilizável, dobrável e esterilizável. Novo "escudo" protege profissionais de saúde

Uma equipa de cientistas desenvolveu, recentemente, um dispositivo dobrável em forma de tenda que atua como um escudo físico para os profissionais de saúde na linha da frente contra a covid-19. A tenda redutora de gotículas …

O Lamborghini mais potente acelera dentro de água. É um iate com 4.000 cavalos

O resultado da primeira colaboração entre a a Lamborghini e os especialistas da Tecnomar é um iate de luxo, com 4.000 cavalos que recria a sensação de condução de um superdesportivo dentro de água. O mais …

Aproxima-se o lançamento do rover Perseverance

O rover Perseverance da NASA está a menos de um mês da data de lançamento prevista para 20 de julho. A missão de astrobiologia do veículo vai procurar sinais de vida microscópica passada em Marte, explorar …

Benfica 3-1 Boavista | Águias põem fim a quarentena caseira

O Benfica venceu na noite deste sábado o Boavista, naquele que foi o primeiro triunfo caseiro após a retoma da Liga. Poderá ter sido a redenção das águias? Após ter somado apenas dois triunfos, quatro desaires …

Cortina do abraço permite às famílias reencontrar os familiares num lar de São Paulo

Abraçar, tocar e até dançar. Uma cortina do abraço permite que filhos visitem seus pais residentes numa casa de repouso em São Paulo. O empresário Bruno Zani, autor da criação, pretende agora colocar a cortina …