Exames de chinês perderam-se entre a UMinho e a China. Alunos podem repetir prova

USP Imagens

Os alunos que realizaram os exames oficiais de língua chinesa no Instituto Confúcio da Universidade do Minho, em Braga, vão poder repetir as provas que realizadas a 11 de maio, uma vez que estas desapareceram a caminho da China, país onde iriam ser corrigidas.

De acordo com a Renascença, que avançou a notícia, os cartões de resposta das provas desapareceram durante a viagem entre a Universidade do Minho e a China.

A informação foi confirmada pelo instituto à Rádio Renascença, dando conta que os alunos serão autorizados a repetir os Exames Oficiais de Língua Chinesa HSK (Hànyŭ Shǔipíng Kǎoshì) e o YCT (Youth Chinese Test), uma vez que os cartões com as respostas “tardavam em chegar ao destino”, a 9400 quilómetros do Minho.

Em causa estão, segundo escreve o jornal Público, 79 provas, 57 referentes ao exame HSK e 22 referentes ao YCT. A repetição dos exames já está marcada para 21 de setembro.

“Segundo as regras do Hanban [Gabinete Nacional de Divulgação da Língua Chinesa no Mundo], os cartões de resposta dos alunos devem ser selados num envelope e enviados por correio expresso para o Centro de Exames, em Pequim, para correção, trabalho que o Instituto Confúcio fez”, explicou o instituto em declarações à rádio.

O instituto não avança, contudo, qual foi a empresa que ficou responsável pelo transporte das mesmas até à China. Em comunicado citado pelo diário, a Universidade do Minho esclarece que “com base na informação transmitida pela empresa transportadora, os exames chegaram ao território chinês”, não havendo, contudo, dados exatos sobre a localização das provas. “Perante estas informações, o Instituto Confúcio não pode assumir, em definitivo, o extravio destes documentos”, esclarece.

“Continuamos incessantemente em contacto com a empresa responsável”, explicou a fonte Instituto Confúcio à RR, dando conta que as provas foram enviados através dos serviços dos CTT. Contactada pela RR, fonte do CTT confirmou o recebimento do pacote.

“Foi aceite no dia 13 de maio, tendo sido expedido no dia 15 de maio com destino a Pequim, na China (…) os CTT não têm ainda indicação da receção deste objeto por parte do operador postal chinês”, explicou. De acordo com empresa, a “situação de extravio” pode, “eventualmente, estar relacionado com a operação local do operador chinês”.

Os alunos que procuram realizar o exame HSK são, na sua grande maioria, os estudantes da Licenciatura em Estudos Orientais, sendo esta prova um dos requisitos para que obtenham uma bolsa do Governo chinês. Estas provas de habilitação da Língua Chinesa são as únicas reconhecidas internacionalmente, escreve ainda a RR.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Hotelaria pressiona Governo. Quer que turistas com estadias marcadas possam circular entre concelhos

A proibição de deslocação entre concelhos entre dia 30 de outubro e 3 de novembro de modo a evitar contágios agradou a alguns, mas não ao setor hoteleiro, que quer ser deixado de fora da …

Ligação fluvial entre o Seixal e Lisboa suspensa a partir de hoje (e durante 45 dias)

A Transtejo tinha informado que a ligação fluvial entre o Seixal e Lisboa estaria suspensa a partir desta segunda-feira, por 45 dias, devido a obras, mas será assegurado transporte rodoviário até ao terminal de Almada. “A …

Nagorno-Karabakh. Arménia e Azerbaijão acusam-se mutuamente de violação de novo cessar-fogo

A Arménia e o Azerbaijão trocaram esta segunda-feira acusações pela violação de um novo cessar-fogo acordado no domingo para pôr fim às hostilidades no enclave de Nagorno-Karabakh, que deveria ter entrado hoje em vigor. A Arménia …

Venezuela testou molécula que "anula a 100%" o novo coronavírus

O Presidente da Venezuela anunciou, este domingo, que o Instituto Venezuelano de Investigações Científicas (IVIC) testou com sucesso uma molécula, a DR10, que "anula 100%" o novo coronavírus. "O IVIC testou uma molécula usada para tratar …

Com a bancarrota a caminho, Governo Sócrates vendeu quase 80% dos imóveis públicos

Numa altura em que o país já estava em situação complicada, com o cenário de bancarrota no horizonte, o último Governo de José Sócrates vendeu quase 80% do património imobiliário público em apenas dois anos. Estes …

Na primeira noite de recolher obrigatório em Madrid, houve centenas de festas ilegais e álcool na rua

Na primeira noite de recolher obrigatório em Madrid, foram muitos os que ignoraram as restrições. A polícia espanhola foi obrigada a intervir em centenas de festas ilegais e numa festa ao ar livre com mais …

Casa Branca admite que EUA não poderão controlar pandemia. Biden acusa Trump de ter desistido

A Casa Branca admitiu este domingo que os EUA não poderão controlar a pandemia por ser tão contagiosa, numa mudança à postura de minimização da gravidade da crise, numa altura em que há novos recordes …

GNR obrigada a intervir no GP de Fórmula 1. Bastonário diz que evento foi um "insulto" aos profissionais de saúde

O circuito de Portimão teve de fechar algumas bancadas para garantir o distanciamento dos 27.500 espetadores autorizados pela Direção-Geral de Saúde (DGS). Pelo menos em duas foi necessária a intervenção da GNR. Em comunicado, a GNR …

Governo atira-se ao Bloco de Esquerda. Voto contra é "incompreensível"

Em conferência de imprensa, esta segunda-feira, o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, afirmou que "o Governo considera incompreensível que não possa contar com o Bloco de Esquerda" para aprovar o Orçamento do …

Chilenos votam de forma esmagadora para substituir Constituição de Pinochet

Os chilenos votaram de forma esmagadora, este domingo, a favor de uma nova Constituição para substituir a herdada da era do ditador Pinochet, num referendo realizado um ano após uma revolta popular contra a desigualdade …