“Potencial injustiça”. Sociedade de Matemática arrasa exame de acesso ao Superior

Quase 50 mil alunos realizaram na segunda-feira o exame nacional de Matemática A. Descontente com a prova, a Sociedade Portuguesa de Matemática considerou o exame nacional “inadequado”, afirmando que a prova põe em causa a igualdade de acesso ao Ensino Superior.

Segundo a sociedade científica, a prova não colocou os alunos “em pé de igualdade” ao apresentar um enunciado único para dois currículos distintos da disciplina.

“A SPM considera não ter sido salvaguardado o interesse dos alunos por não terem sido elaboradas as duas provas que se impunham: uma para os alunos do atual programa e uma outra para os alunos repetentes, versando sobre o programa anterior”, explicou num comunicado citado pela Renascença.

A Sociedade Portuguesa de Matemática frisou ainda que “alertou com devido tempo para a inexequibilidade de uma prova única para ambos os grupos; é agora claro que a opção encontrada de apresentar itens em alternativa de acordo com cada um dos programas, antigo ou novo, se mostrou claramente inadequada, até em termos de critérios de correção”, defendeu a sociedade científica.

A prova de Matemática A deste ano tinha dois programas distintos num mesmo enunciado – o atualmente em vigor e o anterior a 2014. Para a SPM, eram necessários duas provas em separado, elaboradas de acordo com os conteúdos lecionados aos alunos de diferentes anos.

“No geral, esta prova não se adequa a nenhum dos dois programas nem tão pouco coloca todos os alunos em pé de igualdade”, defende a Sociedade, alertado que a prova pode criar uma “potencial injustiça” no acesso ao Ensino Superior.

“A SPM lamenta a situação criada para milhares de alunos e respetivos professores que, desta forma, não veem devidamente valorizados o trabalho e o esforço desenvolvidos durante três anos, tendo-se assim criado uma situação de incerteza e potencial injustiça em relação ao acesso ao ensino superior”, lê-se no comunicado.

Falta de informação e itens desequilibrados

A Sociedade criticou ainda o IAVE por não disponibilizar informação ao longo do ano letivo, limitando-se a “fornecer uma Informação Prova com contornos menos claros e que agora se verifica ter pouca correspondência com o exame”.

“Como consequência desta inédita falta de informação, os alunos – tanto do novo programa como do antigo – foram confrontados com uma prova que não traduz fielmente o trabalho realizado durante os três anos do ensino secundário”, aponta.

No comunicado lê-se ainda que “a tentativa de subordinar o enunciado a dois referenciais de avaliação distintos acabou por gerar itens desequilibrados, confusos e por vezes contraproducentes do ponto de vista pedagógico”.

A SPM ilustra que num exercício “os alunos do antigo programa poderiam responder a qualquer uma das alternativas apresentadas, ao passo que o novo programa apenas contempla uma delas”.

Segundo números do Júri Nacional de Exames, foram ontem a exame de Matemática A 44.707 alunos. Esta é uma das avaliações mais importantes para o acesso Superior, uma vez que é uma das provas de ingresso mais pedida pelas Universidades para aceder a cursos superiores científicos.

O desagrado da SPM surge depois da greve dos professores ter cancelado mais de 8 mil reuniões de avaliação, tendo deixado cerca de 36 mil alunos sem notas internas atribuídas. Também na semana passada, o secretário de Estado da Educação, João Costa, admitiu que a falta de notas pode condicionar o calendário de acesso ao Ensino Superior.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. 2 escolhas de resposta possíveis se for um aluno do anterior programa? Parece-me muito subjetivo para um exame de matemática de acesso ao superior. Não há meios, nem que seja para pensar/estudar o trabalho que é necessário fazer. Ainda querem as 35 horas pelo desgaste da profissão.

Novo apoio social de até 501 euros aprovado. Inclui sócios-gerentes, informais e estagiários

O Parlamento continua na maratona de votações no âmbito da apreciação do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) na especialidade. Nesta quarta-feira, os parlamentares aprovaram o novo apoio social de até 501 euros, bem como …

Deco exige 1,1 milhões de euros ao Vitória de Guimarães em tribunal

O empresário e ex-futebolista Deco exige 1,1 milhões de euros ao Vitória de Guimarães, da I Liga portuguesa de futebol, numa ação interposta no Juízo de Execução de Guimarães, informa o portal Citius, do Ministério …

PSD junta-se a BE e PCP para travar transferências para Novo Banco (e as Finanças ficam "estupefactas")

No último dia de votações na especialidade, o PSD juntou-se à esquerda para impedir a injeção de 476,6 milhões de euros do Fundo de Resolução ao Novo Banco em 2021, tal como previsto no Orçamento …

Há uma planta que evoluiu para se "esconder" do Homem

Uma planta utilizada na medicina tradicional chinesa evoluiu, mudando a própria pigmentação, para se tornar menos visível ao Homem, sugere uma nova investigação, dando conta que em causa está uma estratégia de sobrevivência. O estudo, …

Luz verde. PAN abstém-se e garante aprovação do OE2021

A votação final global do Orçamento do Estado para 2021 acontece esta quinta-feira no Parlamento. A sua aprovação está garantida devido à abstenção do PCP, PEV e PAN, apesar do voto contra do Bloco de …

Mais de 500 funcionários públicos vão ajudar SNS. Camas de cuidados intensivos podem chegar às 1.000

A ministra da Saúde, Marta Temido, anunciou, em entrevista ao Público e à Renascença, que mais de 500 funcionários públicos vão integrar as equipas de rastreio do Serviço Nacional de Saúde (SNS). Na entrevista conjunta ao …

Erro de fabrico levanta questões sobre vacina de Oxford

A AstraZeneca e a Universidade de Oxford reconheceram esta quarta-feira um erro de fabrico que está a levantar questões sobre os resultados preliminares e a eficácia da sua vacina experimental contra a covid-19. O comunicado, onde …

Partiu o "mais humano dos deuses" quando tentava mudar de vida. 9 ambulâncias socorreram Maradona, mas foi em vão

A Argentina está em choque com a morte de Diego Armando Maradona. O coração de El Pibe não aguentou numa altura em que estava a tentar mudar de vida, com exercícios físicos, dieta e a …

Manter o ar de casa limpo pode reduzir a probabilidade de propagar covid-19

Além das precauções atualmente recomendadas, garantir que o ar em espaços interiores esteja o mais limpo possível também pode ajudar a reduzir a probabilidade de propagar o novo coronavírus. A grande maioria da transmissão do SARS-CoV-2 …

Navio australiano filma meteoro a desintegrar-se no céu da Tasmânia

O navio de pesquisa científica da CSIRO capturou imagens surpreendentes de um meteoro a desintegrar-se no oceano, muito perto da Tasmânia. Na quarta-feira, o navio de pesquisa científica da CSIRO capturou um meteoro a desintegrar-se no …