Ex-soldado britânico será julgado por assassinato no “Bloody Sunday”

O ex-soldado é acusado da morte de duas pessoas no “Bloody Sunday”, Domingo Sangrento, quando militares britânicos abriram fogo contra uma marcha pacífica de militantes católicos.

Um antigo soldado britânico vai ser julgado pela morte de dois manifestantes civis em 1972, durante o chamado Bloody Sunday (Domingo Sangrento), no qual 13 pessoas foram mortas por militares em Derry, na Irlanda do Norte.

Quase meio século depois, a Procuradoria da Irlanda do Norte concluiu que existe material suficiente para processar um dos militares britânicos, que foi identificado como “soldado F”. O ex-militar será acusado da morte de duas pessoas e tentativa de assassinato de outros quatro civis.

As provas sobre o envolvimento de outros 16 soldados britânicos e de dois antigos membros do IRA (Exército Republicano Irlandês) foram consideradas insuficientes. Antes do anúncio da procuradoria, familiares das vítimas marcharam em Derry na procura de justiça.

A Deutsche Welle recorda que esta é a primeira vez que se abre um processo judicial sobre o incidente de 30 de janeiro de 1972, durante o conflito conhecido como The Troubles, que afetou ao longo de três décadas a província britânica e opôs republicanos nacionalistas (católicos) — partidários da reunificação da Irlanda —, e unionistas (protestantes) – defensores da manutenção de autoridade da Coroa britânica.

Nesse domingo, soldados britânicos abriram fogo contra uma marcha pacífica de militantes nacionalistas em prol dos direitos civis no bairro católico de Bogside, em Derry, na Irlanda do Norte. Além das 13 pessoas que morreram no local, outras 15 ficaram feridas. Uma delas acabou por não resistir aos ferimentos e morreu meses depois.

Só em 2010 o governo britânico pediu desculpas pelos atos dos soldados britânicos, após uma investigação revelar que os militares dispararam sem justificação contra pessoas desarmadas e depois mentiram em relação ao assunto durante décadas. A decisão desta quinta-feira é anunciada nove anos depois do fim do inquérito.

O conflito na Irlanda do Norte matou mais de 3500 pessoas em três décadas. O acordo de paz de 1998 (Acordo da Sexta-Feira Santa) pôs fim definitivo ao conflito, prevendo, entre outros aspetos, a libertação de cerca de 500 paramilitares republicanos e unionistas e a abertura do inquérito, concluído em 2010.

ZAP // DW

PARTILHAR

RESPONDER

A Família Real inglesa vai ter um novo membro (e será já no início de 2021)

A Rainha Isabel II vai ter mais um bisneto. A princesa Eugénia anunciou hoje, através das redes sociais, que está à espera do seu primeiro filho. Também a Casa real já se pronunciou sobre a …

Google Maps vai localizar e mapear áreas de contágio de covid-19

O Google Maps, 'website' e aplicação de cartografia da gigante norte-americana Google, vai poder revelar nos mapas, consultados por utilizadores, as áreas de infeção da covid-19. “Ao abrir o Google Maps, clique na guia à direita …

Cabra com mais de 400 anos encontrada mumificada numa montanha de gelo

Uma cabra morta há mais de 400 anos foi descoberta por um esquiador, em Val Aurina, em Itália. Hermann Oberlechner, alpinista e campeão de esqui, estava a caminhar quando encontrou algo invulgar e inesperado no …

Norte-americano morre após overdose de guloseimas

Um homem de 54 anos morreu na sequência de uma paragem cardíaca causada por hipocaliemia severa. A ingestão de alcaçuz preto em altas quantidades é apontada como a causa da morte. Um norte-americano de 54 anos, …

Cidade brasileira de Manaus pode já ter atingido a imunidade de grupo

Um estudo liderado pela Universidade de São Paulo, no Brasil, sugere que a cidade brasileira de Manaus, a capital do estado do Amazonas, pode já ter atingido a imunidade de grupo para o novo coronavírus …

Segunda vaga da covid-19 aumenta fosso entre ricos e os pobres em Madrid

A capital de Espanha foi a mais atingida da Europa ao nível de contágios e mortes por covid-19, situação que levou a presidente da Comunidade de Madrid, Isabel Díaz Ayuso, a decretar o bloqueio parcial …

Sobrinho de Pablo Escobar terá encontrado 18 milhões escondidos na parede do apartamento do traficante

Um sobrinho do traficante colombiano Pablo Escobar disse que encontrou 18 milhões de dólares em dinheiro escondidos dentro de uma parede de um dos apartamento do seu tio. De acordo com o jornal britânico The Independent, …

Bebé nasce durante voo (e companhia aérea oferece-lhe "passagem vitalícia")

Foi durante uma viagem de avião que uma menina resolveu vir ao mundo A mãe da bebé viajava num voo da Egyptair quando entrou em trabalho de parto e teve direito a um presente inesperado. …

Pelo menos 22 mortos em queda de avião militar na Ucrânia

Pelo menos 22 pessoas morreram, esta sexta-feira, na queda de um avião militar no este da Ucrânia, entre as quais estudantes de uma escola militar, havendo ainda registo de dois feridos graves. "Vinte mortos e dois …

Empresas espanholas terão de pagar despesas dos funcionários em teletrabalho

A lei não se aplicará se o teletrabalho tiver sido forçado pela pandemia de covid-19, mas a empresa terá de assumir, porém, as despesas dos funcionários que estejam a trabalhar à distância. De acordo com o …