Ex-ministra “chumbada” e ex-presidente multado pelo TdC concorrem ao ISCTE

Andre Kosters / Lusa

A ex-ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues

A ex-ministra da Educação Maria de Lurdes Rodrigues prepara-se para concorrer à reitoria do ISCTE, onde foi “chumbada” por se ter recusado a ser avaliada. Terá pela frente Nuno Guimarães, ex-presidente da Faculdade de Ciências, multado pelo Tribunal de Contas por ter violado a lei em atos de gestão.

Está aberta a corrida à reitoria do ISCTE-IUL, cujo prazo de candidatura termina a 4 de janeiro, e os nomes dos candidatos já lançaram a polémica sobre o processo.

Segundo o Sol, uma das candidatas à reitoria do ISCTE será a ex-ministra da Educação Maria de Lurdes Rodrigues, que se recusou a ser avaliada pelo seu desempenho, entre 2014 e 2016, enquanto professora daquela instituição de ensino superior. A ex-ministra, diz o semanário, acabou mesmo por ser “chumbada” pela instituição.

Entre os argumentos apresentados pela ex-ministra para se recusar a sujeitar-se à avaliação terão estado, diz o Sol, problemas de saúde e falta de tempo para preencher o formulário online, que é exigido a todos os professores. Maria de Lurdes Rodrigues terá então sido classificada pela instituição como “inadequada”.

A classificação não impede no entanto a ex-ministra de preparar a candidatura à direcção do ISCTE – intenção que, em declarações ao semanário, Maria de Lurdes Rodrigues não confirma, frisando que “não tem nada a dizer” sobre o assunto.

No entanto, segundo apurou o Sol, a ex-ministra já está a organizar mini-reuniões para auscultar apoios e discutir medidas para o seu programa como eventual candidata.

Vice-reitor multado pelo TC na corrida

Contra Maria de Lurdes Rodrigues na corrida à reitoria do ISCTE estará a posicionar-se o actual vice-reitor para a Internacionalização e E-Learning, Nuno Manuel Guimarães, visto como “delfim” do actual reitor, Luís Reto.

O vice-reitor foi presidente da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa entre 2003 e 2009, tendo sido no exercício dessas funções multado pelo Tribunal de Contas em 3.000 euros por infracções financeiras praticadas em 2008.

Contactado pelo Sol, o professor catedrático de 57 anos confirma estar a considerar a candidatura, apesar de “ainda não ser oficial”, estando em processo de “elaboração do programa e das suas ideias”.

O novo reitor do ISCTE será eleito a 9 de fevereiro para um mandato de 4 anos à frente da instituição, em reunião do seu órgão máximo, o Conselho Geral, presidido pelo antigo ministro da Educação Júlio Pedrosa.

E a instituição terá ao que tudo indica que escolher, para a liderar, entre a ex-ministra que “chumbou” e o vice-reitor cujas práticas foram “chumbadas” pelo Tribunal de Contas.

FCUL

O vice-reitor para a Internacionalização e E-Learning do ISCTE/IUL, Nuno Manuel Guimarães

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Esta Lurdes Rodrigues merecia estar na cadeia pelo mal que fez aos professores, desde logo porque tentou impor-lhes avaliações às quais à própria nunca se submeteu. Comportou-se como uma fora-de-lei como o seu patrão, o tal sr. José Sócrates, que, a avaliar pelo que se diz, só não roubou a nossa Senhora de Fátima porque a manha dos cardeais e arcebispos portugueses era maior do que a dele, hoje tido como um mero delinquente. Colocar esta vac** à frente de uma instituição de ensino público é o mesmo que daqui a alguns anos vir a descobrir falcatruas em série que, depois, os mesmos de sempre, hão-de pagar. Provavelmente, ela quererá montar um negócio, em parceria com o seu ex-patrão, de diplomas. Corram com esta gente…

RESPONDER

EUA ponderam retirada militar total no Afeganistão, mas pedem “garantias“

Os EUA põe a hipótese de uma retirada militar no Afeganistão. Contudo, Anthony Blinken assumiu que está preocupado com a possibilidade de os taliban aproveitarem a retirada de tropas na NATO e dos Estados Unidos …

Santos Silva diz que notícia sobre “despesas supérfluas” da presidência da UE é “ridícula“

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros considera “ridícula” a notícia avançada na quinta-feira pelo jornal Politico que dava conta de “despesas supérfluas e contratos de patrocínio” durante a presidência portuguesa do Conselho da União …

UE tem de libertar-se da "má vontade" e negociar entre iguais, diz Reino Unido

A União Europeia (UE) deve libertar-se da sua má vontade e construir uma boa relação com o Reino Unido como soberanias iguais, disse no domingo o conselheiro do Governo britânico David Frost, prometendo defender os …

Acordo com Groundforce falha por acionista maioritário ter ações penhoradas

O acordo entre a TAP e a Pasogal, acionista da Groundforce, falhou, porque as ações do acionista já estão penhoradas e, assim, não podem ser dadas como garantia, disse à Lusa fonte oficial do Ministério …

Apenas 24 países têm mulheres no poder. Igualdade de género alcançada somente "em 130 anos"

Menos de 500 milhões de pessoas dos cerca de 7,8 mil milhões que constituem a população mundial têm atualmente uma mulher Presidente ou chefe de governo, avançou a ONU Mulher. "Ao ritmo atual, a igualdade de …

Império de Cristiano Ronaldo mudou-se para Portugal (na pista dos benefícios fiscais)

Após ter dissolvido a CRS Holding no Luxemburgo, Cristiano Ronaldo passou a sede de uma das suas principais empresas para Lisboa renomeando-a CR7 Lifestyle Unipessoal. Nesta altura, o craque já tem seis empresas instaladas em …

Coro de crianças na Alemanha compõe música de apoio a Portugal

Um coro com cerca de quatro dezenas de crianças, da cidade de Tecklenburg, na Alemanha, criou uma música para "dar conforto" aos portugueses durante a pandemia de covid-19. "Quando eu li nas notícias sobre a situação …

Pelo menos 6% das portuguesas já foram vítimas de agressão física ou sexual

No dia em que se assinala o Dia Internacional da Mulher, a Pordata compilou um conjunto de indicadores que retratam a situação da mulher, em Portugal e na União Europeia.  Segundo o Eurostat e a Agência …

PS exige "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro

As federações do PS de Aveiro, Coimbra, Guarda, Leiria, Oeste, Santarém e Viseu exigiram este domingo a "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro de Portugal (TCP) e a convocação de eleições …

“Opaco” e “mal estruturado”. Pilotos criticam plano de adesão voluntária da TAP

Esta segunda-feira, o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) definiu o programa de medidas voluntárias da TAP como “mal estruturado”, “absolutamente opaco” e com “deficiências de informação”. A direção de recursos humanos da companhia “revela-se …