Europeias. PSD dispara e aproxima-se do PS nas intenções de voto

PSD / Flickr

O eurodeputado social-democrata Paulo Rangel

Está cada vez mais renhida a disputa entre PS e PSD pela vitória nas europeias de 26 de maio, mostra a nova sondagem da Aximage.

Os socialistas, cuja lista é encabeçada por Pedro Marques, mantêm os 34,1% das intenções de voto já registados em fevereiro, enquanto a candidatura social-democrata, que é protagonizada por Paulo Rangel, ganha mais de quatro pontos para se fixar nos 29,1%.

Esta subida é ainda mais expressiva tendo em conta que na sondagem de janeiro o PSD não ia além de 19,8%. Em apenas dois meses, os sociais-democratas subiram perto de 10 pontos percentuais para um crescimento de quase 50% nas intenções de voto, de acordo com a sondagem encomendada para o Jornal de Negócios.

Este é o primeiro estudo da Aximage que mede em pleno o efeito eleitoral da confirmação de Paulo Rangel como cabeça de lista pela terceira vez consecutiva, já que só a 7 de fevereiro foi oficializada a recandidatura. Desde então, o eurodeputado tem pautado as intervenções públicas com duras críticas ao Governo do PS e, em particular, ao ex-ministro do Planeamento Pedro Marques.

Entre os partidos atualmente representados no Parlamento Europeu, além do PSD, só a CDU ganha força. A aliança entre PCP e Verdes sobe quase 1 ponto para 9,2%. Bloco de Esquerda e CDS caem respetivamente para 7,6% e 7,3%. Aliança (2%) e PAN (1,9%) surgem quase empatados.

A correspondência destes números em assentos parlamentares sugere que o PS pode ficar-se pelos oito assentos garantidos em 2018 ou, no melhor cenário, eleger nove deputados. O PSD, que agora detém seis deputados, pode ganhar mais um ou dois mandatos em Estrasburgo.

A CDU pode perder um dos três eurodeputados. O Bloco garante mais um mandato para eleger os mesmos dois eurodeputados que a CDU e o CDS pode ganhar um deputado ou não ir além do cabeça de lista eleito há cinco anos.

Instados a apontar o nome dos candidatos principais, 24,7% dos entrevistados pela Aximage nomeiam Paulo Rangel, ligeiramente acima dos 23,5% de Pedro Marques. No ranking da notoriedade seguem-se a bloquista Marisa Matias (13,9%), o centrista Nuno Melo (11,2%) e o comunista João Ferreira (4,5%).

ZAP //

PARTILHAR

32 COMENTÁRIOS

  1. Há? Quais o PCP que diz que a coreia do norte é uma democracia? Ou talvez o BE da actriz falhada catarina ou as filhos do famoso assaltante de bancos que acham que as empresas são todas um alvo a abater?
    Ganhe juízo… a esquerda nunca foi alternativa em lugar nenhum do mundo!

    • Há maneiras mais saudáveis de estar na vida.
      Desconfiar não é a melhor.
      Ou sim ou sopas !
      Sabe ou nem tão pouco desconfia que a esquerda foi a impulsionadora do 25 de Abril ?
      De facto o Maduro não vale um chavo nem tem nada a ver com o Chavez.
      Desconfia por acaso que, a posição dos países que fazem um bloqueio miserável à Venezuela prejudica de forma irracional o Povo Venezuelano em busca de partilharem, digo, roubarem o petróleo da Venezuela ?
      Que raio de democratas !

      • Kurcudito, eu sei que a esquerda foi a responsável pelo 25 de Abril.
        Mas também sei a forma desordenada e criminosa como foi feito o 25 de Abril.
        E também sei que felizmente algumas pessoas inteligentes não foram na conversa do PCP ou hoje seriamos uma Venezuela (se outros países o permitissem, claro).
        Deixe-me dizer-lhe que em relação ao 25 de Abril, a mudança já estava em marcha e teria sido feita de forma mais vantajosa para todos nós se não fosse a ganancia do poder de alguns políticos portugueses como Álvaro Cunhal e Mário Soares (este nunca foi esquerda nem direita mas sim do que mais lhe interessava).
        Mas em relação á venezuela, independentemente da guerra entre russia, china e EUA, o “sr.” Maduro é um ditador e a venezuela uma ditadura. E o facto de a esquerda defender o regime diz tudo…

        • Na verdade, a responsável pelo 25 de Abril foi a direita fascista !
          Se o Chavez não tivesse sido assassinado se calhar a Venezuela não tinha chegado a este ponto.
          Já agora pergunto-lhe se me permite:
          – Tem alguma confiança nas gentes que dominam internamente e externamente o actual Brasil ?
          Eu temo pelo seu futuro e das suas gentes.
          Cumprimentos

  2. Qual a diferença entre ambos?:
    É fundamental não confundir Socialismo Democrático e Social-Democracia, embora ambos sejam muito confundidos e utilizados para o mesmo fim, os seguidores de cada doutrina ideológica não se igualam e rejeitam uma e a outra corrente.
    Os primeiros são contrários à social-democracia porque ela mantém o modo de produção capitalista.
    Os segundos rejeitam o Socialismo Democrático porque não se reconhecem como socialistas.
    Sinceramente? venha o diabo e que escolha, porque o TACHO é o mesmo.!
    Finalmente do voto, diria isto:
    O voto é a nossa consciência. Temos que consultá-la frequentemente, por conseguinte a democracia está enferma, como dizia alguém …

  3. Paulo Rangel satisfeito… pudera… a competir com um coxo mentiroso, é fácil.
    Só vota Pedro Marques quem fica à espera de 2030 para ver as suas promessas concretizadas !
    Pedro Marques foi o maior bluff deste governo, e António Costa aproveitou a oportunidade para se ver livre dele.
    A sua primeira promessa no dia em que foi nomeado: Fazer a linha férrea Sines – Badajoz para escoar mercadoria e combustíveis… nem uma travessa ainda foi assente !

    • Realmente este Pedro Marques é a coisa mais reles que vi na política portuguesa. Como é do Montijo, o homem talvez o que saiba é de pesca no Tejo. Costa está a enchutá-lo para fora do país.

  4. Eu irei votar PSD. Mais não seja porque o cabeça de lista sabe do que fala. O do PS sempre que abre a boca sobre a Europa sai disparate. O homem nem conhece as leis. Não sabe o que diz. Enfim… um autêntico zero à esquerda. Na linha da sua prestação no atual governo. O homem é mesmo zero.

  5. Muito alto está a esquerda tendo em conta a fome e miseria que causam. Em todos os países onde há boa qualidade de vida a esquerda já desapareceu á varios anos. A esquerda afasta o investimento, o que provoca fome e miseria em pessoas e crianças.

      • Essa dos países nórdicos serem de esquerda é um mito muito aproveitado pela esquerda. O regime politico dos países nórdicos não é Socialista.
        O facto de terem dos impostos sobre o rendimento mais altos do mundo e um estado mais “pesado” não faz deles socialistas. Estes países têm por outro lado uma economia de mercado muito funcional onde se incentiva o empreendedorismo e as leis laborais são muito flexíveis entre outras características. Algo que vai claramente contra a teoria socialista. Informe-se bem.

        • Chama-lhe o que quiseres!….
          O “regime politico dos países nórdicos” é a democracia e, quando alguém diz: “Em todos os países onde há boa qualidade de vida a esquerda já desapareceu há vários anos”, claramente não conhece os países nórdicos, e muito menos os seus partidos/governos!!
          “Informe-se bem”?!
          Acho que saber como tem sido os governos dos países nórdicos e olhar para como os partidos nórdicos se “intitulam” é uma boa fonte de informação – se eles não sabem o que são, que é que sabe?!
          No geral, toda a gente concorda que os países nórdicos são o exemplo de socialismo democrático!
          Por exemplo, na Dinamarca, o partido mais votado nas eleições de 2017 foi o partido Socialdemokraterne (Social Democracy), que se considera de centro-esquerda, faz parte de Partido Socialista Europeu e cujo símbolo é uma rosa – é maior partido dinamarquês e, nos últimos 100 anos, foi SEMPRE o mais votado!!
          Curiosamente, agora não está no governo porque aconteceu o mesmo que em Portugal (o partido mais votado não consegui reunir o apoio suficiente para formar uma governo estável) – quem governa é o 3º (TERCEIRO!) partido mais votado (Venstre) – uma “geringonça” dinamarquesa!

  6. Chama-lhe o que quiseres!….
    O “regime politico dos países nórdicos” é a democracia e, quando alguém diz: “Em todos os países onde há boa qualidade de vida a esquerda já desapareceu há vários anos”, claramente não conhece os países nórdicos, e muito menos os seus partidos/governos!!
    “Informe-se bem”?!
    Acho que saber como tem sido os governos dos países nórdicos e olhar para como os partidos nórdicos se “intitulam” é uma boa fonte de informação – se eles não sabem o que são, que é que sabe?!
    No geral, toda a gente concorda que os países nórdicos são o exemplo de socialismo democrático!
    Por exemplo, na Dinamarca, o partido mais votado nas eleições de 2017 foi o partido Socialdemokraterne (Social Democracy), que se considera de centro-esquerda, faz parte de Partido Socialista Europeu e cujo símbolo é uma rosa – é maior partido dinamarquês e, nos últimos 100 anos, foi SEMPRE o mais votado!!
    Curiosamente, agora não está no governo porque aconteceu o mesmo que em Portugal (o partido mais votado não consegui reunir o apoio suficiente para formar uma governo estável) – quem governa é o 3º (TERCEIRO!) partido mais votado (Venstre) – uma “geringonça” dinamarquesa!

Responder a Eu! Cancelar resposta

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …

Discurso xenófobo. Na Áustria, "a islamofobia tornou-se uma forma dominante de racismo"

A Áustria regista um aumento preocupante do discurso xenofóbico, em particular em relação aos muçulmanos e refugiados, alerta um relatório do Conselho da Europa. A Comissão do Conselho da Europa contra o Racismo e a Intolerância …

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia é uma invenção

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia de coronavírus é uma invenção, de acordo com uma pesquisa realizada pela Escola Superior de Economia de Moscou (HSE). Segundo avançou o site de notícias RBC, citado …

"Botellón" está de volta a Lisboa. Ajuntamentos sem controle podem estar a espalhar o vírus

Há cada vez mais ajuntamentos de jovens em Lisboa, nomeadamente nos bairros típicos, mas também em locais como bombas de gasolina, para o convívio e o consumo de álcool. Um tipo de comportamento que está …

Trump negou ter-se abrigado num bunker da Casa Branca por causa dos protestos

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, negou esta quarta-feira ter sido escoltado para um 'bunker' na Casa Branca, devido aos protestos pela morte de George Floyd, alegando ter ido lá apenas para inspecionar …

Itália. Manifestantes desviam as máscaras e protestam contra medidas para conter pandemia

Centenas de manifestantes se reuniram em Roma, desviando as suas máscaras dos rostos, para protestar contra as medidas do Governo italiano para impedir a propagação do coronavírus. Segundo avançou na terça-feira a Time, os manifestantes, que …