Eurodeputados portugueses querem Maduro “corrido” de “país em estado terminal”

Os eurodeputados portugueses Ana Gomes, Paulo Rangel e José Inácio Faria apelaram hoje a que Nicolás Maduro seja “corrido” do poder na Venezuela, país que está “em estado terminal” devido à crise humanitária e política que atravessa.

“A Venezuela está num abismo e Maduro tem de ser rapidamente corrido pelo povo venezuelano”, afirmou Ana Gomes, que intervinha num debate de urgência sobre a situação no país, realizado no âmbito da sessão plenária do Parlamento Europeu.

Importante relembrar que a Venezuela está às escuras desde a última quinta-feira, na sequência de uma avaria na central hidroelétrica de El Guri. Ana Gomes referiu que “sem geradores, morrem crianças e velhos nos hospitais”.

“A pouca comida existente apodrece e o comércio, escolas, serviços e transportes estão parados. Nada se resolverá sem eleições livres e genuínas num horizonte de meses”, acrescentou a eurodeputada do PS.

“Não é sustentável manter Maduro no poder e manter o sofrimento terrível imposto ao povo venezuelano”, adiantou Ana Gomes, frisando que “a União Europeia tem de ser clara nisto”.

O eurodeputado do PSD, Paulo Rangel, tem uma opinião idêntica, dizendo que “a situação na Venezuela é uma situação de urgência e de emergência”. Rangel destacou que o apagão que mantém a Venezuela às escuras revela uma “situação de miséria, de fome e até de urgência pela água”.

“Hoje o problema da Venezuela já não é só um problema de ditadura ou de democracia, é um problema de vida ou de morte, de urgência humanitária”. A demora da UE a reconhecer que “Maduro se trata de um ditador” alarma Rangel, que até classifica o político venezuelano como “um verdadeiro homicida“.

Para José Inácio Faria, “o colapso do sistema elétrico é resultado de anos de corrupção e de incompetência”. O eurodeputado eleito pelo do Movimento Partido da Terra diz que “afirmar que a precariedade da infraestrutura elétrica nacional é resultado de sabotagem informática internacional é uma falácia”.

Visão diferente manifestou João Pimenta Lopes, que afirmou que “a credibilidade dos debates sobre a Venezuela no parlamento esvaiu-se, se é que alguma vez a teve”.

O comunista acusa os outros eurodeputados de “mentir descaradamente” sobre a situação naquele país, desde logo ao “atribuir ao legítimo governo da Venezuela a responsabilidade do que sabemos ter sido uma sabotagem terrorista do sistema elétrico”.

O debate surgiu numa altura de crise política na Venezuela, que se agravou desde o passado dia 23 de janeiro, quando Juan Guaidó se autoproclamou Presidente da República interino e declarou que assumia os poderes executivos de Nicolás Maduro.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Cambada de palhaços “os verdadeiros que me desculpem” andam a roçar o cu das calças(saia) nos bancos do P.E. a desbaratar os nosso dinheiro a defender o roubo das reservas do petróleo, gaz Venezuelano para os américas e seus lacaios roubarem, como aconteceu recentemente no iraque libia siria entre muitos outros que o mundo sabe em conluio com Busch e seus lacaios europeus na cimeira dos Açores.

RESPONDER

John Cleese esgota três coliseus em 48 horas

John Cleese vai estar no Coliseu de Lisboa com “Last Time To See Me Before I Die” durante três dias. O humorista britânico esgotou as três datas em apenas 48 horas. Durante esta madrugada (10), a …

Descoberta no Egito múmia de grande animal semelhante a um leão

O Ministério das Antiguidades egípcio anunciou esta segunda-feira que uma equipa de arqueólogos desenterrou uma múmia de um grande animal incomum, semelhante a um leão ou uma leoa. “É um animal muito estranho, como um gato …

Ex-agentes da DEA revelam detalhes da vida de Escobar na prisão que o próprio construiu

Dois dos agentes do DEA, que durante mais de um ano participaram na operação de captura de Pablo Escobar, revelaram alguns detalhes sobre a vida do narcotraficante e ex-líder do cartel de Medellín na prisão La …

Num jardim zoológico da Austrália, há concertos ao vivo (para entreter os elefantes)

https://vimeo.com/372400002 O jardim zoológico de Melbourne está a desenvolver um programa mundial de músicos para tocar para a sua multigeracional manada de elefantes asiáticos em perigo de extinção para que melhore a ligação entre os seis …

Montijo: ANA pede mais tempo para analisar medidas de mitigação ambiental

A ANA – Aeroportos de Portugal pediu à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) uma prorrogação do prazo para analisar as medidas de mitigação propostas pela entidade na Declaração de Impacte Ambiental (DIA) do futuro aeroporto …

Sérgio Conceição ultrapassa número de jogos de José Mourinho

No jogo deste domingo, que o FC Porto acabou por vencer o Boavista com um golo solitário de Alex Telles, Sérgio Conceição cumpriu o seu 128.º jogo como treinador dos dragões - mais uma partida …

Governo australiano acusado de censurar livro sobre história de Timor-Leste

O Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano está alegadamente a tentar censurar partes do primeiro de dois volumes da história de operações militares em Timor-Leste, o dedicado à Força Internacional para Timor-Leste (Interfet), segundo revelou a imprensa …

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …

Pai que fugiu por 15 países com os dois filhos no ano passado encontrado pela PSP

O pai mudou 15 vezes de país com as crianças desde o verão passado sempre sem o consentimento da mãe e sem que a mãe tivesse qualquer notícia do paradeiro dos filhos, revela a PSP. A …

Daesh está a tentar criar um novo Estado islâmico nas Filipinas

Há dois anos que a bandeira negra do Daesh deixou de esvoaçar no topo de um edifício da cidade de Marawi, em Mindanau, no sul das Filipinas, e o Presidente, Rodrigo Duterte, declarou tê-lo derrotado. …