Líder do parlamento autoproclama-se Presidente da Venezuela

Fotos Públicas

Juan Guaidó, presidente do Parlamento da Venezuela

O presidente do parlamento venezuelano, o opositor Juan Guaidó, autoproclamou-se hoje presidente interino da Venezuela, perante uma concentração de milhares de pessoas, no leste de Caracas.

“Levantemos a mão, hoje 23 de janeiro, na minha condição de presidente da Assembleia Nacional e perante Deus todo-poderoso e a Constituição, juro assumir as competências do executivo nacional, como Presidente Encarregado da Venezuela, para conseguir o fim da usurpação (da Presidência da República), um governo de transição e eleições livres”, disse.

Juan Guaidó começou por fazer referência a vários artigos da Carta Magna venezuelana e fez os manifestantes jurarem comprometer-se em “restabelecer a Constituição da Venezuela”.

“Hoje, dou um passo com vocês, entendo que estamos numa ditadura“, disse vincando saber que a sua autoproclamação “terá consequências”.

Por outro lado, dirigiu-se ao presidente Nicolás Maduro, sublinhando que “aos que estão a usurpar o poder, digo, com o grito de toda a Venezuela: vamos insistir até que regresse a água e o gás, até que os nossos filhos regressem, até conseguir a liberdade”.

Segundo Juan Guaidó “não se trata de fazer nada paralelo”, afirmando que tem “o apoio da gente nas ruas”.

Países da América do Sul reconhecem Guaidó

Os governos do Brasil, Colômbia, Peru, Equador e Costa Rica anunciaram esta quarta-feira em Davos, na Suíça, que reconhecem o presidente do Parlamento venezuelano, Juan Guaidó, como “presidente da Venezuela”.

O anúncio foi feito após uma reunião na qual participaram o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, da Colômbia, Iván Duque, da Costa Rica, Carlos Alvarado, e do Equador, Lenín Moreno, além da vice-presidente do Peru, Mercedes Aráoz.

Iván Duque, que foi o primeiro a tomar a palavra diante de um reduzido grupo de jornalistas, disse que o seu país “reconhece Juan Guaidó como presidente da Venezuela e acompanha este processo de transição para a democracia para que o povo venezuelano se liberte da ditadura”.

Por sua vez, Jair Bolsonaro afirmou reconhecer Guaidó como presidente juntamente com os restantes países do chamado Grupo de Lima. “Daremos todo o apoio político necessário para que o processo siga o seu curso”, assegurou o presidente brasileiro.

o México declarou que vai manter a sua posição sobre a Venezuela e continuar a reconhecer Maduro como o legítimo presidente do país.

EUA reconhecem Guaidó e pedem renúncia de Maduro

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, pediu nesta quarta-feira a Nicolás Maduro que renuncie à presidência da Venezuela, devido à presença de um novo “líder legítimo que reflete a vontade do povo”.

“O povo venezuelano já sofreu durante muito tempo a desastrosa ditadura de Nicolás Maduro. Exigimos que Maduro dê um passo ao lado, a favor de um líder legítimo que refletce a vontade do povo”, disse Pompeo em comunicado.

O governo americano reconheceu esta quarta-feira Guaidó como “presidente legítimo interino” da Venezuela e avisou Maduro de que mantém “todas as opções sobre a mesa” caso haja represálias contra os deputados opositores. A nota reitera o pedido aos militares venezuelanos a que “defendam a democracia e protejam os cidadãos venezuelanos“.

Além disso, o representante da diplomacia americana afirma que o governo dos EUA “está disposto a prestar assistência humanitária ao povo da Venezuela, assim as condições permitam”, um cenário considerado por Maduro e apoiadores como uma agressão.

A Venezuela vive uma situação de incerteza política desde o último dia 10, data em que o presidente Nicolás Maduro tomou posse para um segundo mandato, depois de eleições presidenciais, realizadas em maio de 2018, não reconhecidas pela maior parte da comunidade internacional.

Guaidó proclamou-se agora presidente da Venezuela, no que chamou de luta contra a “usurpação” da presidência por Maduro, a quem classificou como líder “ilegítimo”.

A possibilidade de o presidente da Assembleia Nacional assumir o governo de maneira interina até a convocação de eleições está prevista na Constituição da Venezuela,   caso não haja um governante legítimo e desde que cumprida uma série de condições.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Sim, as pessoas ficam mais bonitas quando estamos bêbados

Uma investigação acaba de provar a teoria dos "óculos de cerveja": depois de ingerirmos álcool, as outras pessoas tornam-se mais atraentes para nós. Uma equipa de investigadores da Edge Hill University, no Reino Unido, resolveu investigar …

Leverkusen vs FC Porto | Luis Díaz mantém “dragão” à tona

O FC Porto perdeu na Alemanha, na visita ao Bayer Leverkusen, por 2-1, e tem tudo em aberto na perspetiva de chegar aos oitavos-de-final da Liga Europa. Após uma primeira parte difícil, na qual praticamente não …

Ex-presidente do Tribunal da Relação Vaz das Neves arguido na Operação Lex

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa foi constituído arguido no processo Operação Lex, em que também são arguidos o desembargador Rui Rangel e a sua ex-mulher e juíza Fátima Galante. A fonte adiantou à …

Rangers vs Braga | "Braveheart" romeno estraga noite "guerreira"

  O Sporting de Braga perdeu em casa dos escoceses do Rangers por 3-2, esta quinta-feira, em jogo da primeira mão dos 16 avos de final da Liga Europa de futebol em que esteve a vencer …

Morreu Joaquim Pina Moura, antigo ministro da Economia e das Finanças

O ex-ministro da Economia e das Finanças morreu em casa, em Lisboa, aos 67 anos, devido a doença neurodegenerativa, disse à agência Lusa o filho, o fotojornalista João Pina. Natural de Loriga, Seia (distrito da Guarda), …

Duran Duran e A-ha levam anos 80 ao Rock in Rio

Os noruegueses A-ha, responsáveis por Take on me, tema que fez sucesso na década de 80, estrear-se-ão em palcos portugueses no Rock in Rio Lisboa, atuando no mesmo dia em que os ingleses Duran Duran. Segundo …

Maior avião comercial do mundo vai ser reciclado (mas vende lembranças)

O primeiro Airbus A380 vai ser dividido em peças para futuras substituições, mas vai voltar aos céus através de etiquetas de bagagem. O MSN003 começou a ser fabricado em 2004 e tornou-se o primeiro avião super …

Caso Roger Stone. Ex-consultor de Trump condenado a 40 meses de prisão

O ex-consultor do Presidente dos Estados Unidos foi condenado, esta quinta-feira, a mais de três anos de prisão, apesar da interferência do procurador-geral para reduzir a recomendação de sentença. Um tribunal federal condenou o ex-consultor de …

Shakhtar D. vs Benfica | "Águia" perde mas sai viva

Ainda não foi esta quinta-feira que o Benfica regressou à senda dos bons resultados. Na visita a Kharkiv, casa emprestada do Shakhtar Donetsk, os campeões nacionais perderam por 2-1. Os três golos nasceram todos na etapa …

Após 40 anos, a Casa dos Amantes de Pompeia abre ao público

Pela primeira vez após 40 anos, a Casa dos Amantes, rica em frescos e decorações e uma das jóias de Pompeia, vai abrir ao público. Encontrada durante escavações em 1933, a Casa dos Amantes, em Pompeia, …