“Chegou a hora” de os EUA reconhecerem os Montes Golã como território israelita

Michael Reynolds / EPA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

Donald Trump escreveu no Twitter que está na hora de os Estados Unidos reconhecerem a soberania do Estado hebraico sobre o território capturado à Síria em 1967.

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, escreveu esta quinta-feira no Twitter que, “após 52 anos, chegou a hora de os Estados Unidos reconhecerem totalmente a soberania de Israel sobre os Montes Golã, que são de importância crítica para a estratégia e segurança do Estado de Israel e a estabilidade regional”.

O Estado hebraico conquistou este território à Síria na guerra de 1967 e, em 1981, anexou-o, estendendo a sua legislação e administração a todo aquele território. Esta situação não foi reconhecida pela comunidade internacional, escreve o Diário de Notícias. Os Montes Golã são um planalto rochoso com cerca de 1200 km2 situado a apelas 60 km da capital síria, Damasco.

O reconhecimento deste território, cuja soberania a Síria ainda continua a disputar, significaria uma viragem política americana uma semana antes de Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro israelita, chegar a Washington para um encontro com Trump.

Netanyahu, que vai a eleições a 9 de abril, tem pressionado os Estados Unidos a reconhecerem a soberania de Israel sobre os Montes Golã. A possibilidade foi mencionada pelo próprio primeiro-ministro em fevereiro de 2017, no seu primeiro encontro com Donald Trump na Casa Branca.

Netanyahu já reagiu, agradecendo a posição do Presidente dos Estados Unidos. “Numa altura em que o Irão procura usar a Síria como plataforma para destruir Israel, o presidente Trump corajosamente reconhece a soberania de Israel sobre os Montes Golã”, escreveu no Twitter.

Em novembro, os Estados Unidos votaram contra uma resolução da ONU que considerava a anexação dos Montes Golã “nula e sem efeito” – foi o único país a votar contra, ao lado de Israel.

Governo sírio condena posição de Trump

“A posição dos Estados Unidos reflete o desrespeito do país pelas normas internacionais e uma flagrante violação pelo direito internacional”, reagiu, em comunicado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros sírio. As “declarações irresponsáveis” de Donald Trump reafirmam o “apoio ilimitado” de Washington ao “comportamento agressivo” de Israel.

 

Na nota agora divulgada, o Governo sírio assinalou as “políticas covardes” dos EUA. “Ficou claro para a comunidade internacional que os Estados Unidos, com as suas políticas covardes, regidas por uma mentalidade de hegemonia e arrogância, converteram-se numa ameaça à paz e estabilidade internacionais”, indicou.

De acordo com o texto, o anúncio de Trump viola a Resolução 497 de 1981 do Conselho de Segurança da ONU, adotada por unanimidade, e que rejeita categoricamente a ocupação israelita.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Jovens bolivianos forçaram picada de viúva-negra. Queriam ser como o Homem-Aranha

Três irmãos bolivianos de 8, 10 e 12 anos acabaram hospitalizados depois de fazerem com que uma viúva negra os picasse para que ficassem com super-poderes como o Homem Aranha. "Pensando que a [picada] lhes …

Bloco exige retirada de norma "insultuosa" no apoio a recibos verdes

O Bloco de Esquerda (BE) exigiu este domingo ao Governo que retire do formulário de apoio para os trabalhadores independentes uma norma "insultuosa" que lhes exige o compromisso de retomarem a atividade no prazo de …

Espetada de porco 2.0. Novameat propõe carne impressa em 3D para o jantar

A Novameat, uma empresa espanhola de tecnologia alimentar, apresentou um novo produto: carne de porco à base de plantas impressa em 3D, a que batizaram de espetada de porco 2.0. A Novameat quer apoiar um sistema …

Uber acusada de exploração de trabalhadores em Itália

Um tribunal de Milão ordenou a nomeação de um administrador judicial para a Uber Itália durante um ano, após ter determinado que o serviço de entrega de refeições da empresa explorava os trabalhadores. De acordo com …

Pinto de Costa: "Se Rui Moreira tivesse avançado, não me candidatava"

Pinto da Costa revelou que não teria avançado para a recandidatura à presidência do FC Porto se o presidente da Câmara do Porto tivesse entrado na corrida. "Se o Rui Moreira se tivesse candidatado, embora …

"Ficamos chocados." Cientistas redescobrem abelha azul que pensavam estar extinta

Um tipo de abelha azul reapareceu recentemente na Florida, nos Estados Unidos, depois de ter sido vista pela última vez em 2016. Além de azul, a espécie é nova e extremamente rara. Os cientistas estavam convencidos …

Missão da Space X acoplou com sucesso. Astronautas da NASA já chegaram à EEI

A cápsula Dragon que transporta os astronautas da agência espacial norte-americana (NASA) já acoplou à Estação Espacial Internacional, após terem partido no primeiro voo privado rumo ao espaço, neste sábado. Foi às 15:17 (hora de Lisboa) …

Venezuela vai aliviar quarentena com método próprio

Nicolás Maduro anunciou que, a partir de segunda-feira, a Venezuela vai aplicar um modelo próprio de quarentena preventiva da covid-19, que combina cinco dias de flexibilização disciplinada com dez de confinamento obrigatório. “É o modelo cinco …

Uma escultura gigante de uma ave está a espalhar gargalhadas numa cidade da Austrália

Um escultor australiano aproveitou o tempo de quarentena devido à pandemia de covid-19 para construir uma kookaburra eletrónica com quase quatro metros de altura, que até faz os mesmos movimentos e barulhos que o famoso …

Termina o prazo para limpar terrenos. Fiscalização arranca segunda-feira

O prazo para a limpeza de terrenos florestais termina este domingo, após prorrogação, por duas vezes, devido à pandemia da covid-19. Em caso de incumprimento, os proprietários ficam sujeitos a contraordenações, com coimas entre 280 e …