//

Nos Estados Unidos, os influencers do TikTok já têm um sindicato

Nos Estados Unidos, os influencers do TikTok vão passar a poder juntar-se a um dos maiores sindicatos do país, ficando abrangidos por benefícios de saúde e reforma.

Hoje em dia, há cada vez mais influencers espalhados pela internet. Alguns deles chegam mesmo a ter centenas de milhares de seguidores nas redes sociais. Depois do Facebook, Instagram e Twitter, o TikTok é a nova tendência para estes influenciadores digitais.

Nos Estados Unidos, o National Board of the Screen Actors Guild-American Federal of Television and Radio Artists (SAG-AFTRA), um dos maiores sindicatos do país, anunciou que os criadores de conteúdos nas redes sociais vão passar a poder ser membros.

“O conselho aprovou um acordo para cobrir conteúdo criado por certos tipos de influenciadores quando eles são pagos para anunciar produtos ou serviços”, lê-se no comunicado divulgado no site do sindicato.

“Facilitar a cobertura deste tipo de trabalho tem sido uma das principais prioridades da nossa organização. Quero elogiar os esforços da nossa equipa na criação de um acordo que beneficiará os membros atuais do SAG-AFTRA, além de permitir a todos os criadores a oportunidade de se juntarem ao sindicato. Conforme surgem novas formas de contar histórias, é imperativo que abracemos e levantemos estes artistas”, disse a presidente da SAG-AFTRA, Gabrielle Carteris.

Assim, aqueles que se façam membros do SAG-AFTRA passam a receber benefícios de saúde e reforma, escreve a VICE. O sindicato conta representa cerca de 160 mil artistas e trabalhadores dos media.

Ainda assim, continua a não haver um pagamento mínimo obrigatório, sendo que taxas ainda serão negociadas de forma independente entre o influenciador e o anunciante.

Qualquer pessoa que tenha um contrato assinado com um anunciante para um acordo de conteúdo de marca pode beneficiar do acordo de influenciador SAG-AFTRA.

  Daniel Costa, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.